Saiba tudo sobre o Broadcast na era IP

A RIEDEL acaba de publicar o terceiro volume do seu guia sobre as infraestruturas de broadcast sobre IP.

Se é broadcaster e está no mercado a acompanhar as mudanças que se estão a operar neste universo, neste momento, saberá que decorre uma verdadeira revolução que está a alterar as infraestruturas e processos de trabalho. Se quer saber tudo sobre os fundamentos desta mudança pode obter este guia grátis. O guia proporciona-lhe um panorama bastante abrangente sobre o que está a contecer neste domínio, que problemas estão causa e que soluções existem. Obtenha também os outros volumes já publicados.

Não perca a revolução IP!

 

 

 

 


Centro de Congressos em Adelaide escolhe RIEDEL

É o primeiro centro de congressos construído para este fim específico na Austrália. Foi inaugurado em 1987. Uma solução RIEDEL faz agora parte do recente projecto gigante de renovação deste centro.

O Centro de Congressos de Adelaide (ACC) foi o primeiro espaço concebido e construído na Austrália com o objectivo de acolher congressos e outras iniciativas do género.  São cerca de 700 anualmente, que contam com a presença de mais de 200 000 delegados. O Centro foi inaugurado em 1987 e recentemente passou por um mega processo de renovação, resultante de um projecto que custou AU$397.

À instalação anterior, baseada em tecnologia analógica, com multicores áudio, cablagem video RGBHV e DMX sobre cablagem de cobre, sucedeu uma solução RIEDEL baseada num backbone MediorNet. Esta solução descentralizada dá ao ACC a capacidade de enviar qualquer tipo de sinal, de qualquer ponto do centro para qualquer outro ponto ou pontos dos 3 edifícios que constituem o ACC, sem a necessidade de reconfiguração de quaisquer cabos. Esta solução assegura a distribuição, totalmente redundante,  de todos os sinais, incluindo video, áudio digital e analógico, intercomunicação, controlo de luz ArtNet, sistemas de controlo de sinais AV e dados para apoio aos palestrantes.

Um projecto robusto e de excepcional envergadura para um centro de enorme prestígio mundial. Saiba mais sobre o projecto, os equipamentos utilizados e a instalação do sistema RIEDEL no ACC.

Fale connosco para saber que soluções a RIEDEL tem para si.

 

 

 


Prémio para a Cedar

A revista Resolution atribuiu o seu prémio para a categoria de plugin ao Studio 8 da Cedar Audio.

Os leitores da imortante publicação profissional Resolution votaram no Studio 8 da Cedar Audio que venceu a categoria de plugins. Uma distinção que marca a melhoria das capacidades desta suite de plugins. O relatório de atribuição deste prémio deixa o aviso: “se quer o melhor, não há outra opção.”

Disponnível no formato AAX, VST2, VST3 e AU (ou como standalone na versão Retouch™), para Windows 7 e OSX 10.9 e seguintes, o Studio 8 da Cedar compreende 11 processos que visam a eliminação de uma vasta gama de problemas comuns e melhora substancialmente da qualidade do seu sinal áudio.

Veja aqui tudo sobre o Studio 8. Fale connosco para mais informação sobre este e otros produtos da Cedar ou para uma demonstração.

 

 


Studio Technologies: novos produtos baseados na norma SMPTE ST 2110

A STUDIO TECHNOLOGIES acaba de anunciar na AES o lançamento de dois novos interfaces áudio baseados no conjunto de aplicações da norma SMPTE ST 2110. O Modelo 5512 Audio Interface e o Model 5518 Mic/Line Interface. Soluções que assegura conectividade de sinais analógicos para Audio-over-Ethernet (AoE).

O Modelo 5518 permite ligar oito sinais de microfone ou linha e fazer sair esses sinais em formato digital ST 2110 via Ethernet. Outras características do novo modelo aqui.

As entradas e saídas analógicas do Modelo 5512 utilizam fichas 25-pin D-subminiature para ligar facilmente fontes e destinos de sinal balanceados e não balanceados.

Ambos os modelos proporcionam uma elegante solução para conduzir sinais analógicos via AoE. Mais detalhes sobre estes dois novos modelos aqui e aqui.

Consulte-nos para mais informação sobre estes e outros produtos da STUDIO-TECHNOLOGIES.


Discrete 8 obtém prémio

O Discrete 8 da ANTELOPE AUDIO acaba de ser distinguido pela Resolution Magazine como o melhor interface do mercado.

O Discrete 8 é um interface produzido pela ANTELOPE AUDIO, parte de uma  vasta linha de produtos pelos quais a empresa se  distingue. Clareza digital com calor analógico, é a forma que explica o sucesso dos produtos da marca.

A Resolution Magazine acaba agora de distinguir o Discrete 8, elegendo-o como o melhor interface do mercado. A distinção merece destaque especial já que resulta da votação dos leitores da prestigiada revista, no contexto de uma competição bastante acesa.

Veja aqui tudo sobre os interfaces da ANTELOPE AUDIO e saiba qual a melhor solução para as suas necessidades. Para mais informações e demonstrações sobre este e outros produtos da ANTELOPE AUDIO fale connosco.

 

 


LAWO revela nova mc²56 MkIII

As novas mc²56 mkIII da LAWO foram reveladas na IBC2018. Uma nova mesa que funciona, em modo nativo, com todos os standards assentes na tecnologia Audio over IP (AoIP). Mas as novidades da mc²56 mkIII não ficam por aí. A melhor ficou ainda melhor.

mc²56 mkIII é uma mesa que pode ser considerada um standard da indústria. A sua utilização estende-se a áreas tão diversas como estúdios, live, broadcast, carros de exteriores ou teatros. A nova  mc²56 mkIII vê o seu campo de aplicação ainda mais alargado ao incorporar, em modo nativo, todos os standards relevantes para o Audio-over-IP: SMPTE 2110, AES67, RAVENNA, DANTE e  MADI.

Com a utilização dos DALLIS I/O surgem também novas possibilidades como o IP-Share Network Gain Compensation, que permite prevenir mudanças súbitas em ganhos de sinal de até 8 mesas em rede.

A superfície de trabalho da mc²56 mkIII foi também consideravelmente melhorada, com uma área de controlo livre, que permite aos operadores, entre muitas outras possibilidades,  o acesso directo a 4 parâmetros, para além do controlo do ganho.

Saiba mais  sobre a nova mc²56 mkIII. Veja este video sobre a nova mesa e leia também uma análise sobre a nova mesa aqui.

Fale connosco para saber ainda mais sobre este e oturos produtos da LAWO.

 

 


Conheça o Edge

Uma poderosa ferramenta para o ajudar no seu estúdio, o Edge é um microfone de condensador, de cápsula grande, da Antelope Audio. Combinado com o avançada tecnologia de modelação da Antelope, o Edge transforma-se num dos 18 icónicos e mais prezados microfones do mundo, com um inigualável realismo. Um modelo para cada aplicação, qualidade de topo, flexibilidade  total.

A função de modelação do Edge foram concebidas para funcionar com os pré-amplificadores/interfaces de microfone de precisão da Antelope Audio, para uma resposta perfeita. Os modelos Edge incluem plug ins de emulação  nativos e processamento FPGA, que permite esta operação em tempo real. Estes plug ins estão disponíveis em formato VST, AU e AAX, tanto para MacOS como para Windows, o que significa que os poderá usar qualquer interface que deseje.

Estão disponíveis bundles que incluem os prés da Antelope Audio e conjuntos de microfones moldelo Edge ou modelo Verge (veja aqui um artigo sobre este modelo) ou apenas de conjuntos de microfones.

Saiba mais sobre o Edge. Veja aqui a lista dos microfones emulados na versão corrente do plug in e como ganhar um Edge. Consulte-nos para as promoções especiais destes produtos que decorrem neste momento, para conhecer o seu verdadeiro poder ou para saber mais sobre a Antelope Audio e as suas soluções.

 


RX7, a nova fronteira

A iZotope está na vanguarda da recuperação e tratamento de sinal áudio digital desde 2007. O novo RX7 traz o que de mais avançado existe em matéria de aprendizagem de máquina para uma eficácia sem paralelo nesta área da produção áudio.

Aplique o novo RX7 na música ou na pós-produção áudio. Na produção de música, novas funcionalidades permitem-lhe refazer, por exemplo, equilíbrios dinãmicos perdidos numa mistura, ajustar o nível da voz ou de um qualquer instrumento numa canção, retirar ou isolar uma voz ou um instrumento. Na pós-produção áudio, as funções do novo RX7 permitem-lhe controlar o seu sinal, refazendo diálogo, isolando fontes sonoras ou retirando reverberação indesejada. Use-o no estúdio, na rádio, no video, no cinema, para recuperação do seu áudio ou tratamento em pós-produção.

Leia mais sobre o novo RX7, veja alguns videos de demonstração  e conheça as novas funcionalidades aqui.

Venha falar connsoco para saber mais ainda e ver o RX7 em acção ou para saber mais sobre outros produtos da iZotope.


CEDAR AUDIO, apresenta novo Cambridge v12

A CEDAR AUDIO acaba de anunciar a última versão do seu poderoso conjunto de ferramentas para restauro e melhoria da qualidade do sinal áudio. É o CAMBRIDGE v12.

O novo CAMBRIDGE v12 oferece a lendária qualidade do pioneiro do restauro e melhoria do sinal de áudio, a CAMBRIDGE AUDIO. O CAMBRIDGE v12 vem com um conjunto significativo e aliciante de aperfeiçoamentos.

A CEDAR AUDIO é o pioneiro incontestado na área do restauro de áudio, redução de ruído e  de melhoria da inteligibilidade da fala. É usado em todo o mundo em arquivos sonoros e sonotecas, em investigação forense, em estúdios de som, rádio, televisão, cinema e video, móveis ou fixos, em pre-masterização e em todas as aplicações profissionais em que  a qualidade do sinal áudio é a condição de base.

O CAMBRIDGE v12 oferece um conjunto significativo de novas possibilidades.

  • Uma nova opção de hardware, silenciosa.
  • Um upgrade para os possuidores do hardware da Série IV.
  • Um único módulo de processamento e um substituto renovado para o existente.
  • Um novo sistema de gestão de processos, significatimanente melhorado.
  • Gáficos mais detalhados.
  • Um preço mais acessível.

Para além do novo e mais poderoso harware, novas são também as soluções de software disponíveis como o Unwrap™ e o Declickle 3™.

 

Saiba mais sobre estas novas e poderosas ferramentas aqui.

Venha falar connosco para saber mais sobre o novo CAMBRIDGE v12 e como o pode ajudar nas suas tarefas.

 

 


Broadcast de áudio digital

Em video e televisão, o áudio é, sem dúvida, o aspecto mais complexo e problemático. Na rádio é o único factor de preocupação. O órgão de audição é extremamente sensível a anomalias e a sua probabilidade de ocorrência  é alta. Para que os operacionais do broadcast possam progredir, terão de perceber o que são frequências de amostragem, quais são os formatos do sinal áudio e outros factores, para poderem perceber o que está em jogo no broadcast de áudio. Na AVANTOOLS podemos ajudá-lo a encontrar a melhor solução, em equipamentos e formação, para os seus problemas de transmissão de sinal digital.

Imagem: The Broadcast Bridge

O ruído, a distorsão e a interferência são os inimigos de qualquer sistema de áudio. O digital afasta, em grande medida, estes problemas e daí a sua adopção entusiástica pelo mundo da produção musical, por exemplo.

Entra a transmissão do sinal e o caso complica-se. A sua adopção provou-se mais lenta e problemática. Os sistemas actualmente adoptados para a transmissão de sinal áudio usados pela indústria são o AES3 (Audio Engineering Society), o MADI (Multichannel Audio Digital Interface). Um terceiro método usa SDI (Serial Digital Interface). Neste método o sinal áudio é embebido no VANC (Vertical Ancillary Data) do SDI.

Todos este métodos trazem enormes vantagens à produção, mas geram alguns problemas.

Para compreender esta e outras questões relacionadas com a transmissão de sinal áudio em broadcast, recomendamos-lhe vivamente a leitura desta série de artigos de The Broadcast Bridge.

Venha falar connosco,  Na AVANTOOLS estudaremos consigo os seus problemas de transmissão de sinal e encontraremos as soluções mais adequadas para si.