TouchControl 5 RTW: Nova Versão 1.1 com Recursos Aprimorados

O TouchControl 5 da RTW, é um controlador de monitores de áudio, com capacidade de medição do sinal. A nova versão oferece-lhe uma série de novas possibilidades que fazem deste controlador uma ferramenta cada vez mais poderosa. Uma espécie de canivete suíço para controlo do seu estúdio. Construído com base num importante legado de fabrico de controladores de monitor, destinados ao broadcast e aos estúdios, e na linha das afamadas unidades de medição de sinal da RTW, o TouchControl 5 assenta na tecnologia AoIP e no protocolo Dante®, tem um ecrã sensível ao toque, de 5”, com um GUI muito intuitivo, tem um tamanho pequeno que preserva espaço de trabalho valioso. Por detrás do seu aspecto compacto, contudo, há mais, muito mais, a descobrir no TouchControl 5.

Já aqui no FeedForward lhe descrevemos o TouchControl 5. Em resumo, o TouchControl 5 foi concebido e desenvolveu-se como um dispositivo de rede. Portanto, não precisa de muitas ligações ao mundo exterior. Foi assim que se tornou possível construir um dispositivo com uma pegada muito pequena. A porta de rede não fornece apenas os canais de áudio, 32 entradas e 32 saídas, mas também inclui alimentação. Além disso, existe também uma secção I/O, de topo, de 24 bits/96 kHz.

O TOUCHCONTROL 5 NUM RELANCE

Quando olha para o painel frontal do TouchControl 5 encontra o microfone integrado que alimenta a medição SPL e que também pode ser usado para o talkback. O ecrã de 5”, sensível ao toque, pode ser configurada pelo utilizador, assim como o botão giratório ( um botãozão!), configurável e sensível ao toque.

Na parte de trás do TouchControl 5 encontra a porta Dante®, que lhe fornece sinal Audio over IP (AoIP), uma entrada para microfone externo e outra para auscultadores.

O que fazer com o TouchControl5? A lista de possibilidades é longa, mas podemos, a título de exemplo falar-lhe no Downmix, Source A/B Compare, SPK Select, Calibrated Monitoring (usando o microfone interno ou configuração manual), SPL Readout, Solo, Cut, Swap, Phase, Mono, Dim, Mute e Test Tone Gerador. Com capacidade para até 32 canais Dante® de entrada e saída, o TouchControl 5 pode lidar facilmente com configurações do número de canais, do simples estéreo até 22.2.

O mecanismo de medição PPM é retirado de modelos TouchMonitor de última geração. Existem diversas maneiras de personalizar o TouchControl 5, em função de cada fluxo de trabalho específico, incluindo escalas, mudar configurações de cores e muito mais. É possível medir vários parâmetros. O valor de True Peak faz parte da história da medição, assim como o VU e o British PPM.

A NOVA VERSÃO 1.1

A versão 1.1 traz-lhe uma série de melhorias. A secção de monitorização suporta agora até 4 fontes de entrada e destinos de saída, que poderá identificar com etiquetas personalizadas. O lado de calibração do TouchControl 5 também passou por actualizações significativas, incluindo a capacidade de importar e exportar configurações de calibração, permitindo transferi-las entre predefinições. Além disso, a gestão de predefinições, a medição, o roteamento e o editor do visualizador receberam aperfeiçoamentos significativos.

O TouchControl 5 seguiu inicialmente o modelo de licença de software das populares soluções de medição TouchMonitor. No entanto, a RTW decidiu retirar o sistema baseado em licenças do TouchControl 5, dando agora a todos acesso total e permanente a todas as ferramentas e recursos.

Se já possui um TouchControl 5, receberá esta actualização com a nova versão de software 1.1, enquanto os novos utilizadores poderão desfrutar de todos os recursos desbloqueados, logo desde o primeiro dia, com a v1.1.

Sendo um verdadeiro dispositivo de rede, a configuração do TouchControl 5 é feita através da rede, usando um simples browser. É dessa forma que se operam as configurações gerais, se gerem as predefinições, actualizações de software e muito mais.

Em resumo, na nova versão 1.1:
• As diversas licenças de utilização foram retiradas. Todas as capacidades estão agora totalmente disponíveis.
• dispõe de 4 entradas
• e de 4 saídas
• pode Importar e exportar configurações de calibração
• beneficia de melhorias na gestão dos presets do routing da medição e na visualização do editor

Mas não se fique pelo que aqui lhe descrevemos. Saiba mais sobre o TouchControl 5 aqui. E conheça todas as novoas possibilidades desta versão 1.1 aqui.

E se quiser saber ainda mais, ouvir com os seus olhos ou, simplesmente, olhar para o somvenha falar connosco. Ficará a saber, com todo o detalhe necessário, como o TouchControl 5 da RTW o vai servir.


Conheça o Channel One Mk3 da SPL: Alta Qualidade de Áudio e Inovação

A SPL, o fabricante alemão de equipamentos de áudio profissional, é uma empresa que se define em poucas palavras: originalidade, robustez, fiabilidade e constante aperfeiçoamento dos seus produtos. Ao longo dos anos, a SPL criou verdadeiros clássicos da indústria, que mantêm o seu desempenho durante anos e anos, de forma imaculada. Os conceitos originais estão lá, mas são constantemente melhorados. Da SPL se poderá dizer que transforma o melhor num ainda melhor. Um clássico do fabricante alemão, fiel companheiro em tantos estúdios espalhados por esse mundo fora, o Channel One, aparece agora numa nova versão, o Channel One Mk3. A mesma originalidade, a mesma robustez, o mesmo conceito, um novo design inovador e a mesma garantia de um desempenho de excelência, acompanhado da mesma promessa de total fiabilidade.


Há mais de 20 anos que o Channel One da SPL é sinónimo de uma ferramenta de gravação e mistura extremamente musical e de alta qualidade. Na sua versão mais recente, o Mk3, este clássico foi completamente revisto e, além de uma tensão de áudio interna mais alta (agora +/-18 V) para um som ainda melhor e mais detalhado, encontramos uma secção de pré-amplificador melhorada, um Transient Designer (o clássico SPL) integrado, um estágio de saturação por válvula e uma opção de comparação Mic A/B para dois microfones, para além de outros excelentes recursos que, com esta ferramenta, elevam o moderno estúdio de gravação e mistura a um novo nível de qualidade.

Com o de-esser, o compressor e o equalizador, todas as ferramentas importantes de um canal real estão disponíveis. Seja para um sinal de microfone, linha ou instrumento, o Channel One Mk3 faz qualquer fonte soar como um sinal gravado profissionalmente.

O novo design da série SPL Studio destaca perfeitamente as qualidades sonoras deste Channel One de 3ª geração.

O Channel One Mk3 está equipado com um pré-amplificador discreto. O controlo de ganho pode ser usado para ajustar a pré-amplificação. Para sinais de microfone, pode ser realizada uma pré-amplificação de até 68 dB, para que mesmo microfones realmente exigentes exibam as suas reais qualidades. O Channel One Mk3 contém duas entradas de microfone no painel traseiro: Mic A e Mic B. Dois microfones podem ser ligados simultaneamente e comparados, o que simplifica enormemente o fluxo de trabalho. O Preamp Out capta o sinal directamente após o amplificador do microfone. Este sinal também pode ser gravado numa pista separada de uma DAW, por exemplo, por segurança.

O Channel One Mk3 oferece a possibilidade de processar sinais de linha. Isto significa que fontes com nível de linha, como um sinal analógico de uma interface de áudio, podem ser processadas com de-esser, compressor, limitador e equalizador e depois gravadas novamente. Desta forma, o Channel One Mk3 transforma-se num plugin analógico, dentro de um insert de uma DAW.

A função Tube Saturation é a magia do timbre obtido através do uso de uma válvula. Com este controlo a quantidade de saturação da válvula pode ser determinada. O nível de saída é acomodado automaticamente; em configurações extremas, o nível aumenta apenas 6 dB. Portanto, distorções harmónicas decentes a expressivas podem ser facilmente ajustadas girando apenas um botão.

O Auto-Dynamic De-Esser remove, de forma discreta e eficaz, sons S, detectando apenas as frequências altas, misturando-as com o sinal principal com fase invertida excluindo, assim, simplesmente, as sibilantes do sinal original.

Com o clássico e famoso Transient Designer, incluido, é possível manipular os envelopes dos sinais de áudio de forma independente do nível (sem limite!). Isso permite acelerar ou desacelerar transientes, aumentar ou diminuir os tempos de sustentação, com apenas dois controlos: ataque e sustentação.

O VUímetro iluminado exibe o nível de entrada, o nível de saída e a redução de ganho. Com a chave VU à direita abaixo do medidor VU é possível selecionar o nível a ser exibido.

O Channel One Mk3 é inteiramente produzido na fábrica da SPL.

Estas são apenas algumas das qualidades do novo Channel One Mk3. Se quiser ficar a saber mais sobre esta novidade da SPL clique aqui. Mas se quiser saber mais ainda, venha falar connosco.


LAWO no Peru

A Bethel Radio acaba de instalar uma solução LAWO para os seus estúdios centrais. A LAWO fornece à estação peruana as ferramentas necessárias para sobressair no cenário dinâmico dos média actuais e para transmitir os seus conteúdos e mensagens no Peru e no mundo. Esta actualização estratégica visa fortalecer os fluxos de trabalho, a flexibilidade, a escalabilidade e a orientação para o futuro da Bethel Radio, o que encaixa perfeitamente no objectivo da estação: fornecer conteúdo excepcional. Para conteúdo excepcional, ferramentas de trabalho excepcionais.

A Bethel Radio é uma importante emissora cultural e educacional, com sede em Lima, Peru. A sua infraestrutura técnica foi recentemente actualizada com uma solução da LAWO, assente no protocolo IP. A empresa alemã é, como se sabe, a fornecedora líder mundial de tecnologia de broadcast e a Bethel Radio é uma estação, parte de uma rede mundial, a Bethel Cultural Association, com estúdios espalhados por todo o mundo. Esta remodelação estratégica visa fortalecer os fluxos de trabalho, a flexibilidade, a escalabilidade e a orientação para o futuro da Bethel Radio, decisão que corresponde à visão estratégica da empresa.

A Bethel Radio tem sido a pedra angular no fornecimento de conteúdo diversificado que abrange temas culturais, educacionais e práticos, juntamente com música cristã, tópicos sociais e serviços comunitários. Com alcance nacional nas frequências FM e AM e uma forte presença online através de sua página no Facebook, a Bethel Radio solidificou a sua posição como uma voz vital no cenário mediático do Peru.

A mesa de broadcast diamond é uma das jóias da coroa da LAWO. A recente instalação de uma mesa diamond, juntamente com a extensão virtual VisTool, marca um avanço significativo para a Bethel Radio. Esta mesa modular, projectada para aplicações de rádio e TV, foi concebida e construída com base nos padrões abertos de rede de áudio sobre (AoIP) IP AES67/RAVENNA, o que garante uma conectividade e compatibilidade perfeitas, de acordo com padrões da indústria em evolução, como as normas ST2110-30/-31 e ST2022-7. Alimentada pelo Power Core Engine, a mesa diamond fornece uma infraestrutura robusta, com opções de I/O expansíveis, acomodando várias fontes e destinos de áudio, incluindo AES67, MADI, analógico, AES3 e Dante®. Com uma matriz interna que oferece 1920 x 1920 pontos cruzados e até 96 canais de processamento de entrada DSP, a mesa oferece recursos de processamento incomparáveis, incluindo EQ, dinâmica, de-essing, limitador e delay.

Além da configuração principal, a Bethel Radio integrou uma outra unidade de expansão Power Core AIOX, que adiciona 64 canais de áudio em apenas 1RU. Esta possibilidade de expansão aumenta ainda mais a capacidade da estação de acomodar canais adicionais de áudio ou GPIO, garantindo escalabilidade para atender a evolução futura.

A instalação do VisTool, a UI virtual da LAWO para aplicações remotas ou de estúdio, dá aos operadores um acesso de ponto único a todas as ferramentas essenciais, melhorando a eficiência do fluxo de trabalho e a facilidade de operação. Com o seu sua interface gráfico intuitivo, o VisTool simplifica as tarefas de controlo e monitorização, oferecendo aos operadores um controlo sem precedentes sobre as poderosas plataformas de mistura das mesas LAWO.

Saiba mais sobre este projecto aqui. Venha falar connosco para ficar a saber mais sobre esta e outras soluções LAWO que temos para si ou para estudar qual a que melhor se adequa às suas necessidades de produção. Entre na nova era do AoIP com a LAWO.


Obtenha 20% de desconto nas linhas iXm, m!ka e PUC2 da YELLOWTEC

Neste verão, ganhe 20% de desconto em equipamentos selecionados da YELLOWTEC. Aproveite estas excepcionais ofertas, disponíveis até 31 de julho de 2024. Se a YELLOWTEC é novidade para si, aproveite esta ocasião para investigar a marca e escolher a solução mais adequada para o seu estúdio. Se já é utilizador da marca, aproveite para completar ou actualizar os equipamentos YELLOWTEC que já possua. Neste verão, eleve a sua capacidade de produção para um nível premium e economize, ao mesmo tempo, muito dinheiro.

É verão, é tempo de desfrutar de uma excepcional campanha da YELLOWTEC, que lhe permite aceder a uma selecção de produtos, de linhas que tornaram a empresa conhecida no mundo do áudio profissional.

A YELLOWTEC é uma inovadora empresa alemã, que produz equipamentos destinados à área do broadcast, rádio e televisão e podcast. Centenas de estúdios por todo o mundo e podcasters usam soluções YELLOWTEC, que se distinguem pela sua qualidade, design excepcional e muito cuidado, enorme robustez, inovação e total fiabilidade.

Queremos-lhe chamar aqui a atenção para três linhas, em particular: a linha iXm, os microfones que gravam com ganho automático, a linha m!ka, os amplamente conhecidos e usados suportes de microfone e a linha PUC2, os interfaces de áudio, capazes de executar a sua operação de forma automática.

Não há quase nenhum estúdio de áudio profissional ou podcaster de referência no mundo, que viva sem o m!ka. Desde a maior estação de rádio ou tv que consiga imaginar, até aos podcasters mais conhecidos, que gravam de suas próprias casas, todos se apoiam na solidez do sistema m!ka. Na linha de braços m!ka é possível encontrar soluções para todas as configurações de equipamentos, que normalmente surgem em estúdios, carros de exteriores e outras unidades de produção de áudio. A versatilidade, a robustez, o excelente design e a economia de espaço que esta linha oferece são factores distintos e lendários. O sistema m!ka permite dispor tudo aquilo que necessita para o seu trabalho, comodamente à sua frente, de forma ergonómica e com uma enorme economia de espaço. E os suportes são lindos de se ver!

O PUC2, por outro lado, é uma recente linha de conversores de áudio, única, da YELLOWTEC, que lhe permite obter um sinal da mais alta qualidade, sem nenhum esforço de ajuste. Com o sistema LEA integrado, extremamente compacto, cada modelo PUC2 proporciona uma qualidade de sinal HD, de primeira classe, por simples via USB plug’n’play. O PUC2 é de uma desconcertante facilidade de operar e um prazer de ouvir. Um PUC2, um microfone de sua escolha e um computador é tudo o que necessita para obter um resultado de nível broadcast. Para o profissional experimentado, freelance ou podcaster. No exterior ou no estúdio, em casa ou na rua, o PUC2 é a ferramenta em que pode confiar.

Para uma captação ainda mais simples, mas mantendo toda a qualidade profissional, o iXm é o microfone que grava. O Microfone de Gravação iXm (na versão repórter ou podcaster) é a escolha certa para quem exige o que há de melhor em gravação de voz. A tecnologia de controlo automático de nível LEA integrada, permite obter sinal de qualidade, em qualquer ambiente de gravação. Garante som profissional e níveis optimizados. Não se preocupe com a operação de gravação. Prima o botão de gravar e concentre-se apenas no seu texto ou no seu entrevistado. Não há necessidade de pós-produção. Transfira o seu ficheiro para o seu computador e carregue o ficheiro para a plataforma que usa habitualmente.

Pois bem: até 31 de Julho de 2024 é tempo de aproveitar um desconto único de 20% nestas linhas de produtos da YELLOWTEC. Poupe muito dinheiro e usufrua da superior qualidade YELLOWTEC.

Se ainda não as conhece, é natural que queira saber mais sobre as linhas iXm, m!ka e PUC2 da YELLOWTEC. Pode fazê-lo aqui, aqui e aqui, respectivamente.

Contacte-nos para saber mais ainda, para saber como aproveitar esta oferta excepcional e para detalhes sobre preços.

Apresse-se: Julho é o mês de todas as decisões.


Avanços da Rádio 3.0: Renovação Tecnológica com a LAWO

A nova Rádio é, naturalmente, muito mais do que as tecnologias que a servem. Mas os novos conceitos que fizeram a Rádio entrar numa nova era (alguns chamam-lhe a Rádio 3.0) não seriam viáveis sem uma tecnologia que os servisse. Três exemplos recentes de renovação dos recursos tecnológicos, de três estações situadas em pontos distantes do planeta, vêm ilustrar tudo isto. Mostram também que esses caminhos são reais, em grande parte porque existe uma tecnologia que lhes sustenta a base. A LAWO está no centro de todos estes exemplos e é a criadora de toda essa tecnologia. A nova rádio 3.0 é possível, é viável, é desejada e é desejável e a LAWO preocupa-se em lhe proporcionar as ferramentas necessárias à sua implementação.

O Ruanda é um país da África Oriental, conhecido pelas suas paisagens deslumbrantes e por uma história complexa marcada tanto pela tragédia como pelo progresso. A sua jornada envolve um delicado equilíbrio entre recordar a sua dolorosa história e trabalhar para um futuro melhor. O compromisso do Ruanda com a inovação e o desenvolvimento é evidente na sua rápida adopção de novas tecnologias e na sua ambição de se tornar um centro regional de aplicação das tecnologias à área dos média.

Em linha com esta visão, a 94.3 Royal FM em Kigali, a capital, apresenta orgulhosamente o seu novo estúdio de transmissão, estabelecendo um precedente inovador como a primeira estação de rádio com base IP pura na África Oriental, integrando soluções de rádio virtual LAWO. A 94.3 Royal FM é a principal emissora de língua inglesa de Ruanda, dedicada a ampliar os limites da inovação e excelência na criação de conteúdo. Com foco na integração de tecnologia de ponta para conteúdo, podcasts e transmissões ao vivo, a Royal FM está preparada para redefinir os padrões de transmissão na era digital, superando as limitações dos padrões analógicos. Para isso a solução encontrada foi o VisTool da LAWO.

Com o VisTool, o GUI virtual opcional para aplicações remotas ou de estúdio, os operadores finalmente têm acesso a um ponto único onde se concentram todas as ferramentas que usam diariamente. O rico GUI do VisTool é instantaneamente compreensível, porque funciona da mesma forma que qualquer tablet e ecrã sensível ao toque: intuitivamente, com o controlo na ponta dos dedos. O VisTool pode controlar todas as poderosas plataformas de mecanismo de mistura da LAWO, incluindo o Power Core, o Compact Engine e a Nova17. Saiba mais sobre este projecto aqui.

Das paisagens do Ruanda passamos para a Bélgica. A Melinda FM é uma popularíssima estação de rádio, situada na pitoresca cidade costeira de Middelkerke, na província belga de Flandres Ocidental. Recentemente deu um salto significativo nas suas capacidades de transmissão ao actualizar o seu estúdio de rádio móvel com uma mesa modelo crystal da LAWO de última geração.

A versátil mesa de mistura modular crystal, de alto desempenho — um sucesso para pequenas e médias estações — foi projectada para aplicações de broadcast e áudio profissional. Alimentado pelo Power Core, o motor de mistura DSP definido por software compacto 1RU da LAWO e por um dispositivo de I/O modular. Esta configuração garante integração perfeita de RAVENNA/AES67, MADI, Dante, AES3 e sinais analógicos, tornando-a uma solução ideal para operações de transmissão preparadas para o futuro. Recursos como o AutoMix, que mantém o equilíbrio das produções multi-mic, e o AutoGain, que optimiza os níveis do microfone com o pressionar de um único botão, permitem que os operadores produzam uma programação atraente e envolvente sem esforço. A capacidade de armazenar e recuperar um número ilimitado de configurações de DSP permite soluções personalizadas para cada programa e perfis de locutores, acessíveis a partir de qualquer mesa em rede, suportando operações remotas e configurações de carros de exterior. Saiba mais sobre este projecto aqui.

E voltamos de novo a África, desta vez à Namíbia. Este país, situado no sudoeste de África, possui uma paisagem caracterizada por vastos desertos, montanhas escarpadas e extensas savanas. Entre as suas características mais emblemáticas estão as imponentes dunas de areia do Deserto do Namibe, uma extensão surreal de areias movediças que se estendem até onde a vista alcança. Estas dunas, nomeadamente as de Sossusvlei e Deadvlei, cativam os viajantes com os seus tons hipnotizantes, formas esculturais e a beleza etérea que conferem à natureza selvagem da Namíbia.

A Namibian Broadcasting Corporation (NBC) acrescenta agora pedras preciosas ao panorama mediático do país e dá um salto monumental na infraestrutura de áudio com a instalação do equipamento de última geração assente no protocolo IP da LAWO, incluindo mesas modelo diamond e Power Core, elevando a sua capacidade de transmissão, que proporcionam à estação soluções de ponta.

Estabelecida como South West African Broadcasting Corporation em 1979 e mais tarde rebatizada como Namibian Broadcasting Corporation em 1990, a NBC tem sido um pilar da comunicação, educação e unidade na Namíbia. Transmitindo uma gama diversificada de programação em vários idiomas, incluindo três programas de televisão em língua inglesa e onze programas de rádio, a NBC desempenha um papel fundamental na formação do panorama mediático da Namíbia.

Cada um dos quatro estúdios de rádio recém-projectados da NBC está agora equipado com uma mesa modelo diamond de LAWO, uma verdadeira jóia da coroa entre as mesas de broadcast oferecidas pela LAWO. Reconhecida pela sua flexibilidade e versatilidade, a diamond é alimentada pelo Power Core, um motor escalável de I/O de alta densidade, mistura, processamento e distribuição de sinal, que formam assim a espinha dorsal de uma infraestrutura de áudio muito robusta. Esta combinação oferece uma impressionante variedade de recursos, incluindo múltiplos interfaces RAVENNA/AES67 e MADI de alta densidade, microfone modular, linha, interfaces AES3, GPIO e DANTE e amplos recursos de DSP. Além disso, o software VisTool proporciona a visualização e controlo do sinal de áudio em tempo real, melhorando a eficiência dos fluxos de trabalho dos operadores e a facilidade de operação. Com um interface gráfico intuitivo, o VisTool simplifica as tarefas de controlo e monitorização, oferecendo aos operadores um controlo sem precedentes sobre as poderosas plataformas de mecanismo de mistura da LAWO. Saiba mais sobre este projecto aqui.

Se desejar saber mais sobre os equipamentos LAWO aqui descritos, visite este link. Se desejar ficar a saber mais ainda sobre estas e outras soluções LAWO, contacte-nos, por favor. A AVANTOOLS é especialista em soluções para a Radio 3.0.


Solução RIEDEL para a TVMonaco: Tecnologia de Ponta para Intercomunicação Perfeita

A RIEDEL acaba de anunciar que a TVMonaco, o primeiro canal de televisão pública generalista do Mónaco, selecionou o sistema de intercomunicação Artist de última geração, juntamente com um conjunto de SmartPanels, e as unidades de cinto sem fios Bolero, para garantir uma intercomunicação perfeita em toda a sua operação. Lançada oficialmente a 1 de setembro de 2023, a TVMonaco é uma nova adição à rede TV5MONDE, que fornece conteúdo noticioso, desportivo e de entretenimento para a região da Grande Riviera. A escolha das soluções de intercomunicação da RIEDEL pela TVMonaco atende às necessidades actuais da emissora como uma nova estação e apoia a sua estratégia geral de negócio, permitindo uma intercomunicação ágil e eficaz, tanto interna como exteriormente.

A TVMonaco, é o primeiro canal de televisão pública, generalista, do Mónaco. Foi lançada a 1 de setembro de 2023 e inaugurada pelo Príncipe Alberto II e a Princesa Charlene. Transmite uma variedade de programas, incluindo notícias, talk shows e documentários, projectados para mostrar e promover a cultura monegasca. É membro da Monaco Media Diffusion, a empresa de radiodifusão que representa o Mónaco na União Europeia de Radiodifusão (UER.) A programação é composta por notícias e desporto ao vivo, com programação gravada para o resto do dia, com ênfase também dada às preocupações ambientais e à vida selvagem em Mónaco. O canal está disponível em plataformas lineares e digitais. Uma organização tão recente funciona, naturalmente, com base em tecnologia state of the art.

Foto Makalu

Não surpreendentemente, portanto, a estação escolheu o sistema de intercomunicação Artist de última geração da RIEDEL, em conjunto com os SmartPanels, e o sistema de intercomunicação sem fios Bolero. É o sistema que garante uma comunicação perfeita em todas as operações de funcionamento do canal. A escolha das soluções de intercomunicação da RIEDEL pela TVMonaco atende às necessidades actuais da emissora, como uma nova estação, e apoia a sua estratégia geral de negócios, permitindo comunicações mais ágeis e eficazes, tanto interna como externamente.

Os sistemas Artist-1024, SmartPanel e Bolero são essenciais para as operações da TVMonaco, apoiando as equipas editoriais e técnicas, facilitando a comunicação entre a sala de controlo, MCR, sete salas de edição e cabine de manutenção. Reconhecidos pela sua fiabilidade e destacados pela equipa técnica da TVMonaco pela sua ampla implantação na produção audiovisual e carros de exteriores, os sistemas de intercomunicação da RIEDEL provaram ser especialmente úteis para os segmentos de notícias desportivas e noticiário geral da TVMonaco, que exigem uma intercomunicação intensiva.

A equipa de produção também conta com as soluções RIEDEL para garantir a conectividade com parceiros externos. A compatibilidade do sistema com vários formatos de áudio, incluindo Dante, Madi e AES67, bem como seu suporte para SMPTE ST 2110, fornece à TVMonaco uma solução preparada para o futuro.

Foto Jean-François Ottonello

Um nó de intercomunicação Artist-1024, em conjunto com uma série de SmartPanels (incluindo RSP-1232 HL, RSP-2318 e DSP-2312) e unidades de cinto Bolero, foi entregue e usado ao vivo para apoiar a transmissão inaugural do canal. O design ergonómico dos SmartPanels, a flexibilidade do Artist para as operações diárias do estúdio e o desempenho incomparável do sistema sem fios Bolero foram factores centrais na decisão da TVMonaco de escolher a RIEDEL, em vez de outros fornecedores. O software Director da RIEDEL oferece um interface amigável, que acelera o fluxo de trabalho de produção e aprimora as operações diárias.

Segundo os responsáveis da TVMonaco, as soluções de última geração da Riedel não só atenderam às necessidades imediatas de comunicação, mas também deram força ao desejo de lançar uma nova estação de transmissão dentro do cronograma acordado e levar a programação para o ar com sucesso. O compromisso da RIEDEL com a excelência, salientaram também estes responsáveis da TVMonaco e o seu apoio incomparável foram fundamentais para garantir um lançamento perfeito da TVMonaco num curto espaço de tempo. Os sistemas de intercomunicação funcionaram perfeitamente desde o primeiro dia da sua instalação.

Foto Jean-François Ottonell

A TVMonaco é o exemplo mais recente do sucesso da opção RIEDEL na área da intercomunicação. Seja qual for a dimensão da operação, no broadcast, no live, ou em qualquer outra situação, de qualquer natureza, onde uma intercomunicação 100% fiável, robusta e fácil de operar seja um requisito principal, a solução RIEDEL é a única que oferece total garantia de operacionalidade.

Para saber mais sobre esta solução para a TVMonaco, veja aqui. Saiba mais sobre esta e outras soluções RIEDEL de intercomunicação aqui. Para ficar a saber ainda mais, contacte-nos. A AVANTOOLS é o especialista número um em intercomunicação em Portugal.

Descubra o AVN-CU1, a nova unidade de comentário da SONIFEX

O novo AVN-CU1 faz parte da linha SONIFEX de unidades de comentário, com implementação Dante. Trata-se de uma combinação única de microfone/auscultador, muito simples de usar, com um conjunto completo de recursos e um preço baixo. A linha AVN Dante® da SONIFEX adopta uma nova abordagem no seu conceito base, que permite fornecer uma ferramenta configurável e multifuncional para equipas de comentaristas. A SONIFEX é uma empresa com larguíssima experiência no sector do broadcast, que fornece equipamento destinado às áreas da rádio, TV, segurança e telecomunicações.

A SONIFEX é uma empresa fabricante de equipamentos de áudio para os sectores de rádio, TV, segurança e telecomunicações, que iniciou a sua actividade em 1969. O seu prestígio nestas áreas é inequivocamente reconhecido. Este prestígio foi alcançado através da implementação de uma constante necessidade de inovar, parte integrante da cultura da empresa, combinando com a criação de ideias sólidas ​​e voltadas para o exterior, e com práticas de design e construção sólidas e eficientes. A linha de produtos oferecidos pela marca inglesa é muito vasta. Dela fazem parte as suas celebradas unidades de comentário.

O novo modelo AVN-CU1 faz parte dessa série de unidades de comentário, que inclui ainda o AVN-CU2 DANTE e o AVN-CU4 DANTE.

O poder deste mais recente modelo da série reside no impressionante mecanismo de mistura, que se sobrepõe às configurações habituais do Dante® Controller. Uma vez definidos os fluxos Dante®, as entradas e saídas podem ser misturadas livremente para AoIP ou entradas e saídas físicas, controladas através de botões programáveis ​​e codificadores rotativos, que controlam o ganho e panorâmica de entradas, saídas ou pontos cruzados, permitindo total flexibilidade para diferentes situações.

O amplificador de auscultadores possui cinco entradas: três canais de talkback, programa e sidetone, cada um com um potenciómetro individual para controlo de nível. A distribuição da saída de áudio é controlado por botões iluminados. Há um display OLED para instalação e configuração, um gráfico de barras de LED de alto impacto, que permite a medição à luz do dia, distribuição individual de auscultsdores por fonte de áudio e iluminação embutida para indicar a posição.

O AVN-CU1 possui portas de rede Dante primária e secundária redundantes, em formato EtherCON RJ45, bem como duas portas de transceptor SFP e é alimentado por PoE duplo ou uma entrada de 12 V DC.

O painel de controlo frontal inclui potenciometros para controlar os níveis de mistura das cinco fontes de sinal, até aos auscultadores do utilizador: Sidetone, Programme, e Talkback A, B e C. A configuração e o controle do sinal áudio e rede são feitos por meio de um servidor web interno. As opções selecionáveis ​​pelo utilizador incluem: ganho do pré-amplificador de microfone, modo/cor do botão e escala de medição. O controlador Dante é usado para configurar as quatro fontes de áudio a serem misturadas na saída de auscultador: PGM – O feed principal do programa mono e T/B A/B/C -as três fontes de talkback mono.

Estas são algumas das características do novíssimo AVN-CU1. Saiba mais aqui. Conheça toda a linha de produtos da SONIFEX aqui. Para saber mais ainda, consulte-nos.


Channel One Mk3, o portal para a perfeição

Há mais de 20 anos que o Channel One da SPL é sinónimo de musicalidade e alta qualidade. Na versão mais recente, o Mk3, este clássico foi completamente revisto. Além de uma tensão de áudio interna mais alta (agora +/-18 V), para um som ainda melhor e mais detalhado, inclui uma secção de pré-amplificador melhorada, um Transient Designer integrado, um estágio de saturação por válvula e a opção de comparação Mic A/B para dois microfones. Estes e outros excelentes recursos do Channel One Mk3 elevam o moderno estúdio de gravação a um novo patamar de qualidade. Com o de-esser, o compressor e o equalizador, todas as ferramentas importantes de um canal real mantêm-se a bordo. Seja um sinal de microfone, linha ou instrumento, o Channel One Mk3 da SPL faz qualquer destas fontes soar a um nível superlativo.

O novo Channel One Mk3 da SPL é um canal front-end, abrangente, com alguns recursos exclusivos de modelagem de tom, alguns dos quais incluídos agora nesta nova versão.

O Channel One Mk3 está equipado com um pré-amplificador discreto. O controlo de ganho pode ser usado para ajustar a pré-amplificação. Para sinais de microfone, pode ser realizada uma pré-amplificação de até 68 dB , para que mesmo microfones realmente exigentes possam revelar as suas qualidades.

O Preamp Out capta o sinal diretamente após o amplificador do microfone. Este sinal também pode ser gravado em numa pista separada na DAW, por exemplo, por segurança. Se após uma sessão de gravação for percebido que o cantor estava um pouco mais alto na take perfeita e, portanto, bateu com muita força no compressor, essa configuração incorreta ainda poderá ser alterada posteriormente. O sinal gravado por segurança pode ser posteriormente reproduzido no Channel One Mk3 através do Line In e processado com o Tube Saturation, o Compressor ou outras ferramentas.

O Channel One Mk3 oferece a possibilidade de processar sinais com nível de linha. Isto significa que fontes como um sinal analógico de uma interface de áudio, podem ser processadas com de-esser, compressor, limitador e equalizador e depois gravadas novamente. Desta forma, o Channel One Mk3 transforma-se num “plugin analógico” dentro de uma inserção de uma DAW.

Com o Tube Saturation obtém a magia do som mágico das válvulas. Com este controlo a quantidade de saturação da válvula pode ser determinada. O nível de saída é acomodado automaticamente. Em configurações extremas, o nível aumenta apenas 6 dB. Portanto, distorções harmónicas decentes a expressivas podem ser facilmente ajustadas rodando apenas um botão.

De forma discreta e eficaz, o Auto-Dynamic De-Esser remove as desagradáveis sibilantes, detectando apenas as frequências as frequências próprias deste tipo de sons e misturando-os de volta no sinal principal com fase invertida excluindo estas sibilantes do sinal original.

Recentemente adicionado à cadeia de sinal deste novo Mk3 encontramos o clássico Transient Designer. Lançado inicialmente no final dos anos 90, o Transient Designer foi criado para moldar o ataque e a sustentação de qualquer fonte. Tornou-se rapidamente uma “arma secreta” para os engenheiros de som obterem um som forte. Se não está familiarizado com o Transient Designer, este equipamento usa tecnologia de envelope diferencial (DET) para moldar o ataque e a sustentação de qualquer fonte. Se quiser que uma fonte soe mais firme ou mais seca, reverter a sustentação para valores negativos quase funciona como um de-reverb. Inversamente, adicionar sustentação realça as características naturais do seu ambiente. O ataque pode ser ajustado para obter um som mais forte ou pode ser revertido para ter algo presente um pouco mais solto ou suave. Uma aplicação possível é em microfones de sala de bateria, para reverter o ataque enquanto aumenta a sustentação e traz à tona o carácter da sala, que fica na mistura completa da bateria com muito mais naturalidade em comparação com a adição de um reverb secundário. Também o pode usar para tornar vozes de hip-hop mais fortes e secas, por exemplo.

O Compressor funciona de forma transparente. O seu carácter é neutro. É simples de usar e totalmente eficaz no controlo da dinâmica.

O VUímetro iluminado exibe o nível de entrada, o nível de saída e a redução de ganho. Com a chave VU à direita abaixo do medidor VU é possível selecionar qual nível que será exibido.

O Channel One Mk3 é fabricado e montado com tecnologia exclusiva da SPL, na sua fábrica. Com ele, o utilizador entra num novo patamar de qualidade, flexibilidade e poder de processamento.

Estes é apenas um apanhado muito genérico das características do novo Channel One Mk3 da SPL. Conheça tudo sobre este novo modelo e a tecnologia que está por detrás dele aqui. Se quiser ficar a saber mais ainda sobre este novo modelo e sobre outras ofertas que a SPL tem para si, consulte-nos.


Intercomunicação em larga escala

A RIDEL e o seu parceiro RMi Inc., juntaram forças para instalar um sistema de intercomunicação sem fios Bolero, com matrizes digitais Artist, contoladas por SmartPanels, num evento descrito como algo muito semelhante ao Festival Coachella. Resultado: um super sistema de intercomunicação que serve todas as necessidades de um festival de enormes dimensões, que tem lugar num espaço gigantesco, em pleno deserto californiano, com múltiplas actividades, de natureza muito diversificada, a decorrer simultaneamente. Nesta temporada de festivais de todos os géneros que agora se avizinha, a atenção para este sistema, que é bem demonstrativo das tremendas possibilidades, do poder e da flexibilidade das soluções de intercomunicação da RIEDEL neste género de aplicações.

Abrangendo dois fins de semana consecutivos, o festival, realiza-se no deserto da Califórnia, e é um acontecimento dinâmico e expansivo por natureza, que decorre num recinto de 78 hectares e conta com múltiplos palcos, com actuações simultâneas, apresentando desafios únicos em termos de comunicação e coordenação. Trata-se de apoiar sete empresas, 28 artistas e três palcos. A RIEDEL foi escolhida para fornecer uma solução que pudesse oferecer flexibilidade, escalabilidade e desempenho robusto, tendo em conta as as exigências técnicas, designadamente, as flutuações extremas de temperatura do deserto.

A RIEDEL tem um papel fundamental em trazer clareza de sinal e conectividade sem paralelo ​​a este, que é um dos maiores festivais de música e artes dos EUA. Realizada em colaboração com o seu parceiro RMi Inc., esta instalação de um sistema sem fios Bolero de última geração e dos sistemas de intercomunicação de matriz digital Artist da RIEDEL, estabelece um novo padrão para comunicações em eventos ao vivo.

Artist

A integração perfeita das soluções RIEDEL garante que artistas, equipas técnicas e empresas participantes se possam concentrar em oferecer experiências inesquecíveis aos frequentadores do festival, apoiados na melhor em tecnologia de comunicação existente no mundo. A capacidade de criar set-ups parciais por artista economiza tempo. Um factor importantíssimo é a capacidade de actualizar rapidamente e acomodar um ambiente em constante mudança. A solução RIEDEL não apenas garante, mas supera até os objetivos e expectativas dos organizadores, fornecendo uma comunicação cristalina em todos os canais e uma robustez necessária para resistir às duras condições do deserto.

EDDIE MARQUEZ & JEFF MARSHALL da RMi

O sistema instalado incluiu um módulo de matriz modelo Artist-1024, 37 antenas Bolero, 155 beltpacks sem fios Bolero e oito SmartPanels das séries RSP-1200 e DSP-2300, juntamente com 64 canais de via Dante para um total de 240 portas, tudo perfeitamente integrado através de uma rede de nove switches. As equipas de iluminação, artistas e câmaras, em particular, dispõem da capacidade e flexibilidade incomparáveis ​​que os sistemas RIEDEL proporcionam, com suporte para 10 beltpacks por antena e seis canais por beltpack, com uma facilidade de uso e a conveniência adicional de ligação via Bluetooth. Essa configuração não só facilita a comunicação perfeita entre os membros da equipa, como garante também que o sistema possa ser reconfigurado dinamicamente, na hora, usando set-ups parciais, para atender às necessidades das diferentes artistas e equipas, um factor crítico dado o ambiente em constante evolução do festival.

Bolero, beltpack e antena

O funcionamento baseado em rede dos sistemas RIEDEL permite escalabilidade e flexibilidade. As antenas Bolero e os SmartPanels podem ser colocados em qualquer ponto do vasto recinto do festival, exigindo apenas uma ligação de fibra para integração com a estrutura central da unidade Artist. Assim se obtém uma rede coesa e robusta que suporta os padrões de rede de áudio AES67 e Dante, garantindo que as diversas necessidades de intercomunicação de empresas, artistas e palcos sejam atendidas por um sistema IP único e unificado. A qualidade de som superior e a funcionalidade sem paralelo são fundamentais para a gestão das complexas exigências de comunicação de um festival desta natureza e dimensão.

Esta instalação demonstra o potencial para oferecer uma experiência de áudio excepcional num festival desta escala. Mostra também a escalabilidade, flexibilidade e qualidade de som superior dos sistemas Bolero e Artist e como eles se mostram indispensáveis ​​também para a indústria dos eventos ao vivo. Claro, que estes sistemas não se aplicam somente a eventos desta natureza e desta dimensão. Estúdios dos maiores broadcasters nacionais e estrangeiros, estádios e outros eventos desportivos, teatros e outros locais de espectáculo, locais de culto, etc., são utilizadores dos sistemas de intercomunicação da RIEDEL. E fazem-no por que nenhuma outra solução assegura a fiabilidade, qualidade, flexibilidade e facilidade de operação que os sistemas RIEDEL proporcionam.

Saiba mais sobre este sistema aqui e contacte-nos para mais informações. A AVANTOOLS é o especialista em soluções de intercomunicação, em Portugal.


Novo HOME mc² DSP da LAWO

O aplicativo HOME mc² DSP da LAWO é um núcleo de processamento de áudio virtual, baseado em microsserviço, com um conjunto de recursos equivalente ao A__UHD Core, alojado em servidores de referência e assente em CPU. É a grande novidade da LAWO. Assim fica ainda mais poderoso, aliciante e produtivo o uso do equipamento da marca alemã, que facilita grandemente a partilha de recursos, sem comprometer, em momento algum, a qualidade. Se não existissem razões suficientes para optar pelas soluções LAWO, a capacidade de processamento que este HOME mc² DSP traz, reforça ainda mais a opção.

Com recursos do modelo A__UHD Core instantaneamente acessíveis, o HOME mc² DSP faz parte da oferta HOME Apps da LAWO, fornecendo processamento com conectividade, flexibilidade e escalabilidade superiores, que respeita todos os requisitos de produção de hoje e de amanhã.

O HOME mc² DSP foi projectado para uso em conjunto com mesas de mistura da série mc² da LAWO e é capaz de instanciar um sistema de mistura (virtual) com o pressionar de um botão, sempre que a capacidade de processamento de áudio for necessária de forma surpreendentemente rápida. Com todos os recursos conhecidos do hardware A__UHD Core FPGA num pacote baseado em CPU completamente redesenhado, o HOME mc² DSP permite que os operadoras activem o processamento DSP de nível mc² conforme necessário, com potência até então indisponível.

O HOME mc² DSP aproveita totalmente a flexibilidade proporcionada pela abstração da funcionalidade de processamento do hardware, com todos os benefícios do modelo de licenciamento e assinatura Flex da LAWO: os utilizadores podem alocar gratuitamente créditos de assinatura, localmente ou em todo o sistema, para qualquer aplicativo HOME disponível, seja áudio ou vídeo.

O objectivo principal do HOME mc² DSP é fornecer processamento de áudio em situações onde nenhum núcleo A__UHD está disponível ou onde é mais prático permanecer no domínio dos aplicativos HOME. O HOME mc² DSP permite que os utilizadores criem um núcleo de processamento com contagens de canais muito diferentes para corresponder perfeitamente a cada caso de uso específico.

De sublinhar que o aplicativo mc² DSP possui a mesma latência ultrabaixa do seu companheiro de hardware. Todos os recursos e características são tão semelhantes que os operadores não conseguem dizer se a superfície da mesa controla um núcleo A__UHD baseado em hardware ou no aplicativo HOME mc² DSP.

Escalável automaticamente, consoante a evolução de recursos futuros de CPU, o HOME mc² DSP pode alimentar até vários milhares de canais DSP, quando necessário, com suporte para mono, estéreo, 5.1 e uma série de formatos de mistura imersiva NGA, além de downmixes automáticos.

O HOME mc² DSP é um motor de áudio, poderosíssimo, flexível e muito simples de operar, que funciona com base num servidor. Uma brilhante obra de engenharia, como todas as soluções LAWO.

Saiba mais sobre o novo HOME mc² DSP aqui. Contacte-nos para mais informações sobre este novíssimo produto da LAWO.