Vídeo móvel, as soluções DATAVIDEO

A DATAVIDEO oferece uma gama muito ampla de soluções de produção vídeo. Soluções profissionais, para situações em que a imagem ocupa o centro. A DATAVIDEO propõe-lhe, para isso, as ferramentas indispensáveis. Trata-se de soluções muito acessíveis, em preço e facilidade de operação, seja qual for a dimensão da sua organização. Toda a tecnologia e linguagem vídeo capaz de lhe dar corpo, estão agora acessíveis, em qualquer campo que envolva produção audiovisual. Na educação, no desporto, na rádio, nas autarquias, no culto, na formação profissional, nas artes, no entretenimento, na actividade política e cívica ou em qualquer outra situação em que seja necessário fazer chegar a sua mensagem audiovisual à sua audiência. A DATAVIDEO tem a solução adequada. Para qualquer situação, da mais simples à mais complexo. Sempre com qualidade profissional. É o investimento mais seguramente rentável que pode fazer neste momento.

A DATAVIDEO é uma empresa pioneira na criação de soluções de produção video, focada em proporcionar recursos de qualidade profissional, de forma muito acessível. Esta acessibilidade é garantida de duas formas. Primeiro, pela facilidade de operação. As soluções DATAVIDEO colocam nas mãos de qualquer um ferramentas que permitem explorar totalmente a linguagem e o potencial do video. Facilmente, sem as complexidades de operação normalmente associadas a este medium. Em segundo lugar, porque apesar do imenso potencial que encerram e da riqueza e facilidades de produção que proporcionam, as soluções DATAVIDEO são extremamente acessíveis e constituem um investimento extremamente rentável.

Há uma ferramenta no catálogo DATAVIDEO aplicável às suas necessidades. Mas de interesse particular, nesta altura, serão para muitas instituições, os conjuntos de produção e os estúdios móveis completos.

STR-100

UM CONJUNTO À SUA DIMENSÃO

Nas situações de pequena dimensão, a solução é a dos conjuntos pré-configurados (bundles). Trata-se de conjuntos completos, especialmente configurados para as situações institucionais e operacionais mais típicas. Como as que ocorrem, por exemplo, no domínio da comunicação empresarial, da formação, do desporto, do entretenimento, do culto religioso, da organização política ou cívica. Em qualquer caso em que requeira a produção e transmissão de conteúdo audiovisual, por qualquer via, os bundles da DATAVIDEO foram concebidos para facilitar a produção, sem quebra de qualidade, de forma acessível. Em situações mais complexas, a DATAVIDEO oferece também as suas soluções de estúdios móveis completos.

SOLUÇÕES DIFERENTES PARA CASOS DIFERENTES

STR=100

Confira o interessante exemplo do conjunto STR-100, destinado a empresas. De enorme potencial inclui 2 câmaras Streaming, BC-50, 2 Streaming encoders NVS-33, 4 Streaming decoders com controlo remoto e um servidor de streaming com 2×12 TB de capacidade. Uma solução muito poderosa e flexível. Ou o simples STR-200, uma solução ideal para uma escola, por exemplo, que inclui uma câmara Streaming BC-50, que faz o streaming directo da câmara, sem necessidade de computador e um microfone wireless. Ou o versátil GO KMU-100 (de que lhe falámos já aqui), o estúdio de produção portátil, de 8 câmaras, ideal para desporto, pequenas salas de concerto ou clubes, por exemplo. Estas são algumas dos bundles e das aplicações que poderá conferir na totalidade aqui. Situações mais complexas, como foi referido, estão cobertas pelos estúdios portáteis, facilmente instaláveis numa viatura, como pode ver aqui.

MS-3200

Em qualquer dos exemplos referidos, seja qual for a solução que adoptar, terá sempre assegurada uma qualidade profissional, um enorme facilidade de funcionamento, uma grande flexibilidade na operação e nas aplicações e, particularmente importante, uma real e significativa rentabilidade para o seu investimento.

Veja aqui todas as soluções DATAVIDEO que temos para si. Venha falar connosco para comprovar e testar os produtos desta marca e para, em conjunto, estudarmos a solução que melhor se adequa às suas necessidades.


Um salto para o futuro

Os novos interfaces áudio da linha AVN-DIO Audiophile, da SONIFEX, constituem uma solução muito elegante e compacta para ligar equipamento analógico e digital tradicional às novas redes de Dante AoIP. Se tenciona ou precisa de dar o passo para o futuro que entretanto chegou, mas não está preparado para reformar já o seu parque de equipamento tradicional, esta nova linha vai ajudá-lo.

Numa empresa, qualquer que seja a sua natureza, existe um problema recorrente, sempre que se verifica um salto tecnológico: o equipamento tradicional, que representa um investimento significativo, processado ao longo de anos, que constitui um património importante e, ainda por cima, funciona, fica obsoleto sempre que uma nova tecnologia aparece. Estes saltos significam transições para métodos de trabalho novos e tendências de funcionamento inevitáveis e exigem investimentos novos. O que fazer a todo o património adquirido? Como responder aos novos desafios, que mais tarde ou mais cedo terão de ser enfrentados?

As empresas de broadcast, televisão e rádio, dependem da tecnologia e estão sujeitas constantemente a mudanças de paradigma de funcionamento. O que fazer? Mudar e evoluir, ou manter o status quo e estagnar? Talvez haja uma terceira via,

A SONIFEX é uma empresa criada no final dos anos 60, inteiramente focada na área do broadcast , altamente prestigiada e com créditos mais que firmados. Ao longo de tantos anos de funcionamento, a SONIFEX tem sabido encontrar as soluções que acompanham as contínuas mudanças de paradigma tecnológico, numa área que exige enorme rigor e garantia de fiabilidade, mas que se tem de adaptar aos tempos e à mudança.

A linha de interfaces áudio AVN-DIO Audiophile Dante® que a SONIFEX agora propõe situa-se, justamente nesta área de preocupações. Trata-se de um conjunto de interfaces, muito compactos e elegantes, prontos a utilizar sem quaisquer operações adicionais, que permitem ligar equipamento, analógico ou digital, antigo a uma rede áudio sobre IP Dante. Uma ponte entre a tradição e o futuro, sem quaisquer dificuldades adicionais. As vantagens da linha AVN-DIO? Para além de revitalizar o seu equipamento tradicional, entrando no novo domínio do áudio sobre IP, passará a contar com a qualidade dos circuitos de conversão A/D e D/A dos interfaces da nova linha, que lhe proporcionam uma excepcional qualidade de sinal, com uma banda dinâmica situada em valores superiores a 120dB.

Uma solução simples paa cada problema concreto. Na nova linha vai encontrar conversores Dante entrada e saída analógica, Dante para e de AES3, de AES-3id BNC estéreo entrada e saída, conversão microfone para Dante, Dante para 3G/HD/SD-SDI Embedder/De-Embedder, etc.. Vai, certamente, encontrar no conjunto de soluções propostas pela SONIFEX a que melhor se adequa às suas necessidades. Vai também encontrar um conjunto de outras soluções para todos os seus problemas de produção na vasta linha de produtos que a SONIFEX desenvolve e que temos o prazer de lhe disponibilizar. Veja aqui videos sobre toda a linha AVN-DIO Audiophile Dante®.

Contacte-nos para mais informações e para testar os produtos desta nova linha.


A RIEDEL corre o mundo

RIEDEL, criadora de soluções de intercomunicação, processamento e transporte de sinal via IP para o broadcastlive e institucional, continua a ser a escolha preferencial dos profissionais de todo o mundo. Sempre que a exigência é de total fiabilidade, máxima facilidade de operação e olhos no futuro, são as soluções RIEDEL, baseadas na tecnologia desenvolvida pelo fabricante alemão, que se revelam as únicas apropriadas. É o caso especial da tecnologia de distribuição AV MediorNet. Um grande teatro no Japão, o Teatro Nacional Bunraku, e uma das empresas líder mundial de outside broadcast, a inglesa CTV, com uma carteira de clientes literalmente espalhada por todo o mundo, contam-se entre os utilizadores mais recentes desta tecnologia. Venha conhecer melhor os novos exemplos de aplicação da tecnologia MediorNet, o que ela proporciona especificamente, em cada caso, a cada um deles e as razões que os levaram a adoptá-la.

Gateways RIEDEL

A tecnologia MediorNet é, sem qualquer dúvida, um dos pontos fortes da RIEDEL. Com a sua introdução há mais de uma década, esta tecnologia abriu a porta à possibilidade de criação de uma infraestrutura de distribuição de vídeo, ao combinar transporte de sinal, routing, processamento e conversão numa única rede redundante, a funcionar em tempo real. Desde há dez anos, esta tecnologia tornou-se a que proporciona a infraestrutura mais versátil e fiável do mercado, centrada na criação de redes AV. Até à data, a tecnologia MediorNet continua a ser a única a oferecer todas as vantagens do conceito de hardware distribuído, baseado e controlado por software. Os clientes confirma-no. Recentemente a sua lista aumentou com dois casos particularmente significativos e paradigmáticos do potencial que a tecnologia encerra.

O Teatro Nacional Bunraku (NBT) de Osaka, Japão, é um dos seis teatros nacionais do Japão. É o principal local onde o género Bunraku — uma arte tradicional de teatro de marionetas, declarada Património Imaterial da Humanidade — pode ser apreciada, a par de outros géneros como o Kabuki ou o Buyō. O complexo onde se realizam estes espectáculos é constituído por dois auditórios, um instituo de formação e os arquivos.

Teatro Nacional Bunraku (Japão)

Toda a complexa operação de televisão digital funciona na instituição. Um recente upgrade visou dotar o NBP de sistema capaz de fazer a distribuição do sinal vídeo e áudio da instituição e a escolha recaiu na proposta da RIEDEL. Uma rede de distribuição MediorNet MicroN de alta densidade de distribuição de sinal e 15 SmartPanel interfaces foram assim adquiridos, o que permite a ligação dos sinais áudio e vídeo de oito câmaras aos vários monitores da sala de controlo, ao átrio de entrada e aos dois palcos. Os SmartPanels foram configurados com a aplicação MediorNet Control, o que permite à equipa técnica e de palco a mudança das fontes de sinal de cada monitor vídeo praticamente sem latência, o que constituía um dos requisitos fundamentais exigidos. O sistema agora instalado demonstra bem o poder, flexibilidade e fiabilidade da tecnologia MediorNet, quando se trata de transporte de sinal em tempo real. Mais sobre esta solução aqui.

Por sua vez, a CTV é uma empresa fundada em 1983, especializada em outside production. Conta com uma enorme frota de carros de exteriores, presente em todo o mundo e com uma carteira de clientes de enorme peso. Os números do seu desempenho espelham a vastidão da sua operação: a frota produz o equivalente a mais de 1000 dias de gravação e mais de 2600 horas de transmissão ao vivo, anuais, e uma média de seis horas diárias de transmissão de televisão.

Interior de um dos carros da CTV

A CTV acaba agora de adquirir um sistema baseado nos gateways MediorNet MuoN e FusioN gateways da Riedel, para maximizar o seu fluxo de trabalho ao vivo. A solução permite optimizar a velocidade e flexibilidade da conversão de sinal durante a produção. A solução de base SFP dos gateways IP MediorNet MuoN proporciona, nomeadamente, vários interfaces práticos para converter sinal SDI em IP. A solução MediorNet FusioN utilizada agora pela CTV Outside Broadcasts constitui um gateway versátil e autónomo, concebido para aplicações de controlo remoto. Mais sobre esta solução aqui.

Saiba mais sobre a tecnologia MediorNet aqui. Veja tudo sobre estes e outros produtos da RIEDEL aqui. Se a sua actividade s situa na área do broadcast, live, televisão ou rádio, se tem a responsabilidade de um teatro, centro de congressos, estádio ou qualquer outro tipo de operação em que a transmissão de sinal, áudio, vídeo ou dados e a intercomunicação sejam elementos dos quais depende diariamente, venha falar connosco para saber quais as soluções RIEDEL mais adequadas às suas necessidades.


Tudo se resolve…

Costuma-se dizer assim, que tudo se resolve. Com uma única excepção, diz-se também. Mas há problemas mais simples que outros. Problemas que se revelam, por vezes, bastante complicados de resolver. Repare nos formatos utilizados em áudio profissional profissional, por exemplo. É um universo onde se falam mais línguas do que na lendária Torre de Babel. Por vezes a comunicação entre diferentes equipamentos e formatos parece um problema inultrapassável. Mas a Appsys ProAudio trouxe a solução. Se precisa de converter qualquer formato de áudio digital em qualquer outro, o Multiverter é a sua solução, sólida, fiável, flexível.

MVR-64 multiverter

A Appsys ProAudio é uma empresa que alia a precisão suíça à solidez da manufactura alemã. Surgida em 2007, com sede em Zurique, dedica-se ao desenvolvimento e produção de equipamento áudio profissional. Mas . A BBC, a Apple ou a Dolby, por exemplo, contam-se entre os seus clientes que optaram pela solidez e fiabilidade dos seus produtos.

Em grande destaque na linha de produtos da Appsys ProAudio está o Multiverter. Trata-se de um conversor universal, disponível numa unidade compacta de 1U. O que esta unidade lhe oferece é conversão de todos os formatos áudio digital, actualmente usados profissionalmente, em qualquer outro:

  • ADAT (8x), SPDIF/AES3 óptico
  • MADI óptico
  • MADI coaxial
  • MADI-TP (até duas ligações simultâneas)
  • AES50 (até duas ligações simultâneas)
  • Dante / AES67
  • mais formatos disponíveis através de breakout boxes 

As características principais do Multiverter são:

  • 64×64 canais em cada interface, com a possibilidade de fazer o routing/splitting entre interfaces
  • Amplificador para auscultadores integratedo
  • Conversão da taxa de amostragem assícrona
  • Controlável remotamente via web, telnet ou USB. 
  • Expansão contínua através de break-out boxes

O que o Multiverter lhe oferece é tão somente a possibilidade de ligar o seu equipamento a qualquer fonte de sinal. tornar o seu carro de produção ou de exteriores compatível com qualquer equipamento, usar a sua ligação ethernet como um interface 64×64 para gravação via Dante, conversão da taxa de amostragem entre quaisquer interfaces, latência baixa usando a sua rede ethernet normal. utilização actualizada do seu equipamento mais antigo. De forma fiável numa unidade muito compacta e de simples operação.

Poder e flexibilidade, eis o que o Multiverter lhe oferece. Um equipamento indispensável em qualquer estúdio de áudio, vídeo ou rádio profissional.

Saiba mais sobre o Multiverter e sobre esta nova representada da Avantools aqui. Para saber mais ainda, consulte-nos.


Broadcast em tempo de pandemia (2)

Cada crise é uma oportunidade, dizem. Esta crise parece querer continuar a lançar-nos desafios. Mas há, contudo, alguns que podem ser facilmente vencidos. Se falássemos em tele-trabalho, por exemplo, a alguém da área do broadcast há uns anos, éramos certamente objecto de chacota. A verdade é que a pandemia veio obrigar esta área a repensar alguns dos paradigmas em que estava fechada. Algumas das novas práticas que, pela pressão dos acontecimentos, daí resultaram, preconizam uma verdadeira revolução no sector e merecem agora ser encaradas a uma nova luz. E há novas ferramentas que sustentam esta revolução. Bem-vindo à nova tecnologia com base IP! É possível instituir novas práticas, manter os mais altos padrões de qualidade, e acelerar a migração para uma tecnologia que veio para ficar. As soluções da LAWO mostram-se à altura do desafio e estão aí o ajudar.

LAWO Mix Kitchen

Fazer rádio e televisão profissional em tele-trabalho? Parecia impossível. A urgência da situação veio demonstrar o contrário. Nem sempre as soluções encontradas são as mais fiáveis. Mas estas existem.

Com o distanciamento e muitas outras restrições impostas à maioria das actividades, a economia está a ressentir-se de uma forma que terá apanhado muitas empresas impreparadas. A busca de soluções para colmatar limitações impostas pela pandemia prossegue. Há sectores da economia onde essas soluções são mais fáceis de encontrar e implementar do que outras. O tele-trabalho é, sem dúvida, uma prática que pegou. Na área do broadcast, poderia parecer difícil pô-la em prática. Mas será?

O que temos vindo a assistir é à criação de soluções expeditas, baseadas em meios pré-existentes, muitas vezes improvisados. Estas soluções de recurso deixam frequentemente a desejar e comprometem padrões de qualidade há muito instituídos. Já aqui nestas páginas abordámos os novos desafios que a crise pandémica colocou aos operadores e as respostas possíveis que existem. A migração para uma infraestrutura tecnológica com base IP é um passo inevitável para todos os operadores nesta área. Os que o deram estão agora mais equipados para dar resposta aos novos desafios. Os que o não deram vão ter de considerar essa hipótese seriamente.

A LAWO encontra-se na vanguarda das soluções ao serviço dos novos tempos que se avizinham. A pioneira marca alemã, criadora de tecnologia com base IP para a indústria do broadcast, acaba de anunciar que as suas mesas de produção da série mc², bem como as suas soluções sem superfícies de controlo, incluindo o mc² Micro Core, podem agora ser controladas de qualquer ponto no mundo, desde que esteja garantida uma ligação à internet, até mesmo a partir de um smartphone ou de um hotspot pessoal 4G. Que a exiguidade e singeleza dos meios não induza em engano: um operador pode mesmo controlar uma régie inteira ou partilhar essa operação com um operador local, a partir de casa, sem qualquer compromisso na operação e, muito menos, comprometendo a qualidade do sinal. A solução chama-se MIX KITCHEN.

Trata-se de uma solução de longo prazo, destinada a qualquer cenário em que o acesso físico a um qualquer centro de broadcast, seja de televisão ou rádio, esteja comprometido por um qualquer incidente, ou, como no caso presente, restrições que implicam, por exemplo, redução forçada de turnos. A solução baseia-se num simples sistema de controlo remoto do tipo Mackie® HUI-compatível. As possibilidades são infinitas, a qualidade sem compromisso. Veja aqui como funciona, na prática, a MIX KITCHEN.

Saiba mais sobre esta e outras soluções LAWO. Leia mais e aqui também, sobre a MIX KITCHEN. E contacte-nos para saber mais ainda.


Studio Technologies, com um olhar no futuro

A Studio Technologies é uma reputada marca de equipamento para a área do broadcast. Com uma experiência de mais de 40 anos, com uma atenção constante sobre a evolução da indústria, demonstrando uma capacidade de inovação e um critério de qualidade assinaláveis, a Studio Technologies oferece-lhe uma linha de produtos onde seguramente vai encontrar soluções atractivas, a preços competitivos, que satisfazem as suas necessidades de equipamento. Quer estejamos a falar de novas aquisições ou de renovação, vai querer saber mais sobre a Studio Technologies.

A linha de produtos proposta pela Studio Technologies é bastante diversificada, mas se há um factor distintivo que a atravessa, ele é a constante atenção à facilidade de operação, à robustez e à fiabilidade, aos padrões de qualidade e à inovação do design. Com uma oferta que se centra no broadcast (televisão, rádio e estúdios), vai encontrar no catálogo Studio Technologies uma enorme variedade de soluções para o controlo de operação, interface de equipamento, operação móvel, transporte de fibra óptica, intercomunicação, e uma nova linha que aponta para o futuro, com produtos AoIP baseados no protocolo Dante.

Nesta altura, em particular, em que a concentração de meios, o tele-trabalho e a intercomunicação se tornaram as palavras chave, a determinar novos figurinos de produção, vale a pena lançar um olhar sobre as soluções apresentadas pela Studio Technologies, viradas para satisfazer esta nova era que se avizinha. A vastíssima linha Dante Audio-over-Ethernet Technology, que tem vindo a ser disponibilizada pela marca, propõe soluções que lhe permitirão entrar nestes novos tempos com a certeza de dispor de equipamento à prova de futuro. Particularmente atractivas e apreciadas são as soluções Studio Technologies para o broadcast dedicado ao desporto.

Também os estúdios de produção áudio encontram uma linha de equipamentos para controlo dos sistemas de monitores, com ofertas muito diversificadas, aplicáveis a qualquer estúdio, desde os pequenos estúdios de produção áudio, aos complexos estúdios de cinema multicanal. Saiba mais aqui.

Com a Studio Technologies sabe que está a apostar em equipamento que lhe garante a produção nas condições mais exigentes, mas também num diálogo e numa atenção constante do fabricante, para lhe garantir que nada falha. Apoio técnico perfeito e manutenção cuidada são duas características que distinguem também o fabricante norte-americano.

Por todos estes motivos, a Studio Technologies é credora da sua atenção. Estamos certos que nela encontra a solução que busca para os seus problemas de produção, quer esteja a adquirir equipamento novo que pretenda renovar o antigo e ajustá-los aos novos tempos. Veja aqui toda a linha de produtos da Studio Technologies. Aproveitamos para o convidar a vir falar connosco para ficar a saber mais ainda sobre a oferta que a marca norte americana tem para si, e para, em conjunto, estudarmos as soluções mais adequadas às suas necessidades.


Tão fácil como fazer zapping

A DPG Media é um poderoso grupo de media, com presença nos sectores da informação e entretenimento, nas áreas da imprensa escrita, TV e Rádio. Opera em diversos países do norte da Europa. Com dois centros nevrálgicos de produção em funcionamento, na Bélgica, a DPG Media necessitava de uma solução técnica que lhe permitisse operar, segundo as circunstâncias, a partir de um desses centros, utilizando os recursos técnicos do outro. Duas localizações, um sistema, foi a palavra de ordem. A solução foi construída a partir de uma infraestrutura idealizada pelos engenheiros da DPG Media e desenvolvida e implementada pela LAWO. Tão fácil como fazer zapping.

O centro de produção da DPG Media em Antuérpia

Tudo começou quando a LAWO foi contactada há 4 anos pela Medialaan, de Vilvoorde, a 40 km de Bruxelas, na Bélgica. O desafio foi o de instalar duas novas régies para o centro de informação. A LAWO forneceu então, entre outro equipamento, duas mesas mc²56 e routers Nova73. Nessa altura, o protocolo MADI era o preferido, por razões práticas, situação que se veio mais tarde a alterar com a adopção do protocolo RAVENNA/AES67 de Audio-over-IP (AoIP).

Todo este equipamento foi instalado na sede da Medialaan em Vilevoord, onde decorria toda a produção da informação e do canal de TV VTM. A Medialaan foi, entretanto, adquirida pela DPG Media que, para além da Bélgica, estendeu a sua oferta também à Holanda e à Dinamarca.

Depois da aquisição da Medialaan, foi tomada a decisão de mudar a sede e as redações de todas as publicações do grupo para Antuérpia. As redações da TV (VTM) e as estações de rádio do grupo (Qmusic, Joe e Willy) iriam também ser deslocadas, de modo a tirar partido das sinergias criadas pela concentração de toda a actividade debaixo do mesmo tecto. Mas o edifício da News City em Antuérpia não tinha sido concebido e não dispunha de espaço para acomodar, simultaneamente, as redações para a imprensa escrita e os estúdios de rádio e TV studios. Por outro lado a infraestrutura da DPG Media em Vilvoorde era nova, e substituí-la não era opção. Acrescia que o departamento de Entretenimento da DPG Media iria, em qualquer caso, permanecer em Vilvoorde.

No centro de produção em Antuérpia controla-se equipamento instalado a 40km

A partir da experiência adquirida com o equipamento que tinha sido instalado 3 anos antes, e das suas capacidades de distribuir sinal áudio-over-WAN-IP, e tendo em conta a recente aquisição, por parte da DGP Media, de novo equipamento vídeo, era necessária agora uma solução potente, que permitisse distribuir igualmente sinal vídeo-over-WAN-IP e proporcionasse a ligação dos dois centros de produção, de Vilevoord e de Antuérpia, separados por 40 km. Era necessária uma solução “duas localizações, um sistema.” Foram estes os dados de base do concurso lançado.

Estava assim em marcha um vasto e significativo projecto. Projecto que tem como sua espinha dorsal uma ligação entre Vilvoorde e Antuérpia assente numa estrutura de fibra óptica escura, redundante. Uma ligação com 400Gbps de banda passante, por linha. Esta é dividida em duas: 200Gbps reservados para tráfego administrativo, e os restantes 200Gbps para aplicações de broadcast, i.e. áudio, vídeo e sinais de controlo. É redundante porque dois fluxos de dados semelhantes são enviados por duas ligações diferentes, de modo a assegurar a transmissão integral e segura.

Depois de, em Maio de 2019, ter ganho o concurso para o fornecimento do equipamento especificado, a LAWO começou a estudar uma solução que veio a ser testada e implementada entre Outubro e Novembro. Esta solução tem por base a plataforma V__matrix, o mc² Micro Core, o mxGUI, o A__mic8, o SMART e o VSM broadcast control system, especialmente desenvolvido para este efeito. O equipamento LAWO já existente está naturalmente incorporado na solução encontrada. Solução que entrou em funcionamento no sector de Entretenimento em Outubro de 2019 e no da Informação em Fevereiro de 2020.

Uma operação muito complexa, ambiciosa e inovadora, sobre a qual poderá ficar a saber todos os pormenores aqui e aqui. Poderá também ficar a saber mais sobre as soluções LAWO acima descritas. Se quiser ficar a saber ainda mais sobre qual a que mais se adequa às suas necessidades, convidamo-lo a vir falar connosco.


Desporto, pandemia e intercomunicação

Os mais importantes acontecimentos desportivos, à escala mundial, foram cancelados ou adiados. As organizações de campeonatos, jogos e outras provas são operações complexas, de preparação morosa e custosa. O que se avizinha é, no curto prazo, uma acumulação enorme de acontecimentos desportivos que tentarão recuperar calendários e manter compromissos e expectativas. A fase que se segue é a da retoma, com novos figurinos e exigências. Para os agentes e estruturas envolvidos no mundo do desporto, este é um tempo de reflexão, de recuperação e manutenção de estruturas, mas, sobretudo, de preparação do futuro. A RIEDEL é a marca presente nos principais acontecimentos desportivos, que se desenrolam a nível mundial. As suas soluções de intercomunicação são, e vão sê-lo ainda mais no futuro, a espinha dorsal que assegurará o êxito dos eventos desportivo que aí vêm.

2020 ficará marcado na história do desporto, não pelos feitos atléticos alcançados ou pelo sucesso das provas organizadas, mas como o ano que assistiu ao cancelamento de praticamente todas as competições desportivas, por todo o mundo. Os Jogos Olímpicos, o Europeu de Futebol, todas as Ligas nacionais, as principais Maratonas, jogos paralímpicos, jogos de inverno, as provas automobilísticas, incluindo uma Fórmula 1 — cuja edição presente vai decorrer em regime irregular, com algumas provas suspensas, outras adiadas e outras, ainda, a decorrer à porta fechada — enquanto mais de 900 torneios de ténis foram cancelados, segundo anuncia a Federação Internacional da modalidade. Boxe, natação, ciclismo, rugby, golfe, canoagem e um nunca acabar de outras modalidades viram as suas provas suspensas ou adiadas, nalguns casos para 2022.

PERFORMER

O que se vai seguir é um retomar gradual de actividades, nalguns casos em moldes novos, onde naturalmente o papel do broadcast vai ter uma força maior. É tempo de ajustar as condições de produção às novas exigências e aos novos figurinos que se preparam. Todos estarão envolvidos nesta nova fase, agentes desportivos, clubes, federações, ligas, as organizações que asseguram a realização dos eventos e, sobretudo, os broadcasters, que terão de responder a novos desafios.

ARTIST

O potencial da produção assente numa infraestrutura de base IP, já há muito surgia como uma das chaves para um novo paradigma de produção audiovisual Mais do que nunca, esse novo figurino nos surge como a chave do futuro. Rádio e televisão terão de se reajustar, mais rapidamente do que certamente antecipavam, à nova realidade. Um dos elementos fundamentais, porventura, o mais decisivo, que marca este paradigma é o da intercomunicação. A intercomunicação, assente nas novas realidades tecnológicas, revela-se como um elemento tão fundamental, como o eram os elementos tradicionais da produção audiovisual. Grandes estruturas de intercomunicação, de base IP, fiáveis, de qualidade, flexíveis, escaláveis, são hoje uma necessidade, quer sob o ponto de vista tecnológico quer sob o ponto de vista financeiro.

BOLERO

A RIEDEL é líder incontestada des sector a nível mundial. As suas soluções estão presentes e voltarão a estar presentes nos principais palco mundiais do desporto, mas são também a escolha natural em muitos outros sectores, do entretenimento aos hospitais. A Rádio e televisão do Montenegro é apenas o último exemplo, de um broadcaster europeu a optar pelas soluções RIEDEL. Leia aqui mais detalhes.

A oferta RIEDEL para a área da intercomunicação é a resposta para os desafios que se colocam hoje para todo o universo do broadcast, mas não só. PERFORMER, ARTIST ou BOLERO, são algumas das soluções que a RIEDEL põe à sua disposição para enfrentar o desafio da modernidade e do futuro.

Venha falar connosco, para ficar a saber ainda mais sobre tudo o que a RIEDEL pode fazer por si.


Broadcast em tempo de pandemia (1)

A crise originada pela COVID-19 estendeu-se a todos os sectores da sociedade. Também à área do broadcast foram colocados desafios, incluindo os de natureza técnica, a que foi e está a ser difícil dar resposta. A nova geração de equipamentos baseados no protocolo IP constitui uma clara mais valia, que proporciona soluções rápidas e de implementação imediata, num quadro fora do normal, como é o desta crise. A LAWO está na vanguarda dessas soluções, com respostas muito diversificadas, ao nível das exigências do sector.

KQED de S. Francisco (EUA)

Com a crise provocada pela pandemia, sectores houve da actividade económica que foram e estão a ser seriamente afectados. A importância da área da informação e de todo o broadcast, no geral, ganhou ainda mais relevo, uma vez que a necessidade de transmissão de informação se revelou de importância vital e, com o confinamento imposto em todo o mundo, a difusão de conteúdos de diversa natureza tem um papel essencial. Mas este é um momento de grande incerteza, com o aparecimento de obstáculos imprevistos, a que a generalidade dos broadcasters continua a ter dificuldade em responder adequadamente. Sob o plano técnico, o confinamento e o perigo de eventual contágio introduzem problemas de operação a que as soluções tradicionais a que o universo do broadcast recorre não consegue, simplesmente dar resposta adequada. Como se resolve o problema do tele-trabalho, como se controlam equipamentos, se gerem estúdios, como se consegue obter um fluxo de funcionamento, o mais normal possível, dentro dos padrões exigíveis?

Não há, neste quadro actual inesperado, uma solução milagrosa, testada e pronta a funcionar, mas qualquer tentativa de ultrapassar os problemas que hoje se colocam, passa, inevitavelmente, e passará no futuro, pela adopção de soluções baseadas no protocolo IP.

NOVA 73

Um exemplo do planeamento atempado e de resolução adequada dos problemas técnicos que uma crise como a desta pandemia trouxe ao universo do broadcast, vem dos EUA. A estação KQED, de S. Francisco, afiliada da NPR, tem presença na Rádio, TV e na internet, nomeadamente nas redes sociais. Depois de observar as dificuldades pelas quais passa a generalidade dos operadores de broadcast do seu país neste contexto, os técnicos da KQED encontraram, juntamente com a LAWO, as soluções técnicas adequadas à manutenção do seu funcionamento em momento de crise. Tratava-se, neste caso, de assegurar o controlo remoto e o acesso à régie central e os outros 3 estúdios de produção. Como assegurar o acesso remoto e continuar a trabalhar numa situação de confinamento do pessoal? A solução encontrada baseia-se em conversores CANBus-to-IP que comunicam com o router NOVA73 da LAWO. Daí é possível o controlo total das consolas sapphire existentes. Uma segunda parte do projecto consistiu em criar um estúdio virtual baseado numa solução com ecrãs tácteis, que permitem um controlo total usando o VisTool GUI Building software da LAWO. Esta solução deu acesso a ligação remota via IP dos estúdios, situados em diferentes pontos da cidade, proporcionando assim completo acesso de todas as funções e recursos das mesas dos 3 estúdios, incluindo codecs, o sistema VoIP de telefone, e o playout, para além do talkback e dos canais mix-minus.

Leia mais sobre esta solução aqui. Venha falar connosco para saber tudo sobre as soluções mais adequadas às suas necessidades.


A Arte do Software

A produção áudio passa hoje, quase exclusivamente, pela aplicação de ferramentas de software. No estúdio, na régie, na rádio ou no palco todas as operações executadas e todos os equipamentos utilizados são comandados por software. Da operação mais geral e básica, até à operação mais complicada e especializada, o software permite o controlo de todos os aspectos da produção profissional e de todos os parâmetros do som. A AVANTOOLS dispõe de uma selecção muito vasta de soluções de software que cobrem todas as suas necessidades.

A AVANTOOLS foi a empresa pioneira na introdução do áudio digital em Portugal. As primeiras soluções que surgiram no mercado e marcaram a migração da produção áudio do analógico para o digital foram disponibilizadas pela nossa empresa. É uma experiência única e muito profunda, que se foi enriquecendo à medida que este sector foi evoluindo. Algumas das nossas marcas são, desde o início deste processo, pontos incontornáveis de referência neste mercado, que pela sua própria natureza está constantemente em actualização e evolução.

Para a iZotope o seu maior desígnio é a qualidade do som. A empresa oferece soluções baseadas nas mais avançadas técnicas de design de software, e ajuda operadores, músicos e produtores nas suas tarefas, focando-se ssim na sua criatividade e libertando-se do fantasma ou do peso da tecnologia. Soluções baseadas em IA e aprendizagem de máquina que proporcionam ferramentas. Destaque, por exemplo, para o RX7, o Neutron 3 ou o Ozone 9. Produtos que conquistaram o mercado e ganharam inúmeros prémios que atestam a sua qualidade e aceitação.

A WAVES é a líder mundial na produção de software áudio e de processamento de sinal. Uma carreira que foi construída desde 1992 e que conta com a AVANTOOLS desde a primeira hora como sua distribuidora em Portugal. A WAVES oferece software Native e SoundGrid nos diferentes formatos VST, TDM, RTAS e AU, para as plataformas mais conhecidas: Pro Tools, Logic, Cubase ou Ableton, por exemplo.

A SONNOX surge da herança dos fabricantes da primeira mesa digital, com qualidade broadcast surgida no mercado, a Oxford. Uma experiência acumulada desde os anos 80, pois, que a SONNOX pôs ao dispor de um público mais alargado, com a oferta de software que se destina a todas as áreas de produção áudio. Trabalhando em associação com Avid, a Universal Audio ou a Fraunhofer, a SONNOX distingue-se, sobretudo, pelos seus celebrados plugins de equalização e processamento dinâmico.

A McDSP é uma companhia fundada em 1998, cuja tecnologia se aplica a todas as mais populares DAW incluindo o Pro Tools, Logic, Cubase, e os Avid live sound systems. Os algoritmos áudio desenvolvidos pela McDSP podem ainda ser encontrados em produtos desenvolvidos por empresas como a Audiokinetic, a Bioware, ou a Microsoft, e em produtos da linha de consumo como o iOS audio player da LouderLogic.

A AUDIO EASE é uma das mais inovadoras empresas de desenvolvimento de software áudio. Tem sede em Utrecht (Holanda). Conhecida sobretudo pelo Altiverb, o primeiro e mais conceituado plugin de reverberação baseado no método da convolução. Outros produtos de processamento de espaço acústico produzidos pelo fabricante holandês, que têm lugar nas produções musicias mais exigentes e também no video e no cinema.

Outros fabricantes de software, que também produzem harware, fazem parceria connosco. É o caso da CEDAR AUDIO. Para além dos seus conhecidos equipamentos integrados de processamento de sinal, a CEDAR AUDIO oferece ainda soluções apenas de software para a maior parte dos seus celebrados algoritmos de processamento de sinal e redução de ruído.

É o caso também da RTW, a empresa alemã especializada em equipamento de medição de sinal áudio. Para além das suas soluções intergradas, a RTW oferece também soluções em formato plugin, compatíveis com todas as plataformas digitais de captação e edição, para além de ter o seu software integrado em produtos de outras companhias, como é o caso da LAWO.

É o caso, ainda, da EVENTIDE, que para além da sua extensa e celebrada linha de hardware, marca também presença nesta área com inovadoras soluções de software, em formato plugin, muitos deles versões neste formato de equipamento de estúdio que trouxe muito justamente fama à empresa, como é o caso do H3000.

Finalmente, a SONARWORKS, é a empresa fundada em 2012, especializada no desenvolvimento de software de referência para monição. Destaque neste momento para o Reference 4, o software que calibra os seus monitores de estúdio e auscultadores, para que produza uma mistura fiável em qualquer sistema.

São estas algumas das soluções que temos para si, no domínio do software. Visite o nosso site, veja os inúmeros videos que lhe disponibilizamos sobre estes e outros produtos. Através dos links das empresas encontrará também muita informação adcional, escrita e em video, sobre os produtos por elas disponiibilzados. Contacte-nos para saber mais sobre as soluções de software que aqui lhe propomos, para as testar ou para alguma oferta especial.