Um novo conceito de interface para guitarristas

O SONO é um interface, produzido pela AUDIENT a pensar nos guitarristas. Mas este novo produto proporciona muito mais do que uma simples ponte da sua guitarra para o domínio do digital. A AUDIENT conseguiu incluir neste compacto modelo todas as ferramentas que lhe permitirão, entre muitas outras possibilidades, criar e moldar o seu som, juntar-lhe outros sinais de referência ou a voz, e servir-se de todo este potencial no estúdio ou ao vivo. Sem mais cabos ou confusão.

Tudo começa num préamplificador, com a qualidade a que a AUDIENT nos habituou. O mesmo que equipa todos os seus produtos, desde a sua linha de interfaces clássica, até às mais complexas mesas de estúdio. E mais! O SONO vem equipado com uma válvula 12AX7 que lhe garante, desde o início, um som quente, o som analógico clássico. Uma secção de EQ, analógica, com três bandas, e o controlo DRIVE ajudam a dar ainda mais corpo ao seu som. Para completar a secção analógica, duas entradas para microfone (com alimentação phantom) ou linha, com os prés classe A que distinguem todos os produtos da AUDIENT.

Obtido o som que pretende, ligue directamente o SONO à sua DAW de eleição. Pode expandir o número de canais através da ligação ADAT. Depois é hora de tirar partido das restantes funcionalidades que o SONO lhe oferece. O DSP incluído abre-lhe o acesso a uma quantidade incrível de possibilidades que lhe permitem escolher o tipo de amplificador ou de coluna para a sua guitarra ou para o seu baixo. Pode até escolher o tipo de ambiente sonoro em que isso funcionará. Também o som do microfone pode ser talhado usando esta tecnologia. Tudo graças ao espantoso sistema da Two notes, a empresa à qual a AUDIENT se associou para desenvolver este incrível SONO. A colecção de microfones, colunas ou ambientes incluídos é o suficiente para começar a corrida. Mas existe uma vasta colecção adicional de plugins, adquiríveis à parte, que asseguram todas as suas liberdades criativas. Não lhe agradou o resultado que construiu? Pode sempre ir experimentando novas soluções, sem alterar o seu set up inicial. Pode até integrar os seus processadores externos. E, coma aquisição do SONO, tem acesso ao programa grátis, ARC, para ainda mais soluções criativas.

Esquema de I/O muito flexível

O resultado da sua experimentção pode ser usado para gravar os seus projectos ou para tocar ao vivo. As possbilidades são imensas e não há verdadeiramente limite que se aplique ao SONO. As possobilidades de ligação (digital e analógica) do SONO são extremamente flexíveis e capazes de assegurar todas as necessidade.

Mas não dê crédito apenas a estas nossas palavras. Veja aqui tudo sobre as características técnicas do SONO. Leia um outro artigo sobre o SONO e as suas características. Leia aqui, aqui e aqui artigos com análises sobre a utilização deste equipamento. Leia aqui, em particular, sobre as possibilidades de ligação à DAW. Veja também aqui, aqui, aqui e aqui videos sobre o SONO. 

Mas pode fazer mais! Venha falar connosco para saber mais ainda sobre este incrível novo produto AUDIENT.



DNS 2, a história de um milagre

Equiparar a tecnologia DNS (Dialog Noise Supressor) da CEDAR AUDIO a um milagre pode parecer um exagero. Na verdade, a comparação peca por defeito. Esta é a tecnologia por detrás dos modelos DNS 2 e do DNS 8. Usar este equipamento para controlar o seu sinal áudio em ambientes acusticamente desfavoráveis, mantendo a integridade do sinal e suprimindo os elementos que estão a comprometer essa integridade, não é brincar aos milagres. É testemunhá-los.

Falando em termos práticos, a tecnologia DNS permite a eliminação do ruído de tráfego, do ar condicionado ou de equipamentos de construção, do vento, da chuva e, em geral, do ruído de fundo dos ambientes onde decorrem as suas captações áudio. Seja numa reportagem jornalística, numa cena de um filme, na captação de um som para um efeito especial, num estúdio ou ao ar livre, live ou em pós-processamento, o DNS (nas suas versões de 2 e 8 canais) permitem-lhe obter um sinal limpo e manter a integridade da sua qualidade. Esta tecnologia permite-lhe ainda compensar condições acústicas desfavoráveis ou má colocação de um microfone e até permitem suprimir um excesso de reverberação.

O DNS 2, em particular, foi concebido pela CEDAR AUDIO como um equipamento portátil e a extrema facilidade de operação foi o objectivo em mente. Basta carregar na função learn, que identifica e ajusta a operação às condições de ruído de fundo existentes, controlar a quantidade de supressão de ruído pretendida e o milagre opera-se!

Utilizável em situações de gravação ao vivo ou em estúdio, broadcast, rádio ou televisão, teatros ou salas de concerto, salas de conferência ou locais de culto, em tempo real ou em pós-produção, o DNS 2 é um canivete suiço quando estamos a falar de captar o melhor sinal sonoro para a sua produção.

Apesar da sua reduzida dimensão, o DNS 2 oferece entradas analógicas de linha e de microfone (estas com a opção de alimentação 48V), uma entrada AES3/AES11 e saídas analógicas e digitais. A alimentação de 12V significa que o DNS 2 pode ser usado no meio do campo ou no estúdio, com a mesma simplicidade.

A lista de clientes e de prémios que a CEDAR AUDIO ao longo dos anos atesta bem a qualidade deste e de outros dos seus produtos.

Aceda aqui a alguns videos e demosntrações do DNS 2 e saiba aqui mais sobre este e outros produtos da CEDAR AUDIO. Para saber mais ainda ou para testar o DNS 2 contacte-nos.


Discrete 8 & Discrete 4: uma fantástica oportunidade

Discrete 8 e Discrete 4 são as referências de dois modelos de préamplificador/interface fabricados pela Antelope Audio, que, por si só, valeriam um enorme destaque. Pela sua extrema qualidade, pela flexibilidade da sua operação e pelas possibilidades que proporcionam quando lhes junta o software adicional concebido para eles. Uma tentadora e única promoção transforma agora um equipamento de primeira qualidade numa oportunidade a não perder.

Se opera um estúdio pessoal ou produz gravações ao vivo vai certamente apreciar as qualidades do Discrete 8 ou do seu irmão o Discrete 4. Equipados com 8 e 4, respectivamente, préamplificadores de classe A, e proporcionando conversão 121 dB de banda dinâmica, com um clock de extrema estabilidade, o Discrete 8 e 4 constitui a entrada num outro patamar de qualidade de som e oferece um poder adicional ao seu estúdio. Se no capítulo do hardware estes dois modelos exibem uma classe e detêm capacidades sem paralelo, o facto de terem sido concebidos para funcionar com software adicional, como o FPGA FX, potencia-lhes ainda mais as suas, já de si, extraordinárias capacidades, elevando-os a um patamar único.

Os modelos Discrete oferecem-lhe préamplificadores de Classe A, modelação de microfone, efeitos FPGA em tempo real, clock superestável, monitorização programável e controlo via o seu interface, claro e funcional, ou através das aplicações móveis existentes para iOS ou Android. Saiba mais sobre o Discrete 4 e 8 isto aqui e aqui.

Veja aqui e aqui videos sobre o modelo 4 e 8 respectivamente e fique a saber mais sobre as suas características.

Decorre, entretanto, uma promoção limitada dos dois modelos com redução de preço e oferta do upgrade Premium. Trata-se de uma oportunidade única, com duração limitada ao stock. A não perder, rigorosamente. Saiba mais aqui.

Venha falar connosco para saber mais ainda sobre o Discrete 4 e 8, sobre o modo de aceder a esta promoção limitada ou sobre outros produtos e soluções Antelope Audio que temos para si.


A dupla de sucesso

O mundo está em mudança e os meios para fazer chegar a informação sobre essa mudança ao mundo também estão a mudar. As redes digitais conquistam espaço na circulação da informação e na comunicação. Com base nelas, o transporte de sinal e a intercomunicação são operações que podem ser feitas hoje sem os atropelos e as dificuldades de antigamente. São operações globais, baseadas exactamente nos mesmo meios, seja do estúdio para a régie ou de continente para continente. A RIEDEL tem as soluções.

A dinamarquesa Fjord Film esco;heu uma solução RIEDEL

Seja num estúdio ou num estádio, numa sala de concertos ou num grande navio de cruzeiro, entre um teatro e um carro de exteriores ou do paddock para o cockpit de um carro de Fórmula 1, complexas redes de mídia são hoje indispensáveis para lidar com as complexidades do transporte de sinal de video, áudio e dados em tempo real. Ao mesmo tempo, a infraestrutura que permite este transporte é a mesma que vai servir de base à intercomunicação entre todos os que intervêm na geração e processamento desses sinais e dados. Tudo isto tem que obedecer aos mais altos padrões de qualidade e ser fiável. Não pode estar abaixo dos standards da indústria e não pode falhar. O broadcast, por exemplo, assentou durante muito tempo em complicadas, frágeis e pouco flexíveis redes analógicas. À medida que os padrões se elevaram e que a comunicação entrou verdadeiramente na era da globaização, essas redes mostraram-se limitadas e revelaram-se incapazes de lidar com as novas exigências dos tempos.

A RIEDEL trabalha desde há 30 anos na concepção e produção de equipamento que serve esta nova era. Todos este anos dão-lhe a base que a elevou à posição de vanguarda que ocupa hoje neste campo.

A solução MEDIORNET oferecida pela RIEDEL para transporte de sinal, combina processamento e conversão, numa rede redundante a operar em tempo real. Em vez de um router central, a rede baseia-se num conjunto de módulos de rede descentralizados e nodos inteligentes. A inteligência do sistema assim distribuído permite a utilização de entradas e saídas físicas, consoante as necessidades. Isto aumenta a flexibilidade de qualquer instalação e reduz significativamente a cablagem e o tempo de montagem.

A ARTIST, por sua vez, é a solução oferecida pela RIEDEL de rede digital de intercomunicação, escalável, que proporciona comunicação fiável e distribuição de sinal áudio para aplicação em qualquer instalação de áudio ou intercomunicação.

Juntas, a ARTIST e a MEDIORNET constituem a solução mais poderosa para qualquer tipo de necessidade de transporte de sinal e de intercomunicação, no mais exigente dos ambientes. A RIEDEL exibe, neste domínio um invejável currículo. Desde a Fórmula 1, ao navio Anthem of the Seas, da BBC aos Jogos Olímpicos. Do grande projecto à escala planetária, à pequena sala de concertos ou ao pequeno estúdio de televisão.

Veja aqui a recente aplicação de uma solução MEDIORNET-ARTIST para a produtora dinamarquesa FJORD FILMS.

Saiba mais sobre a RIEDEL e as suas soluções aqui.

Venha falar connosco para ficar a saber mais ainda sobre a RIEDEL e sobre as soluções temos para si.


RTW distinguida na NAB

A “falar” DANTE, os novos modelos TM7 e TM9 da RTW, foram distinguidos na NAB como produto do ano.

O novo TM9 da RTW

A RTW distingue-se por fornecer ao sector áudio profissional, da televisão, do video, da rádio estúdios, os melhores monitores de sinal áudio de sempre. São uma referência respeitada em todo o mundo.

Os novos TM7 e TM9 constituem a proposta mais recente do fabricante alemão. Ecrãs tácteis de última geração, até 32 canais de áudio monitorizáveis e, acima de tudo, os novos modelos são baseados no protocolo DANTE, incluindo um modo AES67. O que significa que, para além da sua excepcional qualidade como equipamento de medida de precisão, os novos modelos estão preparados para a revolução tecnológica que se opera na área do broadcast e da produção áudio neste momento. O futuro é o AoIP e AoE e a tecnologia RTW está preparada para esse futuro.

Os novos modelos permitem monitorizar até 32 canais de áudio simultaneamente a 98 kHz, ter uma visão instantânea do estado da rede, suportam ligação redundante da rede para uma ainda maior, alargada e constante fiabilidade, fácil routing dos canais, sincronização instantânea e quase zero latência.

Foram todos estes predicados que conduziram ao prémio da NAB.

Saiba mais sobre os novos modelos RTW aqui. Venha falar connosco para saber mais ainda sobre estes e outros produtos RTW.


O novo Orion 32+ GEN 3

Falar sobre o novo ORION 32+ GEN 3 da ANTELOPE AUDIO é fácil. Difícil é resumir as soluções brilhantes deste novo modelo, tantas são elas. As possibilidades são imensas, mas uma coisa é, contudo, garantida: a qualidade do 32+ GEN 3 vai fazê-lo dar um salto de espanto.

É difícil condensar em pouco espaço todas as virtudes e todas as benesses que obtém com o novo Orion 32+ GEN3. Vamos pois destacar apenas alguns dos seus pontos fortes. Pode depois, se quiser, saber sempre mais aqui.

Contido numa elegante unidade de rack, o ORION 32+ GEN 3 começa por oferecer umas espantosas 64 entradas e 64 saídas. 32 analógicas e as restantes via digital. A conversão AD/DA é um dos pontos de especial destaque em toda a linha de interfaces da ANTELOPE AUDIO. O novo modelo mantém este pergaminho da marca e regista 129 dB de banda dinâmica. O clock é outro dos domínios em que todos os produtos da marca brilham. O modelo agora desvendado baseia-se na tecnologia de nova geração de 64-bit Acoustically Focused Clocking. Latência, é a palavra papão do mundo digital. Em matéria de latência, o ORION 32+ GEN 3 oferece uma resolução ao nível do sub-ms. Potência de cálculo é outro dos aspectos em que o novo modelo se ultrapassa. Senão, repare: o novo modelo oferece 64 canais (in/out) de conversão 24/192 com Thunderbolt™ ou 32 canais via USB.

No domínio da conectividade, as saídas e entradas digitais a opção cobre todos os standards correntes: MADI, ADAT e SPDIF. Pode controlar o seu ORION 32+ GEN 3 de qualquer ponto da sua rede de computadores. E pode também ter acesso a um dos outros pontos fortes deste modelo: a inclusão da plataforma FPGA FX (Fied Programmable Gate Array). Trata-se de uma tecnologia introduzida pela ANTELOPE AUDIO, que permite incorporar processamento no próprio hardware. Mas esta tecnologia não se destina a modelar efeitos. Trata-se antes de reconfigurar o hardware de modo a permitir o processamento a uma velocidade quase instantânea.

Se a sua curiosidade não ficou ainda satisfeita com esta brevíssima descrição, leia aqui mais sobre o novo ORION 32+ GEN 3 da ANTELOPE AUDIO. Veja este video de introdução ao novo modelo. Aceda à página do produto, anteriormente referida. Ou, dirija-se à AVANTOOLS para mais informações e condições de aquisição.


Quando a inovação é referência

A SPL Sound Performance Lab, é uma marca de referência no universo do áudio profissional. Uma marca que se distingiu sempre pela extrema qualidade e alto grau de inovação dos seus produtos. Presente em estúdios espalhados por todo o mundo, a SPL constitu uma bitola difícil de superar. Presente também em Portugal pela mão da Avantools.

O Vitalizer ou o Trasient Designer, a tecnologia 120V ou o Phonitor são apenas uma pequena amostra do que foi e do que é a SPL. Os produtos e as tecnologias desenvolvidas e comercializadas pela marca são a ferramenta base presente no mundo da produção e pós-produção áudio, quer estejamos a falar de música, cinema, multimédia, hifi ou de broadcast.

PQ Mastering Equalizer

A SPL tem produtos em diversas áreas, com modelos adquados em caada uma paraa as dimensões e necessidades específicas dos utilizadores. Amplificadores de auscultadores, controladores de monitor, estéreo ou multicanal, préamplificadores, processamento, interfaces e conversores, unidades centrais para masterização, mesas de mistura, crossovers e amplificadores de potência, é uma gama muito vasta de produtos que poderá apreciar aqui.

Gain Station

O afamado Bob Ludwig optou pela MMC2. Leia tudo sobre esta sua opção pela aqui. Obtenha aqui um manual sobre masterização da SPL. Veja aqui mais alguns videos sobre outros produtos da marca.

Venha falar connosco e ouvir por si o que a SPL tem para lhe oferecer.



HS-1600T, um estúdio de televisão numa maleta

O estúdio móvel, modelo HS-1600T, da DATAVIDEO é uma potentíssima ferramenta de produção video, baseada na norma HDBaseT. Mas não é só isso: é um potentíssimo estúdio de televisão que cabe numa pequena e compacta maleta. Leve a sua produção para onde for preciso e tenha o melhor de dois mundos: potência e portabilidade.

HS-1600T

A DATAVIDEO é conhecida pelas suas soluções para produção de video de alta qualidade, muito práticas e muito acessíveis. Os destaques vão, entre muitas outras, para as suas soluções de estúdios portáteis de video. Já aqui falámos do HS-1300. Agora falamos-lhe do HS 1600T.

A mesma qualidade, um enorme potencial e flexibilidade para os seus fluxos de trabalho e uma diferença: HDBaseT. Sem grandes confusões nem set ups complicados, o HS-1600T oferece-lhe todas as capacidades de um estúdio móvel de video: 6 canais de video e áudio em ultra-high-definition, Ethernet, USB e até 100W de potência, tudo à distância de um simples e único cabo.

De resto, o HS-1600T são seis em um: switcher, monitor, controlador de câmaras, misturador áudio, enconder para streaming e gravador. Tudo convenientemente contido numa prática maleta, transportável para qualquer lado. Só precisa das câmaras (até 3) que pode controlar directamente do seu HS-1600T.

Nunca a produção video, por mais complexa que seja, foi tão acessível e tão prática. Veja aqui um exemplo de uma produção complexa, executada totalmente com um HS-1600T.

Para mais informações sobre este e outros produtos desta linha DATAVIDEO, consulte, por favor, este link.

O HS-1600T está disponível em Portugal. Venha saber mais sobre este produto ou analisar connosco esta e outras possibilidades.


iD44, a sério no mundo da comédia

Daniel Thrasher é um comediante e pianista baseado em Los Angeles. Há muito que usa os media e as redes sociais para divulgar o seu trabalho. Há cerca de um mês publicou o seu primeiro álbum de comédia “Quick and Sketchy”, inteiramente gravado através de um iD44 da AUDIENT. É ao iD44 que Daniel atribui a qualidade da produção deste seu trabalho.

A familiaridade de Daniel com os media vem dos tempos de escola. É um utilizador antigo de plataformas como o MySpace e cedo fez a transição para outras como o Youtube. Mas são os sketches sonoros que mais motivam Daniel hoje. Segundo a sua teoria, esta forma de comédia vai ganhar uma crescente popularidade.

De toda esta actividade resultou a ideia de publicar um álbum de comédia. Para o fazer, nada mais simples: um microfone, um par de auscultadores e um interface iD44 da AUDIENT. Daniel destaca a simplicidade de utilização: um botão para controlar o volume do microfone, outro botão para controlar o volume da escuta, um filtro passa alto (que permite, de forma limpa, que a voz se destaque do piano) e alimentação phantom para o microfone. Resultado: um som imaculadamente limpo! O resto é talento e um grande conteúdo. Nada mais simples, portanto. Uma simplicidade que já levou alguns dos sketches às centenas de milhar de visualizações, satisfazendo o seu quase um quarto de milhão de assinantes. Quando o ouvimos, o talento e o conteúdo são do Daniel Thasher, mas a qualidade do som é, como o próprio reconhece, do iD44.

rO setup simples que Daniel Thasher usa permite-lhe, por outro lado, transportá-lo para o live, em situações que implicam o uso da voz e do piano, com excelentes resultados.

Saiba mais sobre o trabalho de Daniel Thrasher aqui, particularmente sobre a sua utilização do iD44. Poderá também encontrá-lo no Youtube aqui, e ainda no Spotify, no Sondcloud, na Amazon ou no iTunes.

Saiba mais sobre o iD44 aqui. Venha conhecer este e outros produtos da AUDIENT, visite-nos, ou fale connosco.


Novo SONO, mais que um interface

Finalmente, um interface pensado para guitarristas. Mas não fique a pensar que a sua utilidade se fica apenas por aí. O SONO da AUDIENT vai ser um ferramenta de que não se vai separar no seu estúdio ou quando actua ao vivo.

O SONO é um novo produto da AUDIENT que responde de forma brilhante a um conjunto de necessidades dos instrumentistas. Em primeiro lugar, dispõe de um préamplificador, com a qualidade a que a AUDIENT nos habituou. Mas com um twist: o SONO vem equipado com uma válvula 12AX7 que lhe garante, desde o início, um som quente, o som analógico clássico. Uma secção de EQ, analógica, com três bandas, e o controlo DRIVE ajudam a dar ainda mais corpo ao seu som. Para completar a secção analógica, duas entradas para microfone (com alimentação phantom) ou linha, com os prés classe A que equipam todos os produtos da AUDIENT.

Depois de talhado e obtido o seu som, grave, pratique ou use o SONO no seu rig live. Ligue directamente o SONO à sua DAW de eleição ou expanda o número de canais através da ligação ADAT. Depois é hora de tirar partido das restantes funcionalidades que o SONO lhe oferece. O DSP incluído abre-lhe o acesso a uma quantidade incrível de possibilidades que lhe permitem escolher o tipo de microfone, de amplificador ou de coluna para a sua guitarra ou para o seu baixo. Pode até escolher o tipo de ambiente sonoro em que isso funcionará. Tudo graças ao espantoso sistema da Two notes, a empresa à qual a AUDIENT se associou para desenvolver este incrível SONO. A colecção de microfones, colunas ou ambientes incluídos é o suficiente para começar a corrida. Mas existe uma vasta colecção adicional de plugins, adquiríveis à parte, que asseguram todas as suas liberdades criativas. Não lhe agradou o resultado que construiu? Pode sempre ir experimentando novas soluções, sem alterar o seu set up inicial. Pode até integrar os seus processadores externos. E, coma aquisição do SONO, tem acesso ao programa grátis, ARC, para ainda mais soluções criativas.

Veja aqui tudo o que há a saber sobre o SONO da AUDIENT. Leia um outro artigo sobre o SONO e as suas características. Veja aqui este artigo sobre outros processos de trabalho com este equipamento. Veja também aqui um video sobre o SONO. Fale connosco para saber mais ainda sobre este incrível novo produto AUDIENT.