Broadcast em tempo de pandemia (2)

Cada crise é uma oportunidade, dizem. Esta crise parece querer continuar a lançar-nos desafios. Mas há, contudo, alguns que podem ser facilmente vencidos. Se falássemos em tele-trabalho, por exemplo, a alguém da área do broadcast há uns anos, éramos certamente objecto de chacota. A verdade é que a pandemia veio obrigar esta área a repensar alguns dos paradigmas em que estava fechada. Algumas das novas práticas que, pela pressão dos acontecimentos, daí resultaram, preconizam uma verdadeira revolução no sector e merecem agora ser encaradas a uma nova luz. E há novas ferramentas que sustentam esta revolução. Bem-vindo à nova tecnologia com base IP! É possível instituir novas práticas, manter os mais altos padrões de qualidade, e acelerar a migração para uma tecnologia que veio para ficar. As soluções da LAWO mostram-se à altura do desafio e estão aí o ajudar.

LAWO Mix Kitchen

Fazer rádio e televisão profissional em tele-trabalho? Parecia impossível. A urgência da situação veio demonstrar o contrário. Nem sempre as soluções encontradas são as mais fiáveis. Mas estas existem.

Com o distanciamento e muitas outras restrições impostas à maioria das actividades, a economia está a ressentir-se de uma forma que terá apanhado muitas empresas impreparadas. A busca de soluções para colmatar limitações impostas pela pandemia prossegue. Há sectores da economia onde essas soluções são mais fáceis de encontrar e implementar do que outras. O tele-trabalho é, sem dúvida, uma prática que pegou. Na área do broadcast, poderia parecer difícil pô-la em prática. Mas será?

O que temos vindo a assistir é à criação de soluções expeditas, baseadas em meios pré-existentes, muitas vezes improvisados. Estas soluções de recurso deixam frequentemente a desejar e comprometem padrões de qualidade há muito instituídos. Já aqui nestas páginas abordámos os novos desafios que a crise pandémica colocou aos operadores e as respostas possíveis que existem. A migração para uma infraestrutura tecnológica com base IP é um passo inevitável para todos os operadores nesta área. Os que o deram estão agora mais equipados para dar resposta aos novos desafios. Os que o não deram vão ter de considerar essa hipótese seriamente.

A LAWO encontra-se na vanguarda das soluções ao serviço dos novos tempos que se avizinham. A pioneira marca alemã, criadora de tecnologia com base IP para a indústria do broadcast, acaba de anunciar que as suas mesas de produção da série mc², bem como as suas soluções sem superfícies de controlo, incluindo o mc² Micro Core, podem agora ser controladas de qualquer ponto no mundo, desde que esteja garantida uma ligação à internet, até mesmo a partir de um smartphone ou de um hotspot pessoal 4G. Que a exiguidade e singeleza dos meios não induza em engano: um operador pode mesmo controlar uma régie inteira ou partilhar essa operação com um operador local, a partir de casa, sem qualquer compromisso na operação e, muito menos, comprometendo a qualidade do sinal. A solução chama-se MIX KITCHEN.

Trata-se de uma solução de longo prazo, destinada a qualquer cenário em que o acesso físico a um qualquer centro de broadcast, seja de televisão ou rádio, esteja comprometido por um qualquer incidente, ou, como no caso presente, restrições que implicam, por exemplo, redução forçada de turnos. A solução baseia-se num simples sistema de controlo remoto do tipo Mackie® HUI-compatível. As possibilidades são infinitas, a qualidade sem compromisso. Veja aqui como funciona, na prática, a MIX KITCHEN.

Saiba mais sobre esta e outras soluções LAWO. Leia mais e aqui também, sobre a MIX KITCHEN. E contacte-nos para saber mais ainda.


A solução profissional

A RIEDEL é a escolha natural de intercomunicação, quando falamos de situações de exigência máxima, com qualidade de topo e fiabilidade sem compromisso. Colocadas à prova em centenas de aplicações pelo mundo inteiro, as soluções de intercomunicação da RIEDEL já passaram todos os testes e revelam-se as únicas nas quais os profissionais podem confiar. Do mais pequeno teatro à Fórmula 1, os profissionais das mais diferentes áreas têm nas soluções RIEDEL a ferramenta indispensável e infalível.

Prudential Center escolhe RIEDEL

Quando falamos de equipamento de intercomunicação para o século XXI o nome RIEDEL é a ter em conta. Uma empresa com larga experiência neste domínio e com um currículo ímpar em todo o mundo, as soluções RIEDEL de intercomunicação são a escolha dos grandes eventos à escala mundial —da Fórmula 1 aos Jogos Olímpicos — mas também a escolha natural dos complexos culturais, grandes, pequenos e médios teatros, festivais, provas desportivas e, agora também, com soluções destinadas aos centros de prestação de cuidados de saúde. A tecnologia RIEDEL apresenta a melhor qualidade, a maior fiabilidade e facilidade de operação e é uma tecnologia à prova de futuro. Ou melhor, pode-se afirmar, sem receio, que a tecnologia RIEDEL é o presente e o futuro.

A prova disso é a escolha para um sem número de situações de enorme exigência, onde nada pode falhar que podem ir do grande evento desportivo até a uma ida à Lua. A combinação do sistema de transporte, processamento e ligação de sinal, em tempo real, MediorNet , integrada com a matriz digital de intercomunicação Artist e com o sistema de intercomunicação individual sem fios Bolero, uma infraestrutura para intercomunicação de alta qualidade em qualquer espaço, tem provado nas suas inúmeras aplicações, ser o garante da fiabilidade do transporte e processamento de sinal e dados nas circunstâncias mais exigentes que os profissionais enfrentam.

MediorNet

Os exemplos de aplicações das soluções RIEDEL multiplicam-se e nascem a cada dia. O exemplo mais recente é o do Prudential Center em Newark, New Jersey (EUA). Trata-se de um grande pavilhão, conhecido como The Rock, capaz de acolher entre 17 000 a 19 000 espectadores, que assistem a grandes eventos desportivos e culturais. Pelo Prudential passam os campeonatos de basquetebol ou hóquei sobre gelo, para além de muitos muitos outros desportos.

Artist

The Rock é também palco de concertos por luminárias como Bruce Springsteen ou os Rolling Stones, para além de centenas de outros eventos, que são ali acolhidos anualmente. Quando chegou a altura de substituir o sistema original de intercomunicação, instalado na altura da inauguração do Centro em 2007, a escolha recaiu sobre a alemã RIEDEL, depois de uma exigente consulta ao mercado. A qualidade, a fiabilidade e o preço da solução RIEDEL bateu a concorrência. Para mais informação sobre esta renovação, leia aqui.

Bolero

Saiba mais sobre as soluções de intercomunicação e distribuição de sinal da RIEDEL. Mas venha falar connosco também para ficar a saber como elas o podem servir, também a si.


Studio Technologies, com um olhar no futuro

A Studio Technologies é uma reputada marca de equipamento para a área do broadcast. Com uma experiência de mais de 40 anos, com uma atenção constante sobre a evolução da indústria, demonstrando uma capacidade de inovação e um critério de qualidade assinaláveis, a Studio Technologies oferece-lhe uma linha de produtos onde seguramente vai encontrar soluções atractivas, a preços competitivos, que satisfazem as suas necessidades de equipamento. Quer estejamos a falar de novas aquisições ou de renovação, vai querer saber mais sobre a Studio Technologies.

A linha de produtos proposta pela Studio Technologies é bastante diversificada, mas se há um factor distintivo que a atravessa, ele é a constante atenção à facilidade de operação, à robustez e à fiabilidade, aos padrões de qualidade e à inovação do design. Com uma oferta que se centra no broadcast (televisão, rádio e estúdios), vai encontrar no catálogo Studio Technologies uma enorme variedade de soluções para o controlo de operação, interface de equipamento, operação móvel, transporte de fibra óptica, intercomunicação, e uma nova linha que aponta para o futuro, com produtos AoIP baseados no protocolo Dante.

Nesta altura, em particular, em que a concentração de meios, o tele-trabalho e a intercomunicação se tornaram as palavras chave, a determinar novos figurinos de produção, vale a pena lançar um olhar sobre as soluções apresentadas pela Studio Technologies, viradas para satisfazer esta nova era que se avizinha. A vastíssima linha Dante Audio-over-Ethernet Technology, que tem vindo a ser disponibilizada pela marca, propõe soluções que lhe permitirão entrar nestes novos tempos com a certeza de dispor de equipamento à prova de futuro. Particularmente atractivas e apreciadas são as soluções Studio Technologies para o broadcast dedicado ao desporto.

Também os estúdios de produção áudio encontram uma linha de equipamentos para controlo dos sistemas de monitores, com ofertas muito diversificadas, aplicáveis a qualquer estúdio, desde os pequenos estúdios de produção áudio, aos complexos estúdios de cinema multicanal. Saiba mais aqui.

Com a Studio Technologies sabe que está a apostar em equipamento que lhe garante a produção nas condições mais exigentes, mas também num diálogo e numa atenção constante do fabricante, para lhe garantir que nada falha. Apoio técnico perfeito e manutenção cuidada são duas características que distinguem também o fabricante norte-americano.

Por todos estes motivos, a Studio Technologies é credora da sua atenção. Estamos certos que nela encontra a solução que busca para os seus problemas de produção, quer esteja a adquirir equipamento novo que pretenda renovar o antigo e ajustá-los aos novos tempos. Veja aqui toda a linha de produtos da Studio Technologies. Aproveitamos para o convidar a vir falar connosco para ficar a saber mais ainda sobre a oferta que a marca norte americana tem para si, e para, em conjunto, estudarmos as soluções mais adequadas às suas necessidades.


Tão fácil como fazer zapping

A DPG Media é um poderoso grupo de media, com presença nos sectores da informação e entretenimento, nas áreas da imprensa escrita, TV e Rádio. Opera em diversos países do norte da Europa. Com dois centros nevrálgicos de produção em funcionamento, na Bélgica, a DPG Media necessitava de uma solução técnica que lhe permitisse operar, segundo as circunstâncias, a partir de um desses centros, utilizando os recursos técnicos do outro. Duas localizações, um sistema, foi a palavra de ordem. A solução foi construída a partir de uma infraestrutura idealizada pelos engenheiros da DPG Media e desenvolvida e implementada pela LAWO. Tão fácil como fazer zapping.

O centro de produção da DPG Media em Antuérpia

Tudo começou quando a LAWO foi contactada há 4 anos pela Medialaan, de Vilvoorde, a 40 km de Bruxelas, na Bélgica. O desafio foi o de instalar duas novas régies para o centro de informação. A LAWO forneceu então, entre outro equipamento, duas mesas mc²56 e routers Nova73. Nessa altura, o protocolo MADI era o preferido, por razões práticas, situação que se veio mais tarde a alterar com a adopção do protocolo RAVENNA/AES67 de Audio-over-IP (AoIP).

Todo este equipamento foi instalado na sede da Medialaan em Vilevoord, onde decorria toda a produção da informação e do canal de TV VTM. A Medialaan foi, entretanto, adquirida pela DPG Media que, para além da Bélgica, estendeu a sua oferta também à Holanda e à Dinamarca.

Depois da aquisição da Medialaan, foi tomada a decisão de mudar a sede e as redações de todas as publicações do grupo para Antuérpia. As redações da TV (VTM) e as estações de rádio do grupo (Qmusic, Joe e Willy) iriam também ser deslocadas, de modo a tirar partido das sinergias criadas pela concentração de toda a actividade debaixo do mesmo tecto. Mas o edifício da News City em Antuérpia não tinha sido concebido e não dispunha de espaço para acomodar, simultaneamente, as redações para a imprensa escrita e os estúdios de rádio e TV studios. Por outro lado a infraestrutura da DPG Media em Vilvoorde era nova, e substituí-la não era opção. Acrescia que o departamento de Entretenimento da DPG Media iria, em qualquer caso, permanecer em Vilvoorde.

No centro de produção em Antuérpia controla-se equipamento instalado a 40km

A partir da experiência adquirida com o equipamento que tinha sido instalado 3 anos antes, e das suas capacidades de distribuir sinal áudio-over-WAN-IP, e tendo em conta a recente aquisição, por parte da DGP Media, de novo equipamento vídeo, era necessária agora uma solução potente, que permitisse distribuir igualmente sinal vídeo-over-WAN-IP e proporcionasse a ligação dos dois centros de produção, de Vilevoord e de Antuérpia, separados por 40 km. Era necessária uma solução “duas localizações, um sistema.” Foram estes os dados de base do concurso lançado.

Estava assim em marcha um vasto e significativo projecto. Projecto que tem como sua espinha dorsal uma ligação entre Vilvoorde e Antuérpia assente numa estrutura de fibra óptica escura, redundante. Uma ligação com 400Gbps de banda passante, por linha. Esta é dividida em duas: 200Gbps reservados para tráfego administrativo, e os restantes 200Gbps para aplicações de broadcast, i.e. áudio, vídeo e sinais de controlo. É redundante porque dois fluxos de dados semelhantes são enviados por duas ligações diferentes, de modo a assegurar a transmissão integral e segura.

Depois de, em Maio de 2019, ter ganho o concurso para o fornecimento do equipamento especificado, a LAWO começou a estudar uma solução que veio a ser testada e implementada entre Outubro e Novembro. Esta solução tem por base a plataforma V__matrix, o mc² Micro Core, o mxGUI, o A__mic8, o SMART e o VSM broadcast control system, especialmente desenvolvido para este efeito. O equipamento LAWO já existente está naturalmente incorporado na solução encontrada. Solução que entrou em funcionamento no sector de Entretenimento em Outubro de 2019 e no da Informação em Fevereiro de 2020.

Uma operação muito complexa, ambiciosa e inovadora, sobre a qual poderá ficar a saber todos os pormenores aqui e aqui. Poderá também ficar a saber mais sobre as soluções LAWO acima descritas. Se quiser ficar a saber ainda mais sobre qual a que mais se adequa às suas necessidades, convidamo-lo a vir falar connosco.