Broadcast em tempo de pandemia

A crise originada pela COVID-19 estendeu-se a todos os sectores da sociedade. Também à área do broadcast foram colocados desafios, incluindo os de natureza técnica, a que foi e está a ser difícil dar resposta. A nova geração de equipamentos baseados no protocolo IP constitui uma clara mais valia, que proporciona soluções rápidas e de implementação imediata, num quadro fora do normal, como é o desta crise. A LAWO está na vanguarda dessas soluções, com respostas muito diversificadas, ao nível das exigências do sector.

KQED de S. Francisco (EUA)

Com a crise provocada pela pandemia, sectores houve da actividade económica que foram e estão a ser seriamente afectados. A importância da área da informação e de todo o broadcast, no geral, ganhou ainda mais relevo, uma vez que a necessidade de transmissão de informação se revelou de importância vital e, com o confinamento imposto em todo o mundo, a difusão de conteúdos de diversa natureza tem um papel essencial. Mas este é um momento de grande incerteza, com o aparecimento de obstáculos imprevistos, a que a generalidade dos broadcasters continua a ter dificuldade em responder adequadamente. Sob o plano técnico, o confinamento e o perigo de eventual contágio introduzem problemas de operação a que as soluções tradicionais a que o universo do broadcast recorre não consegue, simplesmente dar resposta adequada. Como se resolve o problema do tele-trabalho, como se controlam equipamentos, se gerem estúdios, como se consegue obter um fluxo de funcionamento, o mais normal possível, dentro dos padrões exigíveis?

Não há, neste quadro actual inesperado, uma solução milagrosa, testada e pronta a funcionar, mas qualquer tentativa de ultrapassar os problemas que hoje se colocam, passa, inevitavelmente, e passará no futuro, pela adopção de soluções baseadas no protocolo IP.

NOVA 73

Um exemplo do planeamento atempado e de resolução adequada dos problemas técnicos que uma crise como a desta pandemia trouxe ao universo do broadcast, vem dos EUA. A estação KQED, de S. Francisco, afiliada da NPR, tem presença na Rádio, TV e na internet, nomeadamente nas redes sociais. Depois de observar as dificuldades pelas quais passa a generalidade dos operadores de broadcast do seu país neste contexto, os técnicos da KQED encontraram, juntamente com a LAWO, as soluções técnicas adequadas à manutenção do seu funcionamento em momento de crise. Tratava-se, neste caso, de assegurar o controlo remoto e o acesso à régie central e os outros 3 estúdios de produção. Como assegurar o acesso remoto e continuar a trabalhar numa situação de confinamento do pessoal? A solução encontrada baseia-se em conversores CANBus-to-IP que comunicam com o router NOVA73 da LAWO. Daí é possível o controlo total das consolas sapphire existentes. Uma segunda parte do projecto consistiu em criar um estúdio virtual baseado numa solução com ecrãs tácteis, que permitem um controlo total usando o VisTool GUI Building software da LAWO. Esta solução deu acesso a ligação remota via IP dos estúdios, situados em diferentes pontos da cidade, proporcionando assim completo acesso de todas as funções e recursos das mesas dos 3 estúdios, incluindo codecs, o sistema VoIP de telefone, e o playout, para além do talkback e dos canais mix-minus.

Leia mais sobre esta solução aqui. Venha falar connosco para saber tudo sobre as soluções mais adequadas às suas necessidades.