Desporto, pandemia e intercomunicação

Os mais importantes acontecimentos desportivos, à escala mundial, foram cancelados ou adiados. As organizações de campeonatos, jogos e outras provas são operações complexas, de preparação morosa e custosa. O que se avizinha é, no curto prazo, uma acumulação enorme de acontecimentos desportivos que tentarão recuperar calendários e manter compromissos e expectativas. A fase que se segue é a da retoma, com novos figurinos e exigências. Para os agentes e estruturas envolvidos no mundo do desporto, este é um tempo de reflexão, de recuperação e manutenção de estruturas, mas, sobretudo, de preparação do futuro. A RIEDEL é a marca presente nos principais acontecimentos desportivos, que se desenrolam a nível mundial. As suas soluções de intercomunicação são, e vão sê-lo ainda mais no futuro, a espinha dorsal que assegurará o êxito dos eventos desportivo que aí vêm.

2020 ficará marcado na história do desporto, não pelos feitos atléticos alcançados ou pelo sucesso das provas organizadas, mas como o ano que assistiu ao cancelamento de praticamente todas as competições desportivas, por todo o mundo. Os Jogos Olímpicos, o Europeu de Futebol, todas as Ligas nacionais, as principais Maratonas, jogos paralímpicos, jogos de inverno, as provas automobilísticas, incluindo uma Fórmula 1 — cuja edição presente vai decorrer em regime irregular, com algumas provas suspensas, outras adiadas e outras, ainda, a decorrer à porta fechada — enquanto mais de 900 torneios de ténis foram cancelados, segundo anuncia a Federação Internacional da modalidade. Boxe, natação, ciclismo, rugby, golfe, canoagem e um nunca acabar de outras modalidades viram as suas provas suspensas ou adiadas, nalguns casos para 2022.

PERFORMER

O que se vai seguir é um retomar gradual de actividades, nalguns casos em moldes novos, onde naturalmente o papel do broadcast vai ter uma força maior. É tempo de ajustar as condições de produção às novas exigências e aos novos figurinos que se preparam. Todos estarão envolvidos nesta nova fase, agentes desportivos, clubes, federações, ligas, as organizações que asseguram a realização dos eventos e, sobretudo, os broadcasters, que terão de responder a novos desafios.

ARTIST

O potencial da produção assente numa infraestrutura de base IP, já há muito surgia como uma das chaves para um novo paradigma de produção audiovisual Mais do que nunca, esse novo figurino nos surge como a chave do futuro. Rádio e televisão terão de se reajustar, mais rapidamente do que certamente antecipavam, à nova realidade. Um dos elementos fundamentais, porventura, o mais decisivo, que marca este paradigma é o da intercomunicação. A intercomunicação, assente nas novas realidades tecnológicas, revela-se como um elemento tão fundamental, como o eram os elementos tradicionais da produção audiovisual. Grandes estruturas de intercomunicação, de base IP, fiáveis, de qualidade, flexíveis, escaláveis, são hoje uma necessidade, quer sob o ponto de vista tecnológico quer sob o ponto de vista financeiro.

BOLERO

A RIEDEL é líder incontestada des sector a nível mundial. As suas soluções estão presentes e voltarão a estar presentes nos principais palco mundiais do desporto, mas são também a escolha natural em muitos outros sectores, do entretenimento aos hospitais. A Rádio e televisão do Montenegro é apenas o último exemplo, de um broadcaster europeu a optar pelas soluções RIEDEL. Leia aqui mais detalhes.

A oferta RIEDEL para a área da intercomunicação é a resposta para os desafios que se colocam hoje para todo o universo do broadcast, mas não só. PERFORMER, ARTIST ou BOLERO, são algumas das soluções que a RIEDEL põe à sua disposição para enfrentar o desafio da modernidade e do futuro.

Venha falar connosco, para ficar a saber ainda mais sobre tudo o que a RIEDEL pode fazer por si.