Dar vida ao som

Uma boa parte do directo em televisão concentra-se hoje no desporto. Este facto foi, ou está a ser, até potenciado pela situação particular que estamos a viver neste momento devido à pandemia. Mesmo sem público, as provas desportivas continuam a realizar-se, dentro dos condicionalismos possíveis, e as suas transmissões são agora a única forma de as presenciar. O áudio assume aqui um papel vital e proporciona uma experiência intensa e insubstituível. A experiência da LAWO na área do broadcast desportivo vem de há décadas. As soluções da empresa alemã são a referência e continuam a ser usadas nos maiores acontecimentos desportivos do mundo.

Foi em 2004 que o router Nova73 fez a sua aparição nos Jogos Olímpicos de Atenas. Reconhecida pela sua fiabilidade, a LAWO continuou a marcar o ritmo e a aumentar a sua reputação internacional, primeiro com a mc²56 nos JO de Pequim, depois, em 2012, em Londres, com o contributo para as primeiras emissões em 22.2. Antes mesmo de começar, em 2014, a utilizar as tecnologias sobre IP no Campeonato do Mundo de Futebol do Brazil, e logo após a experiência das Taça das Confederações do ano anterior.

Por todo o mundo as mesas da série mc² estão instaladas em centenas de estúdios e carros de exteriores que, por todo o mundo, fazem a cobertura de diversos eventos desportivos. Os carros da Euromedia, da Mediapro ou a beIN Sports, para citar alguns poucos exemplos mais ligados ao desporto, estão equipadas com soluções LAWO. No Japão estas mesas foram utilizadas no Campeonato do Mundo de Rugby. A solução de mistura automática Kick 2.0 constitui a ferramenta adoptada na Bundesliga. As unidades de comentário LCU foram utilizadas no Japão (2019), nos Jogos Olímpicos (2008, 2012, 2016,) no Campeonato do Mundo e da Europa de futebol (2014, 2016, 2018,) a par de outras soluções do construtor alemão. E nos Jogos Olímpicos do Japão de 2021 a LAWO estará presente com as mc²56 e as unidades DSP A__UHD Core, os modelos A__stage, e os mosaicos gerados pelo software vm_dmv (UHD) serão utilizados em todas as provas do Estádio Olímpico. Nas cerimónias de abertura e fecho serão utilizadas mesas mc²56, equipadas com 16 a 144 vias, e as plataformas V__matrix.

Em todas estas circunstâncias, as soluções LAWO oferecem uma fiabilidade, facilidade de operação, robustez, design, grau de inovação e, muito importante, garantia de futuro, que não tem verdadeiramente rival.

Uma experiência decisiva e profundamente significativa, de que aqui apenas lhe podemos dar uma pálida ideia. Saiba mais lendo este artigo, visitando o site da LAWO ou contactando-nos para mais informações