Um laboratório na crista da onda

A masterização é uma das partes mais importantes do processo de produção musical. É uma arte única e desde há 25 anos que o WaveLab da STEINBERG é a escolha número um para profissionais de masterização. O WaveLab é uma solução de masterização completa, com todas as ferramentas necessárias para cobrir qualquer fluxo de trabalho do início ao fim. Com o apoio de uma rede global de engenheiros de masterização que o utilizam, o WaveLab é a chave para dar a cada aspecto da masterização uma dimensão totalmente profissional.

O que oferece, num primeiro e rápido resumo, uma ferramenta como o WaveLab da STEINBERG? Em primeiro lugar, a solução para a masterização e edição de ponta destinada à distribuição digital, em CD, vinil e noutros formatos. Em segundo lugar, a capacidade para a montagem de faixas diferentes para criar um álbum inteiro. Em terceiro lugar, uma unidade de medição de sinal excepcional, FX em tempo real, com processadores offline e ferramentas de restauro. Em quarto lugar, a possibilidade de integração, muito flexível, de hardware externo, para uma ainda maior e personalizada capacidade de processamento.

O WaveLab é muito mais do que a referência da masterização. A sua abordagem modular permite o uso de diferentes partes do seu abrangente conjunto de recursos em todas as áreas da produção de áudio profissional. Quer se trate de edição e processamento espectral precisos, restauro de áudio, análise forense de arquivos de som e muitos outros usos, o WaveLab tem as ferramentas para fazer todo esse trabalho de forma incrivelmente rigorosa e intuitiva.

O WaveLab oferece uma ampla variedade de funções de edição especializadas. É possível a edição destrutiva e não destrutiva, permitindo assim a escolha mais adequada ao seu projecto. A edição espectral de alta resolução, por exemplo, permite direcionar com precisão certas frequências e detectar ruídos indesejados, para removê-los com muito cuidado. O WaveLab possui as ferramentas de análise de áudio mais avançadas, actualmente disponíveis na indústria de som profissional. Uma gama abrangente de medidores de sinal – incluindo nível de pico, erros de volume, fase, espectro e bits – garante uma panorâmica incrivelmente precisa do som com o qual se está a trabalhar. Mas o WaveLab vai muito além do simples mostrar do que está a acontecer, porque permite uma visualização do espectrograma excepcionalmente detalhada, exibição de Wavelet e análise de frequência 3D, incluindo ferramentas de análise global para sondar profundamente os sons. As ferramentas de restauro de áudio de última geração do WaveLab são conhecidas pela sua capacidade de melhorar gravações antigas ou imperfeitas. Inclui o conjunto de plug-ins de restaurao RestoRig, como o DeClicker, DeNoiser, DeBuzzer, DePopper e DeCrackler, para remover uma ampla gama de ruídos e artefatos indesejados.

O WaveLab possui uma área de trabalho inteiramente dedicada ao processamento por batch, o que pode fazer economizar muito tempo aos utilizadores. Com uma vasta gama de efeitos de plug-in e processadores de alta qualidade à escolha, é possível criar com eles muitas colecções de plug-ins diferentes e produzir o rendering de vários arquivos em formatos diferentes de uma só vez. O WaveLab apresenta recursos de edição de metadados muito abrangentes e flexíveis, que podem ser mudados à medida e utilizados independentemente da utilização em concreto, material de origem ou resultado final. Além de toda a gama de códigos de metadados – incluindo ID3 v1 (para formatos MP3) e v2 que estão em conformidade com os padrões do iTunes – podem ser adicionadas letras e imagens aos metadados de cada arquivo. O WaveLab é também uma ferramenta fantástica para designers de som, não apenas pelas suas funções de análise, edição e restauro de áudio, mas também porque as suas avançadas ferramentas de processamento o tornam uma óptima solução para capturar amostras e criar loops, entre muitas outras possibilidades de utilização. O WaveLab permite a gravação estéreo e multipista, tornando-o a ferramenta ideal para uma ampla variedade de situações de gravação, dentro e fora do estúdio. O WaveLab tem a possibilidade de criar ficheiros de áudio interlaçados multicanal, para abrir, editar e guardar em formatos de áudio surround até 22.2 e Ambisonics, com edição mais fácil e opções de seleção detalhadas. É perfeito também para podcasts, uma parte hoje tão importante da transmissão de áudio. Uma das áreas de trabalho do WaveLab é dedicada a gravar, organizar episódios e prepará-los para publicação. Existe uma versão do WaveLab, o Cast, apenas centrada nesta capacidade.

Uma ferramenta excepcional, de que aqui lhe pretendemos dar apenas uma imagem rápida. Se quiser saber mais, veja aqui. Se o seu universo de trabalho se centra nos podcasts e noutras aplicações para redes sociais, existe uma versão especial dedicada o WaveLab Cast. Veja aqui mais sobre este produto. Para saber mais ainda sobre o WaveLab da STEINBERG e para ficar a conhecer mais sobre as suas possibilidades, venha falar connosco.


Com os olhos no som

Embora na produção áudio o ouvido seja, sem dúvida, o derradeiro juiz, há ocasiões em que as modernas práticas exigem a utilização de equipamento de medida fiáveis, que auxiliem as diferentes operações envolvidas. De uma única marca se pode dizer que é a referência incontestada no fabrico de equipamento de medida de áudio em ambiente de produção profissional: a alemã RTW. A variedade de soluções e produtos que oferece, a robustez de construção e facilidade de utilização que garante, fazem da RTW a marca número 1 incontestada do mercado, no domínio da medição de precisão e da distribuição do sinal para a área do áudio profissional. Vale a pena revisitar a marca, a sua história e o seu catálogo.

No áudio profissional, seja qual for o ambiente em que se esteja a trabalhar, o ouvido manda. Mas, neste capítulo, há situações em que o uso de equipamento auxiliar é mandatório. Seja porque poderão existir pormenores no sinal que escapam ao ouvido mais atento seja porque este, por si só, não garante um resultado consistente de caso para caso, seja porque é, por vezes, necessário que esse sinal esteja conforme a uma qualquer nova regra que é necessário aplicar, situação em que apenas o recurso a equipamento de medida rigoroso nos pode garantir o cumprimento de qualquer norma ou padrão que seja necessário aplicar. No caso da imagem estes aspectos de controlo do sinal faz-se através de um vectorscópio. No caso do áudio profissional, é através de uma solução RTW, o “vectorscópio” para o áudio.

Entra em cena a RTW

A RTW nasce em 1965, como empresa de prestação de serviços e o seu primeiro produto, um medidor de pico analógico, nasce em 1971. Nos anos sucessivos surge o primeiro modelo instalável em rack e, pouco depois, o primeiro modelo autónomo, de secretária. Em 1986 é lançado o primeiro modelo digital. Vários equipamentos de controlo vão entretanto sendo lançados simultaneamente e em 1991 surge um novo marco importante: o primeiro medidor de loudness. Seguem-se os primeiros medidores e analisadores de sinal áudio da série 10800, uma imagem clássica em tantos estúdios de som, de televisão, de cinema, no live ou em inúmeras outras aplicações, por todo o universo da produção profissional. A partir de 2010 surgem os primeiros modelos do TouchMonitor, de que vos falámos aqui, em 2014 os plugins, de que vos falámos aqui, em 2015 o novo controlo de Loudness e a partir de 2019, a RTW junta-se às marcas que incorporam as novas normas para AoIP, com novos modelos, que incluem esta opção. Já nos tempos actuais surge o TouchControl 5, uma verdadeira revolução de que já aqui vos falámos no Feedforward. Este novo modelo junta a medição à monitorização e distribuição de sinal, pensando nos formatos multicanal agora disponíveis.

A qualidade reconhecida

A prova da qualidade de excepção dos produtos da RTW reside, não só, nas qualidades incontestáveis dos modelos autónomos disponibilizados pela companhia alemã, mas também no facto de que alguns deles são incorporados como soluções de base em equipamentos para áudio profissional de outras marcas. Nomes como a nossa representada LAWO, mas igulamente a Studer, a Calrec, a SSL ou Stagetec incluem soluções de medição de sinal da RTW. Uma lista das empresas de broadcast, utlizadora de soluções RTW é a lista do who’s who neste universo e inclui, entre muitos, muitos outros, os nomes da BBC, CBC, NHK, WDR, Fox News, Globo, SKY, CNN, ESPN, TF1, AlJazeera, NBC, Discovery, Disney Channel, NPR, ARTE ou a nossa RTP. A lista é, naturalmente, demasiado longa para a referirmos aqui na íntegra. A RTW figura também na lista de equipamentos de vários notáveis profissionais. Para só citar uma outra referência incontornável, a mesa de masterização, especialmente construída para o Gateway Mastering, o estúdio de masterização do lendário Bob Ludwig, lá está um TM9 da RTW.

No broadcast, as soluções RTW são usadas para produção e uplink de TV ao vivo, estúdios de TV, edição de vídeo e pós-produção. São compatíveis com as especificações de transmissão mais recentes e criam resultados fiáveis ​​e previsíveis. Para estúdios de música, masterização, instalações de produção live, também se verifica a utilização maciça de produtos RTW. Obedecendo a especificações actualizadas, verificamos que o uso de equipamento da marca alemã se estendeu também à Google TV, Meta, YouTube, à Netflix, ao iTunes e outras plataformas e redes. As soluções RTW garantem sempre a fiabilidade e previsibilidade de resultados que fazem distinguir a marca.

Pode saber mais sobre as características técnicas das soluções de medição TouchMonitor, bem como o novíssimo Touchcontrol 5, os plugins e toda restante linha de produtos da RTW veja aqui.

Se quiser saber mais ainda ou assistir a uma demonstração, contacte-nos. Em Portugal, a Avantools é a especialista em soluções para medição e distribuição de sinal. E há uma solução RTW para si.

Welcome HOME

As indústrias do broadcast e média estão a mudar a uma velocidade alucinante. Novos canais de distribuição, uma multiplicidade de formatos de origem e destino e restrições orçamentais cada vez mais rígidas são a nova realidade. As hipóteses de que surjam novos formatos, que não são suportados pelo hardware dedicado, são altíssimas. Comprar mais hardware à medida, que pode ficar rapidamente obsoleto, já não faz sentido. A única saída para esse dilema é uma solução de processamento flexível e instantaneamente escalável, que possa ser executada em qualquer lugar. A proposta da LAWO é o HOME. Uma abstração das funcionalidades do hardware usado pelas indústrias do broadcast e média, o HOME faz o trabalho pesado de computação. Quando é necessário, onde é necessário e com um modelo comercial revolucionário. Vai certamente querer saber mais.

O HOME em poucas palavras

O que é afinal o HOME? Trata-se de uma plataforma de processamento server-based, que pode ser executada em servidores standard, no local, em data centres privados ou na nuvem. Todos os formatos e requisitos estão acessíveis através de um simples clique de um botão. É possível misturar e combinar formatos, SMPTE ST2110, NDI®, JPEG XS e SRT. Cabe ao gestor decidir quanto investir antecipadamente. É uma solução que permite complementar o hardware existente com aplicativos de software. Uma solução abrangente, quer para datacenters privados como para nuvens públicas.

Os quatro pilares

São quatro os pilares em que assenta o HOME: a conectividade, a segurança e a gestão, complementados por um quarto, o processamento. O HOME ajuda a preparar uma operação de broadcast e média para o futuro, dotando-a de uma dose impressionante de agilidade e flexibilidade.
Juntamente com o novo elemento “Processamento” do HOME, a LAWO lança quatro aplicativos de processamento de vídeo que em breve serão acompanhados por aplicativos adicionais de áudio e vídeo:

• HOME Multiviewer
• Conversão HOME UDX com processamento HDR
• Transcodificador de transmissão HOME
• Inserção Gráfica HOME

Graças à integração nativa dos aplicativos da LAWO com o HOME, a plataforma de gestão para infraestruturas IP, as operadoras desfrutam de uma experiência de utilização directa, rápida e simplificada. Além disso, os utilizadores são livres de executar os aplicativos HOME apenas quando precisam e onde precisam, sem operações de configuração demoradas ou conhecimento especializado.

A execução de aplicativos, somente quando eles são necessários, tem a grande vantagem de libertar o orçamento que pode ser gasto noutras funcionalidades.

Os aplicativos HOME da LAWO são executados em servidores standard, com processadores tipo CPU, bem como combinações de processador de CPU+GPU e em qualquer nuvem pública. Os operadores são livres de selecionar a combinação de processamento com a qual se sentem mais confortáveis.

Em resumo

Esta é apenas uma visão à vol d’oiseau do HOME. Mas não se fique por estas curtíssimas notas. Encontrará aqui mais informação sobre esta solução (revolução) fundamental da LAWO e sobre todas as funcionalidades actualmente disponíveis. E se quiser saber mais ainda, contacte-nos, estaremos à sua espera para lhe descrever, com pormenor, as vantagens que esta solução lhe vai, estamos certos, trazer.

Seja então bem-vindo ao HOME.


Aí está o hush

O novíssimo hush OnAir Controller da YELLOWTEC é, de longe, a maneira mais fácil de controlar a sinalização OnAir profissionalmente. Duas versões do hush estão disponíveis a partir de agora: o hush e hush+. O hush oferece vários recursos para controlar a sinalização OnAir. O hush+ tem funções de controlo adicionais sobre o sinal do microfone, como uma função de mute. A pré-amplificação de 12dB até 75dB, do hush+ garante um som de primeira classe! São novidades com o selo YELLOWTEC agora à sua disposição.

Assim que a alimentação é ligada, o hush é activado automaticamente. E para alimentá-lo, basta ligá-lo a um computador com o cabo USB-C, incluído, ou um adaptador USB-C/USB-A, também incluído. Para usar o hush sem o computador, pode-se usar uma fonte de alimentação de 5 V certificada.
Ao usar o hush pela primeira vez, ligando-o a um PC ou Mac via USB-C, a aplicação de controlo solicitará que seja especificado qual tipo de braço m!ka OnAir Mic que está a ser usado, um modelo mais antigo com um indicador OnAir vermelho ou o modelo actual com um indicador OnAir de duas cores (vermelho/branco). Em seguida, é tempo de definir o modo de controlo, usando a aplicação para fazer outras configurações, conforme desejado.


Sempre que o hush for activado, a aplicação carregará automaticamente as últimas configurações definidas.
Depois é altura de ligar o adaptador XLR-5 do m!ka OnAir Mic Arm à entrada de microfone frontal do dispositivo hush. Em seguida, é a vez de ligar o interface de áudio ou mesa de mistura que processa o sinal do microfone.

Seja qual for a opção, é então tempo escolher a aplicação desejada.

O hush fornece vários modos de controlo, extremamente conveniente e de uma forma extremamente profissional. De forma autónoma, o hush adapta-se perfeitamente a todos os utilizadores, cujos equipamentos não suportam controlo de luz vermelha. Ou então, usando a entrada GPI, é possível ligar o hush às saídas do hardware, controlando-o por meio de uma mesa de mistura, por exemplo. É também possível ligar via USB-HID, integrando o hush em qualquer fluxo de trabalho, em combinação com o seu próprio software. A YELLOWTEC fornece as respectivas bibliotecas para Windows e Mac. Também pode usar o USB-MIDI para controlar o hush via o software DAW. Desta forma, o indicador OnAir do m!ka Mic Arm é activado sempre que se iniciar uma gravação na DAW. É ainda possível ligar o hardware MIDI para controlar o Hush via MIDI externo. A aplicação oferece amplas possibilidades de configuração de qualquer setup MIDI.

Em resumo, como solução autónoma, o hush é uma solução extremamente conveniente e profissional, que se adapta perfeitamente a todos os utilizadores cujos equipamentos existentes não permitem controlo de luz vermelha. Usando a entrada GPI, é possível ligar o hush a qualquer saída de colector aberto padrão de hardware, por exemplo uma mesa de mistura. Selecionando o USB-MIDI pode controlar o hush via software DAW. Desta forma, o indicador OnAir do m!ka Mic Arm é ligado sempre que se iniciar uma gravação a partir do interface da DAW. É também possível controlar o hush através do hardware MIDI, via MIDI externo. Há muitas maneiras de integrar o hush.

Disponível a partir de hoje. Venha falar connosco para mais informações sobre o novo hush da YELLOWTEC.


Desporto e intercomunicação

A intercomunicação é um factor vital no desporto, sobretudo no desporto de alta competição. A RIEDEL proporciona soluções que podem ser concebidas à medida, para todas as modalidades desportivas, onde a intercomunicação é um factor decisivo. A eficácia dos sistemas fornecidos pela marca alemã está comprovada em inúmeras competições, a decorrer um pouco por todas as partes do mundo, desde o grande evento de impacte universal, até às mais modestas competições locais. Essa eficácia comprova-se em todos os ramos do desporto e em todos os escalões. É o caso, no desporto universitário, da equipa dos University of Georgia (UGA) Bulldogs, nos Estados Unidos. Uma solução Bolero assegura agora a qualidade da intercomunicação desta equipa de sucesso. Um novo sistema Artist, completa a solução RIEDEL.

A Universidade de Georgia é a sede dos Georgia Bulldogs, a equipa de sucesso do futebol americano universitário. Uma solução fornecido pela MV SportsCom, um revendedor, parceiro da RIEDEL, o sistema de intercomunicação sem fio Bolero, altamente portátil que pode ser implantada facilmente, assegura todas as necessidades de intercomunição dos Bulldogs, mesmo em locais distantes, e funciona de forma fiável que garante comunicações claras entre o banco da equipa e os treinadores de campo.

A intercomunicação é vital para o jogo, para as comunicações do técnico e do campo para o banco, como do técnico para os jogadores. Obrigados a viajar de um estádio para outro, é necessário um sistema de intercomunicação em campo, que será configurado facilmente e que funcione de forma simples. A qualidade dos equipamentos de intercomunicação RIEDEL é um dos factores do sucesso do desempenho dos Bulldogs nos últimos campeonatos americanos. Mudar para um sistema RIEDEL foi um dos factores que mais ajudou a assegurar o sucesso da equipa. Como o sistema de intercomunicação sem fios Bolero suporta, no modo autónomo, até 10 unidades de cinto por antena e até 100 antenas num único sistema, as equipas de operação da UGA não precisam de gerir várias estações base. Uma pequena equipa de suporte pode lidar com a implantação rapidamente e até mesmo os membros não técnicos da equipa de operações do equipamento podem ajudar na configuração com eficiência. É graças a essa facilidade de uso, que os Bulldogs confiam no Bolero durante os treinos e jogos.

A intercomunicação é vital para o jogo, para as comunicações do técnico e do campo para o banco, como do técnico para os jogadores. Obrigados a viajar de um estádio para outro, é necessário um sistema de intercomunicação em campo, que será configurado facilmente e que funcione de forma simples. A qualidade dos equipamentos de intercomunicação RIEDEL é um dos factores do sucesso do desempenho dos Bulldogs nos últimos campeonatos americanos. Mudar para um sistema RIEDEL foi um dos factores que mais ajudou a assegurar o sucesso da equipa. Como o sistema de intercomunicação sem fios Bolero suporta, no modo autónomo, até 10 unidades de cinto por antena e até 100 antenas num único sistema, as equipas de operação da UGA não precisam de gerir várias estações base. Uma pequena equipa de suporte pode lidar com a implantação rapidamente e até mesmo os membros não técnicos da equipa de operações do equipamento podem ajudar na configuração com eficiência. É graças a essa facilidade de uso, que os Bulldogs confiam no Bolero durante os treinos e jogos.

A mudança para uma solução RIEDEL foi a maneira de garantir a fiabilidade, a qualidade das comunicações e o apoio de que a equipa necessitava.

Adicionalmente foi instado um novo mainframe Artist 128, no núcleo central que serve o Sanford Stadium e o Stegeman Coliseum e está ligado via fibra aos quadros nas instalações de baseball Foley Field, no Jack Turner Stadium, no Turner Soccer Complex, no Gabrielsen Natatorium e no William Porter Payne e Porter Otis Payne Indoor Athletic Facility. Este sistema que completa o sistema anteriormente existente, integra totalmente vários locais desportivos em todo o campus, para simplificar transmissões em diferido e transmissão ao vivo de eventos desportivos, apresentações de vídeo e promoções para fãs no local. Leia aqui sobre esta solução Artist.

Veja mais sobre estas soluções aqui. Saiba mais sobre o Bolero, o Artist e restantes sistemas de intercomunicação da RIEDEL aqui. Para mais informações sobre estes e outros produtos deste nosso parceiro venha falar com a AVANTOOLS, os peritos em intercomunicação em Portugal.


Já conhece o MBOX Studio?

É uma jóia escondida, mesmo debaixo do nosso olhar. Se é músico, sound designer, técnico de som, podcaster, se faz gravações ao vivo, se produz jingles para rádio ou TV, ou se trabalha com o registo, produção e pós-produção de som seja de que de forma for, o MBOX Studio da AVID é a solução perfeita. Um estúdio portátil, compacto, com uma sofisticação, uma qualidade e uma versatilidade sem paralelo. Simples de operar e muito acessível, para um resultado de um milhão de dólares.

Olhe bem: todo o poder da gravação profissional num estúdio pessoal. Eis o MBOX Studio.

Alimentado pelo Pro Tools Studio, o interface de áudio MBOX Studio USB oferece tudo o que é necessário para produzir, montar e masterizar música e palavra, e muito, muito mais. Com o MBOX Studio o utilizador encontra inspiração para compor ideias, para gravar, monitorizar e misturar os seus projectos, sem distrações, de forma intuitiva e muito eficiente. O design cuidado do MBOX Studio permite uma operação extremamente fácil com resultados de topo de gama.

O MBOX Studio foi concebido e é fabricado apenas com base em componentes, pré-amplificadores e conversores de áudio da mais alta qualidade, permitindo capturar e misturar áudio de até 24 bits e 192 kHz da entrada à saída. Com o variável Z abre-se toda uma gama de opções adicionais. EQ, delay e reverb integrados, em tempo real, além de mistura independente, e baixa latência, são algumas das outras qualidades que pode esperar do MBOX Studio.

Com uma gama completa de funções directamente acessíveis do interface, é possível captar e misturar música e palavra com qualidade de som cristalina, graças aos quatro pré-amplificadores de microfone e conversores, que proporcionam a capacidade de ligar até oito microfones. É possível gravar com microfones, instrumentos, efeitos, outras fontes externas e muito mais com 21×22 I/O simultâneas. É possível aplicar mais de 130 plugins de alta qualidade, desde emulações autênticas de compressores clássicos, equalizadores e outros equipamentos externos, até instrumentos inovadores, reverberações, filtros e outros para processamento de som.

Especialmente interessantes são as possibilidades de monitorização, como num estúdio comercial, com saídas para dois auscultadores, dois conjuntos de altifalantes estéreo e Bluetooth, além de um microfone de retorno integrado. Nenhum outro interface de áudio na sua classe oferece tantas opções. Pode ainda expandir e acelerar o fluxo de trabalho, escrevendo música e produzindo bandas sonoras para filmes ou videos, integrando o Sibelius Artist, manipulando o som e o tempo com o Melodyne 5 essencial e automatizando o fluxo de trabalho com o SoundFlow Cloud Avid Edition. Tudo muito intuitivo, muito simples de operar e muito versátil.

O MBOX Studio pode ser usado com o Pro Tools e todos os outros softwares de DAW populares, para criação de conteúdos e streaming. Perfeito para podcasts e transmissões ao vivo de qualidade profissional. Permite a gravação de um pivot e dos seus convidados, optimizando o som de cada microfone, com adição de equalização e efeitos em tempo real. Com o Loopback activado, é possível capturar um diálogo, por exemplo, juntamente com o áudio reproduzido de outro aplicativo, ideal para podcasting.

Mas não se fie apenas nestas descrições. Leia mais sobre o MBOX Studio aqui e fale connosco para saber mais ainda ou para uma demonstração.


Viaplay escolhe LAWO

A Viaplay é um importante grupo sueco de média, com presença em diversos países da Europa e da América do Norte. Recentemente empreendeu um ambicioso projecto de modernização dos seus estúdios em Varsóvia, que inclui as mesas de mistura mc²36 e diamond e outros produtos assentes numa infraestrutura IP nativa, compatíveis com a norma Ravenna / AES67. A renovação coincide com a expansão do serviços proporcionados pelo grupo e a dimensão do projecto implicava a escolha da melhor e mais fiável solução tecnológica: da LAWO.

A VIAPLAY, o grande grupo de média sueco, foi constituído em 2007 e opera na área do streaming e do video-on-demand. Oferece o streaming de diversos programas desportivos, comédia e filmes. Tem actualmente presença em 12 países da Europa e da América do Norte, estando projectado o alargamento durante o ano de 2023 para mais quatro países.

Os seus estúdios em Varsóvia foram recentemente objecto de um grande projecto de expansão. Após assinar um novo contrato com as produtoras Ekstraklasa Live Park e o ATM Group, e com a recente expansão dos seus serviços para além da região nórdica, para os países Bálticos, Holanda e Polónia, a Viaplay decidiu realizar nos seus estúdios deste último país, uma grande actualização técnica para garantir a fiabilidade do serviço prestado, que requer a transmissão simultânea de muitos eventos.

A LAWO foi escolhida, através do seu distribuidor polaco, para implementar a parte de áudio desta actualização. O objectivo do projecto incluiu dois novos estúdios com salas de controlo separadas para áudio e vídeo, bem como doze cabines para comentaristas desportivos, com seis pequenas salas de controlo de áudio separadas. A enorme actualização técnica foi realizada durante junho e julho de 2022, para ficar pronta antes da cobertura dos eventos desportivos de outono.

A equipa da LP Systems que implementou o projecto

O projecto

O projecto foi concebido como uma infraestrutura totalmente baseada em IP. Duas mesas de mistura de produção mc²36 foram escolhidas para as principais salas de controlo de áudio. As mesas mc²36 compactas e extremamente flexíveis, são alimentadas pela tecnologia A__UHD, podem variar em tamanho de 16 a 48 vias e proporcionam fluxos de trabalho intuitivos. As unidades A__UHD fornecem 256 canais DSP, operação a 48kHz e 96kHz e 864 canais de I /O. São soluções nativas de IP, compatíveis com todos os padrões relevantes, e apresentam fontes de alimentação redundantes e redundância também da ligação de rede com mascaramento sem impacto ST2022-7, necessário para operações de transmissão ao vivo.

Uma das mesas diamond

Foram também instaladas mesas diamond em cada uma das seis salas de controlo de áudio. O mais recente modelo diamond oferece possibilidade de instalar de 2 a 60 vias físicas e possui a opção de controlo de informações via ecrã sensível ao toque de Extensão Virtual. Alimentados por três motores Power Core equipados com licenças MAX, esses dispositivos nativos de IP incorporam interfaces RAVENNA e MADI, além de slots de expansão para placas de interface analógicas, digitais e DANTE, e 96 canais DSP com 80 barramentos.

Unidades Power Core

Esses sistemas são complementados pelo software VisTool, que permite a criação de ferramentas de mistura personalizáveis ​​e sensíveis ao contexto, através de ecrãs multitoque. Todas as mesas diamond da Viaplay são equipadas com PCs all-in-one dedicados, que executam o VisTool e alimentam os ecrãs de extensão virtual, permitindo que os operadores visualizem instantaneamente curvas de EQ, configurações de compressão, funções DSP, configurações de distribuição de sinal e até mesmo controlo de software de terceiros e de outros dispositivos.

A gestão da rede IP

Todos os dispositivos LAWO estão baseados no protocolo IP, estão ligados e são geridos dentro da rede, por meio da plataforma de gestão HOME para infraestruturas multimédia da LAWO, baseadas em IP. Este sistema usa browsers normais. A rede de áudio RAVENNA / AES67 é apoiada em switches Artel Quarra, que são configurados para fornecer um ambiente de rede totalmente redundante. A integração com os sistemas de vídeo é fornecida por processadores DirectOut Prodigy.MP, duplicados para redundância total do sistema. Esses dispositivos convertem os sinais RAVENNA em MADI e vice-versa e ajudam a facilitar o processamento DSP final.

Vistool

A capacidade de adaptar as soluções LAWO às necessidades específicas da Viaplay foi crucial neste projecto. Um projecto de grande envergadura, concebido para executar operações complexas de transmissão, que implicou requisitos operacionais altamente exigentes. Para atender a essas exigências, era necessário ajustar as funções de mistura, personalizar os ecrãs de controlo e combinar a funcionalidade do sistema com as exigências dos fluxos de trabalho. A escolha pela LAWO, com o seu particular foco na criação de soluções robustas, flexíveis e personalizáveis, tornou mais fácil atender e mesmo superar as expectativas do cliente.

Conheça mais detalhes sobre este grande projecto aqui. Veja aqui informação sobre todos os produtos LAWO refertidos. Para mais informações sobre estes e outros produtos e para encontrar a solução LAWO que melhor se adequa às suas necessidades, consulte-nos.


VSM, a solução LAWO para a Asharq News

A Asharq News é um novo canal noticioso, com cobertura mundial, mas especialmente apontado à chamada região MENA (Médio Oriente e Norte de África.) O novo canal começou a operar em Novembro do ano passado e tem uma associação à Bloomberg. Na concepção dos novos estúdios foi tida em conta uma solução da LAWO, o VSM, que funciona como sistema de controlo de todos os sinais vídeo e áudio sobre IP. Um projecto muito ambicioso, para o qual a solução proposta pela LAWO dá um contributo decisivo.

A Asharq News é um serviço de notícias multi-plataforma a funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Tem cobertura mundial, focando-se na chamada região MENA, Médio Oriente e Norte de África. Esta cobertura é assegurada por um canal de televisão dedicado, para além várias plataformas digitais e o conteúdo conta com um acordo de conteúdo exclusivo com a Bloomberg. O novo serviço é já líder na área das notícias, centrando a sua actividade nos assuntos económicos e políticos. O novo canal foi lançado em novembro do ano passado.

A Asharq News tem metas ambiciosas para todos os aspectos do desenvolvimento de seu centro de produção. Para a sua criação a Asharq contou com uma equipe de especialistas composta por uma empresa internacional de arquitectura, empresas de construção locais e o integrador Qvest Media, para a ajudar em todas as questões ligadas à tecnologia, desde o próprio conceito de design, ao planeamento do espaço do edifício. De mãos dadas, foi desenvolvida uma simbiose perfeita e moderna de design de espaço de interiores e de trabalho, bem como um conceito arquitectónico funcional, que junta o trabalho editorial, criativo e técnico ao design do cenário e do estúdio.

O Virtual Studio Manager (VSM) da LAWO, foi escolhido como o nível de controlo superior para a produção sobre IP. Controla a infraestrutura de vídeo e gere os fluxos de IP de áudio. 34 painéis de hardware e várias GUIs de software que constituem a interface do sistema para um fluxo de trabalho uniforme e padronizado. O VSM integra-se perfeitamente com o equipamento de transmissão, incluindo roteadores e switchers de vídeo, roteadores de áudio, consolas de áudio, multiviewers, intercomunicadores, equipamento modular e muitos dispositivos especiais da mais diversa natureza. Comunicando através de protocolos nativos sempre que possível, os equipamentos de diferentes fabricantes funcionam perfeitamente, de forma síncrona, oferecendo possibilidades incomparáveis ​​de recall e controlo lógico ao longo de todo o sistema. Com uma infraestrutura TCP/IP moderna, o VSM utiliza equipamento TI standard, aumentando-lhe a fiabilidade e a redundância através de software sofisticado de redundância.

Leia mais sobre esta solução para a Asharq News aqui. Saiba sobre o VSM da LAWO aqui e aqui. Se desejar saber mais ainda, fale connosco. Tentaremos estudar consigo o modo de satisfazer totalmente as necessidades do seu serviço broadcast.


Nova mc²36 da LAWO: o melhor tornou-se ainda melhor

A LAWO é a marca de referência na área das mesas de som. As mesas LAWO tornaram-se o símbolo da qualidade e o padrão em relação ao qual este equipamento é medido. A série mc² possui todas as características que se exigem de uma mesa de produção áudio em tempos modernos. Seja na área do broadcast, do live, em estúdio ou nos locais mais inóspitos onde se espera qualidade de topo e fiabilidade total, as mesas das série mc² são a única resposta segura. O modelo mc²36 é, desde o seu surgimento, aquele que se tem destacado pelo seu carácter compacto, as características únicas, robustez e qualidade sem par. Na sua categoria, a mc²36 é a melhor. Pois a melhor tornou-se ainda melhor. Baseado no novo A__UHD Core, a nova mc²36 MkII acompanha as exigências do presente e promete acompanhar o futuro. LAWO, não há melhor escolha.

mc²36 MkII

Aqueles que conhecem a LAWO e os desenvolvimentos introduzidos pela marca alemã no domínio das mesas de produção áudio, estarão familiarizados com as recentes melhorias introduzidas nas mesas das séries mc²96 e mc²56 MkII. Estas melhorias chegam agora à compacta mc²36. A inovação neste modelo consiste em proporcionar aos utilizadores que necessitam de uma pequena mesa compacta, capacidades nunca antes disponíveis: Uma mesa IP-native, com um poder impressionante de processamento e conectividade sem precedentes. Mais: a nova mesa não só proporciona a melhor conectividade via IP, mas também as entradas de microfone e saídas da classe LAWO, para além de ligação AES3 e uma porta MADI para ligação a equipamento SDI.

A__UHD Core

A nova mc²36 MkII está agora associada ao A__UHD Core, o que significa que todos os futuros desenvolvimentos se processarão numa plataforma única e que continuará a haver compatibilidade entre as diversas mesas da série mc². A plataforma significa que está aberta uma porta para futuros desenvolvimentos e para novas capacidades de desempenho.

As capacidades da nova mc²36 MkII são absolutamente notáveis. Ora veja aqui algumas:

  • O poder DSP mais que duplica. São 256 canais de processamento, a 48 e a 96 kHz.
  • Vasta cpacidade de I/O. São 864 channels, com ligações locais, que incluem 3 interfaces de rede IP redundantes, 16 entradas mic/linha Lawo-grade, 16 saídas de linha, 8 entradas e saídas AES3, 8 ligações GPIO, e uma porta SFP MADI.
  • IP nativo. A mc²36, alimentada pelo A__UHD Core, é compatível em modo nativo com os standards ST2110, AES67, RAVENNA, and Ember+.
  • Chassis super compacto. O novo chassis é o mais pequeno, e leve jamais construído para a série mc²! Perfeito para uso móvel ou qualquer outra situação em que haja um espaço limitado. há uma versão de 32 vias.
  • Pequena em tamanho, grande em poder. Não se iluda com o tamanho. A nova mc²36 pertence à categoria das mesas mc², com todas as características expectáveis nesta série..
  • Medição de loudness incluída. Controlo de loudness de acordo com a norma ITU 1770 (EBU/R128 or ATSC/A85).
  • Integração total com o seu sistema de desktop. Ligação aos sistemas de gravação, motores de efeitos e computadores externos sem quaisquer problemas.
  • Integração com sistema de Plugins Waves®A mc²36 oferece a melhor integração con o sistema, sem necessidade de juntar ecrãs ou sistemas de controlo extra.

Estas são algumas das características da nova mc²36 MkII da LAWO. Para saber mais veja aqui. Para saber mais ainda sobre o novo modelo, e como satisfazer as suas necessidades específicas, contacte-nos.


Vídeo móvel, as soluções DATAVIDEO

A DATAVIDEO oferece uma gama muito ampla de soluções de produção vídeo. Soluções profissionais, para situações em que a imagem ocupa o centro. A DATAVIDEO propõe-lhe, para isso, as ferramentas indispensáveis. Trata-se de soluções muito acessíveis, em preço e facilidade de operação, seja qual for a dimensão da sua organização. Toda a tecnologia e linguagem vídeo capaz de lhe dar corpo, estão agora acessíveis, em qualquer campo que envolva produção audiovisual. Na educação, no desporto, na rádio, nas autarquias, no culto, na formação profissional, nas artes, no entretenimento, na actividade política e cívica ou em qualquer outra situação em que seja necessário fazer chegar a sua mensagem audiovisual à sua audiência. A DATAVIDEO tem a solução adequada. Para qualquer situação, da mais simples à mais complexo. Sempre com qualidade profissional. É o investimento mais seguramente rentável que pode fazer neste momento.

A DATAVIDEO é uma empresa pioneira na criação de soluções de produção video, focada em proporcionar recursos de qualidade profissional, de forma muito acessível. Esta acessibilidade é garantida de duas formas. Primeiro, pela facilidade de operação. As soluções DATAVIDEO colocam nas mãos de qualquer um ferramentas que permitem explorar totalmente a linguagem e o potencial do video. Facilmente, sem as complexidades de operação normalmente associadas a este medium. Em segundo lugar, porque apesar do imenso potencial que encerram e da riqueza e facilidades de produção que proporcionam, as soluções DATAVIDEO são extremamente acessíveis e constituem um investimento extremamente rentável.

Há uma ferramenta no catálogo DATAVIDEO aplicável às suas necessidades. Mas de interesse particular, nesta altura, serão para muitas instituições, os conjuntos de produção e os estúdios móveis completos.

STR-100

UM CONJUNTO À SUA DIMENSÃO

Nas situações de pequena dimensão, a solução é a dos conjuntos pré-configurados (bundles). Trata-se de conjuntos completos, especialmente configurados para as situações institucionais e operacionais mais típicas. Como as que ocorrem, por exemplo, no domínio da comunicação empresarial, da formação, do desporto, do entretenimento, do culto religioso, da organização política ou cívica. Em qualquer caso em que requeira a produção e transmissão de conteúdo audiovisual, por qualquer via, os bundles da DATAVIDEO foram concebidos para facilitar a produção, sem quebra de qualidade, de forma acessível. Em situações mais complexas, a DATAVIDEO oferece também as suas soluções de estúdios móveis completos.

SOLUÇÕES DIFERENTES PARA CASOS DIFERENTES

STR=100

Confira o interessante exemplo do conjunto STR-100, destinado a empresas. De enorme potencial inclui 2 câmaras Streaming, BC-50, 2 Streaming encoders NVS-33, 4 Streaming decoders com controlo remoto e um servidor de streaming com 2×12 TB de capacidade. Uma solução muito poderosa e flexível. Ou o simples STR-200, uma solução ideal para uma escola, por exemplo, que inclui uma câmara Streaming BC-50, que faz o streaming directo da câmara, sem necessidade de computador e um microfone wireless. Ou o versátil GO KMU-100 (de que lhe falámos já aqui), o estúdio de produção portátil, de 8 câmaras, ideal para desporto, pequenas salas de concerto ou clubes, por exemplo. Estas são algumas dos bundles e das aplicações que poderá conferir na totalidade aqui. Situações mais complexas, como foi referido, estão cobertas pelos estúdios portáteis, facilmente instaláveis numa viatura, como pode ver aqui.

MS-3200

Em qualquer dos exemplos referidos, seja qual for a solução que adoptar, terá sempre assegurada uma qualidade profissional, um enorme facilidade de funcionamento, uma grande flexibilidade na operação e nas aplicações e, particularmente importante, uma real e significativa rentabilidade para o seu investimento.

Veja aqui todas as soluções DATAVIDEO que temos para si. Venha falar connosco para comprovar e testar os produtos desta marca e para, em conjunto, estudarmos a solução que melhor se adequa às suas necessidades.