Gerir uma infraestrutura áudio sobre IP

Mais do que uma tecnologia concebida para assegurar fluxos de trabalho e cumprir tarefas técnicas específicas, o que não seria pouco, as soluções LAWO baseadas em IP foram pensadas como espinha dorsal de uma infraestrutura global de média, capaz de assegurar a produção, processamento, distribuição e gestão de sinal em qualquer unidade de produção. A flexibilidade, fiabilidade e o poder de operação que oferecem não tem paralelo com algo que se tenha passado antes, na história da tecnologia aplicada aos média. A diversidade de aplicações e a riqueza de opções contidas numa solução constituída por uma mesa da série mc²56, equipada com o A__UHD Core, por exemplo, tal como foi instalada recentemente pela LAWO na STV plc, o canal principal da Escócia, é disso um exemplo.

O projecto demonstrou “a flexibilidade da tecnologia sobre IP para criar infraestruturas,” como refere Devin Workman, o director de vendas da LAWO para o RU e Irlanda. Originalmente pensado como uma actualização técnica e cosmética das movimentadas salas de produção e controlo de som da STV, o projecto transformou-se numa ambiciosa exploração da área do áudio sobre IP com vista melhorar fluxos de trabalho, que permitisse, ao mesmo tempo, explorar um caminho de expansão futura em toda a instalação. A equipa STV foi atraída pela flexibilidade do novo mesa de produção de áudio mc²56 (MKIII) da LAWO e pelas oportunidades proporcionadas pela sua arquitetura baseada em IP. Trata-se da primeira instalação para transmissão ao vivo do Reino Unido do A_UHD Core (Fase 2) da mesa de 48 vias mc²56 MKIII. O canal de transmissão da STV atinge 3,2 milhões de espectadores a cada mês, constituindo com o serviço de streaming, STV Player e STV Studios, a maior produtora da Escócia.

A__UHD Core

Para além da mc²56 MKIII, foi instalada uma unidade A__UHD Core, o que proporciono à STV a capacidade de gerir e distribuir sinal via IP, ao mesmo tempo que permitiu uma enorme redução de espaço e economia na cablagem. Essa economia de espaço e uso de energia, juntamente com os recursos de configuração Easy IP incluídos na nova plataforma de gestão do sinal IP HOME, optimizou uma mudança em direção à infraestrutura de áudio sobre IP. Adicionalmente a LAWO também forneceu uma configuração Mix Kitchen para aumentar a flexibilidade do sistema e permitir o controlo remoto de hardware da mesa.

Para completar a configuração, a STV escolheu as stage boxes A__mic8 para os estúdios. Várias A_mic8 foram instalados em caixas de parede distribuídas igualmente pelo estúdio, em vez de uma unidade A__stage64, maior, localizada centralmente para ajudar a reduzir a cablagem de microfone. O R3LAY Virtual Patchbay (VPB) foi implantado de modo a permitir correr o software de reprodução SpotOn.

Stage boxes, série A

Para além de beneficiar das características únicas da mc²56 MKIII, que poderá ver aqui, a unidade A__UHD Core (IP nativa – em que UHD significa “densidade ultra-alta”) constitui um elemento fulcral para as mesas da LAWO da série mc², que oferece uns impressionantes 1024 canais de processamento de áudio com qualidade mc² em apenas 1RU, enquanto reduz drasticamente o consumo de energia. O A__UHD Core fornece vários conjuntos de matrizes de monitorização, downmixing e upmixing, e está pronto para formatos de áudio de última geração, como Dolby Atmos® e MPEG-H. O novo A__UHD Core da LAWO é um dispositivo IP nativo, projectado desde o início para funcionar em redes IP e gerir dispositivos em rede. Como tal, é totalmente baseado em padrões abertos como ST2110-30 / -31, AES67, RAVENNA, Ember + e NMOS. E é projetado para operação em 48 kHz e 96 kHz. Pode saber tudo sobre o A__UHD Core aqui.

Venha saber mais sobre a LAWO e as suas soluções falando connosco.


RIEDEL: uma solução técnica forte, um parceiro sólido

O Théâtre du Châtelet de Paris é, porventura, um dos marcos mais significativos da vida cultural da capital francesa. Ópera, música clássica e, mais recentemente, teatro musical, preenchem a programação da icónica sala, inaugurada em 1862. Um local que acolhe mais de 250 000 espectadores por ano, que assistem à sua exigente programação. Números tão impressionantes obrigam à adopção de soluções técnicas para o seu funcionamento que garantam 100% de fiabilidade. Recentemente, o Teatro du Chatelêt adoptou um conjunto completo das galardoadas soluções de distribuição de sinal de vídeo e de intercomunicação da RIEDEL. À altura dos pergaminhos e das apertadas exigências da sala.

O Théâtre du Châtelet é uma referência absoluta da vida cultural de Paris. Inaugurado em 1862, foi objecto de uma profunda renovação, no que respeita às suas condições de funcionamento, em particular, da sua acústica e equipamento. As alterações operadas neste lugar histórico visaram proporcionar aos 2038 espectadores que a sala acolhe as melhores condições para que possa desfrutar condignamente das centenas de produções que a sala programa. A renovação obedeceu a critérios apertados que garantam o funcionamento exigente da casa, com vista ao futuro e foi objecto de uma consulta exigente.

Sem surpresa, para a distribuição do sinal vídeo e para o sistema de intercomunicação a escolha recaiu sobre a RIEDEL. não apenas porque suas soluções tiveram o melhor desempenho nos testes efectuados, mas também porque a gestão do Teatro procurava um parceiro sólido. Depois de visitar a sede na Alemanha e ter um diálogo muito aberto e construtivo com o seu pessoal criativo, a equipa do Châtelet ficou com a certeza que de que uma parceria com a RIEDEL era a solução que procuravam.

A nova instalação da RIEDEL no Théâtre du Châtelet está baseada numa central de intercomunicação Artist-128, que permite ligações perfeitas AES67 e Dante sobre a rede IP do teatro, para o sistema de intercomunicação sem fio Bolero, com soluções de linha digital Performer adicionais. A série SmartPanel 1200 de interfaces inteligentes, desempenha um papel importante na instalação; na verdade, o Théâtre du Châtelet representa a primeira instalação em teatro do mundo do novo SmartPanel RSP-1216HL, oferecendo funcionalidade SmartPanel completa e facilidade de uso num formato compacto de 1RU. O teatro gere o seu sistema de intercomunicação usando 15 painéis RSP-1216HL e cinco painéis RSP-1232HL. O sistema de intercomunicação sem fios Bolero, baseado no DECT, fornece a solução de comunicação para a equipa, ideal para uma instalação histórica como o Théâtre du Châtelet, em que o sistema UHF tradicional já não funciona satisfatoriamente. Além disso, o Théâtre du Châtelet instalou três dispositivos de rede de distribuição de mídia de alta densidade MediorNet MicroN, que podem ser usados ​​em configurações ilimitadas para suportar o processamento contínuo de sinal de vídeo e transporte por fibra. Atualmente, o teatro usa os dispositivos MicroN para permitir a distribuição e a monitorização de produções de vídeo internas.

Saiba mais sobre a RIEDEL e sobre esta instalação aqui. Consulte-nos para mais informações e outras soluções RIEDEL.


Precisão e sincronismo no coração da Islândia

Um grande centro de congressos e de concertos, eis o Harpa Concert Hall And Convention Centre de Reykjavík, na Islândia. Diferentes salas, diferentes aplicações, uma infraestrutura técnica única e muito complexa para as servir, preparada também para funcionar em tempos difíceis, como é o caso presente da crise pandémica. A dirigir toda esta operação, um maestro especial: o Leader Clock, Modelo 5401A, da Studio Technologies, uma unidade de sincronismo que provou ser essencial, enquanto o Harpa Center se ajustava para os eventos virtuais ditados pela pandemia. Uma experiência que veio para ficar.

O Harpa Concert Hall And Convention Centre é um local muito especial, situado no coração da capital da Islândia. O nome foi escolhido por consulta popular, que optou por uma designação que deveria ser em islandês, mas facilmente articulado na maioria dos idiomas. O nome Harpa tem mais de um significado. É uma palavra islandesa antiga que se refere a uma época do ano, na verdade, é um mês no antigo calendário nórdico. O Centro abriga salas de concertos e um complexo centro de conferências. O Harpa é um dos maiores e mais prestigiados marcos de Reykjavik. É um centro cultural e social no coração da cidade que oferece vistas deslumbrantes sobre as montanhas circundantes e o Oceano Atlântico Norte e atraiu mais de 10 milhões de visitantes desde sua inauguração, em 4 de maio de 2011.

De acordo com o Diretor Técnico do Harpa Center, Andri Guðmundsson, trata-se de um “um balcão único,” dotado de instalações onde pontifica uma infraestrutura de som, iluminação, vídeo e catering de primeira classe. Devido à COVID-19, o Harpa foi forçado a ajustar-se para eventos virtuais, usando um ambiente de áudio avançado baseado na norma Dante®. Para manter um sincronismo preciso, exigido pela norma, Guðmundsson e sua equipe recorreram ao gerador de sincronismo Dante® Leader Clock Modelo 5401A da Studio Technologies.

“Ao longo da pandemia, mudamos a nossa infraestrutura para Dante a fim de atendermos ao aumento de eventos virtuais e transmitidos”, disse Guðmundsson. “O gerador de sincronismo Leader Clock Modelo 5401A da Studio Technologies proporcionou-nos uma fonte sólida de suporte a todas as necessidades de sincronismo, para todas as nossas operações que envolvem tecnologia baseada na norma Dante.”

“Ao longo da pandemia, mudamos a nossa infraestrutura para Dante para corresponder ao aumento de eventos virtuais e transmitidos”, disse Guðmundsson. “O Leader Clock Modelo 5401A da Studio Technologies proporciona um sinal de sincronismo sólido, que apoiai todas as necessidades de sincronismo nas operações que envolvem Dante.”

“Recentemente, decorreu uma conferência da Sociedade Médica da Islândia, que transmitiu oito horas por dia de quatro de nossos locais durante cinco dias consecutivos”, disse Guðmundsson. “Ter recursos de sincronismo fiáveis ​​era imprescindível, e o Leader Clock Modelo 5401A foi capaz de fornecer isso durante toda a conferência.”
Guðmundsson também destacou que a unidade oferece suporte à aplicação Dante Domain Manager ™, com a qual Harpa Center aproveita para coordenar seu fluxo de trabalho geral Dante.

O Leader Clock Modelo 5401A implementa um servidor de protocolo de sincronismo de precisão (PTP) IEEE® 1588 de alto desempenho, compatível com os requisitos de Dante, capaz de suportar simultaneamente as necessidades de temporização de até centenas de dispositivos compatíveis com Dante. Como esperado, o Modelo 5401A fornece a compatibilidade PTP v1 (IEEE 1588-2002) exigida pela norma Dante. Além disso, a unidade suporta PTP v2 (IEEE 1588-2008) para aplicações AES67. Uma saída de wordclock fornece uma referência de sincronismo geral para uso por dispositivos externos. O Modelo 5401A também gera oito sinais áudio nos canais do transmissor (saída) Dante, que podem ser úteis durante a instalação, manutenção e operação da rede de áudio. Uma ligação de entrada de sincronização permite que o oscilador interno do Modelo 5401A seja sincronizado com uma variedade de sinais de sincronismo de referência. De salientar ainda a capacidade de proporcionar energia dupla e vários recursos Ethernet GigE, essenciais para o caso do Haroa, já que apenas é requerida a potência e uma, duas ou três conexões de rede Ethernet, para a operação total.

Leia aqui mais sobre o Leader Clock Modelo 5401A. Saiba mais sobre este e outros produtos da Studio Technologies e contacte-nos para estudarmos juntos a melhor forma de servir as suas necessidades nesta área.


Uma noite na ópera

A Ópera de Lille é um dos edifícios icónicos da grande cidade francesa. Com base num edifício do século XVIII, a nova Ópera de Lille foi inaugurada em 1923 e reconstruída entre 1998 e 2003. O novo edifício alberga quase 1200 espectadores, que assistem a uma programação do repertório de ópera, de dança e de concerto de dimensão mundial. Um edifício histórico, com exigências do século XXI, uma dos grandes desafios a vencer é um sistema de intercomunicação eficaz que ultrapasse as dificuldades do espaço e proporcione uma comunicação de qualidade de topo à sua vasta equipa. É aqui que entra a solução RIEDEL. Um sistema Bolero acaba de ser instalado na Ópera de Lille. Um sistema state of the art, perfeito, particularmente adequado a casos, como o deste edifício histórico, com um ambiente de RF particularmente complexo.

O edifício original de 1785, sobre o qual se ergue a actual Ópera de Lille, ardeu em 1903. Depois de várias tentativas de reconstrução, um novo edifício foi erguido segundo o modelo do tradicional teatro à italiana e inaugurado em 1923. Com uma programação marcada por períodos de maior ou menor concentração de actividade, o edifício viria a sofrer uma profunda remodelação entre 1998 e 2003, antecipando o estatuto de Lille como Capital Europeia da Cultura. Em 2014 a nova Ópera de Lille passa ao seu actual estatuto de “teatro lírico de interesse nacional.”

Uma intensa programação no domínio da ópera, da dança e do concerto, com frequentes parcerias nacionais e internacionais, marca a actividade da Ópera de Lille e explora intensamente todos os recursos técnicos da instituição, exigindo uma participação intensa da sua equipa técnica e de sala, que conta com cerca de 60 pessoas.

Neste contexto torna-se fulcral a existência de um sistema de intercomunicação muito eficaz. Um problema tornado ainda mais agudo, dado o facto de se tratar de um edifício histórico, fonte de problemas particulares.

Bolero beltpack

Quando chegou a hora de atualizar da tecnologia UHF que foi usada desde o início, para uma outra que reflectisse o estado da arte, o objectivo foi o de encontrar um sistema que pudesse fornecer uma funcionalidade ideal e latência mínima na faixa de frequência de 1,9 GHz, sem licença. É nesse contexto que surgiu o Bolero, a escolha clara, adoptada depois de análise técnica profunda, feita pelos serviços da Ópera de Lille. O Bolero garantiu a ambicionada cobertura abrangente e a qualidade do áudio.

Bolero Antena

O sistema Bolero da Opéra de Lille consiste em 20 beltpacks e sete antenas ligadas em anel, de modo a permitir a cobertura total do edifício. Como muitas estruturas históricas, a Ópera de Lille carece de uma infraestrutura Cat7 ou Cat8 moderna; portanto, a instalação aproveita a interface do adaptador de fluxo de rede NSA-002A da RIEDEL, que proporciona o transporte bidirecional do sinal de áudio via RJ45.

NSA-002A

Os membros da equipa de produção da Ópera de Lille distinguem a facilidade de uso e os recursos robustos dos beltpacks Bolero, que tornaram as comunicações muito mais fáceis e eficientes. Enquanto o sistema anterior permitia apenas duas vias, o Bolero permite que, até seis canais, sejam assignados a diferentes grupos de utilizadores, como o palco, a iluminação ou o som, por exemplo.

Saiba mais sobre este projecto aqui. Saiba mais sobre esta e outras soluções RIEDEL aqui. Venha falar connosco para ficar a saber como a RIEDEL pode satisfazer as suas necessidades específicas de produção.