O futuro do podcast

As tecnologias digitais colocam ao nosso serviço várias ferramentas, necessárias para garantir algo tão ancestral e vital como a espécie humana: a intercomunicação. Esta assenta sempre numa qualquer tecnologia, da fala, ao papiro e à pena, do telégrafo ao computador. A novidade que os computadores trazem é a de proporcionarem diversas formas de intercomunicação, de forma articulada, antes dispersas por diversas tecnologias. Uma delas é o podcast. Transmitir informação, seja de que natureza for, do ponto a para o ponto b, de forma tão simples, como se estivéssemos a interagir da forma mais básica que dominamos desde que nascemos: a fala. Um podcast não é mais do que isso: passar conteúdo de um ponto a outro e interagir com o(s) nosso(s) interlocutor(es). Desde os tam-tams africanos, ao telégrafo, passando pelos jornais e pela rádio, estamos sempre perante o mesmo desafio: passar informação do ponto a para o ponto b e, durante o processo, interagir com os destinatários da nossa informação. O podcast assenta em ferramentas muito simples para a sua produção e é de utilização quase tão natural como a fala. A AVANTOOLS propõe-lhe um conjunto de ferramentas, sobretudo da gama YELLOWTEC, que lhe vão permitir recorrer a esta forma de intercomunicação, com alta qualidade e extrema facilidade de uso.

Neste início de 2024, podemos dizer que a indústria de podcasting está à beira de mudanças significativas que moldarão o cenário da criação e consumo dos conteúdos de áudio, via podcast. O futuro do podcasting é aliciante.

Especialistas do sector antecipam uma dinâmica sem precedentes no espaço de podcasting. Para além das novas possibilidades tecnológicas, há uma clara evolução na diversificação das técnicas de monetização, o que sugere que os podcasters podem explorar uma variedade de fontes de receita para apoiar os seus esforços de criação de conteúdo.

O futuro do podcasting está interligado com os avanços tecnológicos, incluindo a integração de IA, conteúdo de vídeo e técnicas de publicidade inovadoras. Esses desenvolvimentos irão certamente melhorar a experiência geral de podcasting, tanto para criadores como para ouvintes.

O podcasting continua a experimentar um crescimento notável, com projecções de receita na ordem dos milhares de milhões de euros em 2024. Esse crescimento substancial é atribuído ao número crescente de podcasts, ao aumento das audiências e aos avanços na tecnologia da publicidade que permitem estratégias publicitárias mais focadas usando este meio.

Espera-se que o podcasting alcance novos mercados, incluindo nisto a área da educação, o sector da população mais jovem, das pequenas empresas, das empresas locais e do público multilingue. Esta expansão revela o potencial dos podcasts para agregar valor em ambientes educacionais e envolver públicos diversos noutros setores.

O espaço de podcasting regista o surgimento de produtos e serviços especializados, adaptados às necessidades dos podcasters, como soluções completas para podcasters profissionais, ferramentas de SEO (search engine optimization) para podcast e produtos e serviços específicos para podcast. Esses desenvolvimentos visam agilizar os processos de criação de conteúdo e melhorar a qualidade geral dos podcasts. Ao olharmos para 2024, o futuro do podcasting parece dinâmico e promissor. As razões situam-se na inovação tecnológica, no crescimento do mercado e na diversificação contínua de conteúdos e fluxos de receitas. Este cenário em evolução apresenta oportunidades interessantes tanto para criadores como para ouvintes, moldando a forma como nos envolvemos e envolveremos com o conteúdo de áudio nos próximos anos.

O podcast é uma ferramenta que apenas depende do autor ou autores e é independente das grandes cadeias de comunicação.

A AVANTOOLS, aposta nesta área, fornecendo ferramentas específicas para podcasters, em especial a linha dirigida a este segmento da nossa representada YELLOWTEC. Aposta também na formação no uso destas ferramentas. Falaremos mais em detalhe dos produtos da marca alemã em breve, que pode, desde já, consultar aqui. Entretanto, contacte-nos para mais informações.


Intercomunicação é…

RIEDEL! Pode ser em grandes estádios, nas maiores competições desportivas a nível mundial, nos grandes estúdios, dos maiores broadcasters, em teatros e anfiteatros que produzem os eventos artísticos de maior impacte. Pode ser num pequeno estúdio, num teatro antigo à italiana, no estádio de uma pequena liga. Pode ser numa prova de automobilismo, de futebol ou de atletismo, num concerto de ópera, num espectáculo de bailado ou num concerto de rock. Em qualquer destas situações, por detrás do que o público vê e ouve, está sempre uma infraestrutura de intercomunicação, que põe todos os intervenientes em sintonia. Intercomunicação, é RIEDEL.

Muitos de nós brincámos com um sistema, que, na altura, nos parecia mágico: duas latas unidas por um cordel. Um amigo falava de um lado, outro amigo ouvia do outro. Era um embrião da intercomunicação. Com o evoluir dos tempos, o paradigma, mais válvula menos válvula, mais antena menos antena, mais auscultador menos microfone, não evoluiu afinal assim tanto. Duas latas mais ou menos sofisticadas e um cordel mais ou menos longo.

Foi preciso a RIEDEL para mudar radicalmente este paradigma. Os sistemas de intercomunicação da empresa alemã permitem a intercomunicação, a magia da comunicação à distância, em situações profissionais, de exigência total, com um grau de fiabilidade, com uma flexibilidade, facilidade e amplitude de operação, com uma qualidade de sinal e com um poder de transmissão sem paralelo. Nenhum outro sistema se lhe assemelha.

Tanto assim é que nas situações de maior pressão e mais problemáticas, nos grandes estádios, onde se disputam os grandes campeonatos, nas maiores pistas de desportos motorizados, onde se disputam as mais duras provas, nos Mundiais de Futebol, na Fórmula 1, nos Jogos Olímpicos, na Sail GP, na Race of Champions, na RedBull Air Race World Championship, em inúmeros estádios na Europa, América do Norte e noutros continentes, mas também na BBC, na CBC, na SKY, na TV3, em teatros e salas de ópera como o Théâtre du Châtelet, o National Theater of Japan, o Ulm, o Théâtre Royal de la Monnaie, o Burgentheater, a Comédie Française, na Ópera de Lille, e em eventos de dimensão universal como o Festival Eurovisão da Canção. Em todos estes e outros tantos casos, a intercomunicação tem de ser operada sem falhas, de forma simples e intuitiva, com um sistema que tenha a flexibilidade de responder às enormes exigências que todos estes diferentes fluxos de trabalho impõem e com uma qualidade de som cristalina. Até quando Felix Baumgartner tentou o seu célebre salto de paraquedas a 40 km de altura, estabelecendo um recorde único, foi um sistema de intercomunicação da RIEDEL que o manteve em contacto com a base. Veja aqui. Intercomunicação, portanto.

Para isto a RIEDEL oferece uma linha de produtos capaz de satisfazer todas as necessidades de intercomunicação, em qualquer centro de operações, maior ou mais pequeno, e seja qual for o caderno de encargos. Esta linha inclui a série Artist, os Smartpanels, os Keypanels, a linha Performer, a linha Bolero e outros. Estes produtos garantem também a ligação às outras linhas de produtos desenvolvidas pela RIEDEL.

Não fique por aquilo que lhe dizemos, veja com os seus olhos como a RIEDEL pode solucionar os seus problemas de intercomunicação. Aqui poderá ver toda a linha de produtos de intercomunicação oferecida pela RIEDEL. E fale connosco para ficar a saber mais ainda sobre tudo isto.

Se a RIEDEL é intercomunicação, a AVANTOOLS é a especialista nesta área em Portugal. Uma combinação perfeita.


VoiceEx, disponível

O VoicEX da CEDAR AUDIO estabelece um novo padrão na redução de ruído em tempo real. É verdade, parece quase magia. E, no entanto, é tão simples de usar que tanto estreantes como especialistas podem alcançar, com ele, resultados notáveis, ​​com o mínimo de esforço. Onde seria de esperar uma série de vários controladores, apenas encontrará dois botões, um para determinar o volume do fundo e outro para controlar o volume da fala. Reduzindo o primeiro, elimina o ruído e a reverberação excessivos. Reduzindo o segundo, as vozes desaparecem. Aumentando qualquer um deles enfatizará essa parte do sinal. Não demora muito tempo para dominar, mas, no final, os resultados irão mesmo surpreendê-lo. O novo produto foi revelado, há dias, na recente edição da IBC,

A CEDAR AUDIO acaba de anunciar um grande avanço na redução de ruído com base em IA, com a introdução do seu novo voice extractor, o VoicEX. O novo produto incorpora recursos algorítmicos exclusivos que o projectam para além das técnicas tradicionais de redução de ruído baseadas em IA, oferecendo um desempenho excepcional. Tão excepcional que os próprios engenheiros de software da CEDAR AUDIO ficaram espantados com a quantidade de ruído removido e com a qualidade do sinal tratado. Aplicável em tantas e tantas situações de produção e pós-produção áudio profissional, em arquivos, no broadcast, em estúdio, no vídeo ou no cinema. Ouça para crer.

O prestígio da CEDAR AUDIO no domínio do restauro, processamento, masterização e limpeza de sinal áudio é notório e vem de longe. A empresa iniciou a sua actividade há mais de trinta anos, ganhando uma reputação merecida e aumentando constantemente a qualidade e capacidades dos seus produtos. Já aqui no Feedforward mencionámos por diversas a palavra “milagre” a propósito de novos produtos da empresa inglesa. A qualidade dos produtos da CEDAR AUDIO e o notoriedade da marca são comprovados pelos inúmeros galardões que lhe têm sido atribuídos e pela sua presença em centenas de organizações que lidam com áudio profissional, espalhadas por todo o mundo.

Há anos que a CEDAR AUDIO começou a desenvolver algumas das tecnologias que conduziram a este novíssimo VoiceEX. A empresa estava absolutamente certa de que elas ofereceriam uma melhoria notável em relação às técnicas de redução de ruído existentes, mas não sabia até que ponto. Surpresa foi a reacção de todos os que ouviram os resultados do primeiro protótipo do VoicEX, e o subsequente ajuste fino do algoritmo foi direcionado para o fazer alcançar os melhores resultados possíveis na mais ampla faixa de áudio. Os resultados são notáveis, e o consenso é o de que o VoiceEX define um novo padrão para redução de ruído de áudio em tempo real.

O avanço foi possível graças a uma abordagem completamente nova à operação de extração de voz, incorporando os próprios avanços da CEDAR AUDIO no campo de redes neurais profundas para identificar as vozes no sinal e criar dois fluxos de áudio: um contendo apenas as vozes e outro contendo tudo o resto. Essa abordagem torna o VoiceEX muito simples de usar.

Num GUI onde é de esperar vários controlos, o utilizador encontra apenas dois botões: um para determinar o volume do fundo e o outro para controlar o volume da fala. Reduzido um, o ruído desaparece sem afectar o timbre das vozes. Reduzindo o outro, as vozes desaparecem para revelar o fundo. Aumenta-se qualquer um deles para enfatizar cada uma das componentes do sinal. O VoicEX é incrivelmente simples de entender e não leva tempo para dominar e usar, característica, aliás, de outros produtos da CEDAR AUDIO. Mas os resultados são sempre, realmente, surpreendentes.

O novo VoicEX está indicado para o restauro áudio no broadcast em geral, na rádio, em estúdios de som, na televisão, no vídeo e no cinema e é de utilização obrigatória em arquivos sonoros, históricos ou de outra qualquer natureza.

Conheça aqui as características do novo VoicEX e comprove a sua qualidade. Aproveite e veja outras soluções que a CEDAR AUDIO tem para si. Poderá testar o VoiceX, durante 14 dias, sem compromisso. Venha falar connosco para saber mais ainda sobre o VoicEX e outros produtos da CEDAR AUDIO. A AVANTOOLS é o nome de referência no fornecimento de soluções para a área do restauro de áudio em Portugal.


Bem-vindo ao MTRX II

O MTRX II da AVID é a poderosa peça central para qualquer estúdio, que oferece qualidade de som excepcional e é capaz de lidar com as maiores produções de música e áudio. Projetado para Pro Tools | HDX e outras DAWs, o Pro Tools | O MTRX II oferece uma enorme flexibilidade de I/O, de distribuição e monitorização e processamento de sinal. Simplifica o estúdio com um único interface que permite substituir vários dispositivos, ligar tudo a tudo e ajustar qualquer sala de um complexo de estúdios para obter o melhor som possível. A referência incontestada do mercado solidificou ainda mais esta sua posição.

O que é o MTRX II? Assim, simplesmente de um fôlego, o MTRX II é a forma de simplificar um estúdio, com 64 canais de DigiLink I/O integrado, 256 canais Dante e 64 canais MADI, além de oito slots para placas adicionais e uma slot opcional Thunderbolt 3 num único interface. É a possibilidade de capturar e emitir áudio, sem qualquer coloração – exatamente como o som da fonte – com conversão AD/DA impecavelmente limpa, transparente, com riquíssimo detalhe. É a possibilidade de monitorizar o sinal áudio de mais maneiras, com processamento de alto-falante SPQ integrado, DADman Pro | Controlo de monitor Mon e um mixer de soma de 512 x 64 para monitorização em teatro Dolby Atmos. É a possibilidade de dirigir qualquer entrada para qualquer saída – distribuindo, dividindo e corrigindo o áudio em vários dispositivos e salas por todas as instalações, através do maciço distribuidor de matriz de 4.096 x 4.096 pontos. É a possibilidade de expandir qualquer fluxo de trabalho, trabalhe com vários DAWs, ligar-se-se ao Pro Tools | HDX e/ou a um Mac ou PC, distribuindo sinal áudio por IP com Dante, adicionando e reconfigurando as I/O conforme necessário, para novas possibilidades criativas.

Usado na produção de música ou na pós-produção áudio, o MTRX II, não se limita aos 64 canais de DigiLink I/O, aos 256 canais de Dante e aos 64 canais de MADI, de raiz. É totalmente modular, o que permite acomodar as necessidades de qualquer artista, banda ou conjunto. As suas oito slots de placa com todas as I/O necessárias — as mesmas placas opcionais do MTRX, além de uma nova opção Thunderbolt™ 3 — substituem várias interfaces de I/O, distribuição e controlo de monitorização. Permite até ligar vários sistemas HDX e DAWs com um único interface.

Mas se estas configurações básicas não forem suficientes o novo MTRX II permite a mistura e combinação de até oito placas de I/O analógicas para dar suporte a até 64 canais analógicos por interface MTRX II, permitindo assim obter uma caixa totalmente digital com até oito placas de I/O digitais (suportando até 576 canais DigiLink, 1.280 canais Dante, ou 1.088 canais MADI o com todas as placas e módulos disponíveis).

Saiba mais sobre o novo MTRX II aqui. Venha falar connosco para ficar a saber ainda mais sobre este novo e revolucionário produto. A AVANTOOLS é a grande especialista em áudio digital em Portugal, responsável pela sua introdução no país há mais de 30 anos.

Mais sobre a RIEDEL, desporto e intercomunicação

Depois da Bundesliga e da Liga Suíça de Futebol, é agora a vez da Liga Belga de Futebol optar por uma solução RIEDEL para os seus problemas de intercomunicação. Nos estádios espalhados por toda a Bélgica e entre estes e o VAR situado na Cidade do Futebol, casa das selecções e dos árbitros belgas, é um sistema Bolero/Artist que assegura todas as operações. É emocionante testemunhar os resultados nas transmissões ao vivo, quando os árbitros chamam de forma simples, rápida e com um sinal da mais alta qualidade, os seus colegas situados na Cidade do Futebol, antes de dar a palavra final sobre uma jogada duvidosa, o que, sabemos, faz toda a diferença para os adeptos da Jupiler Pro League.

A RIEDEL tem sido uma empresa desde há muito presente nos grandes acontecimentos desportivos mundiais. Desde os Jogos Olímpicos, passando pelos principais campeonatos de futebol continentais e mundiais, até à Fórmula 1, a experiência colhida nestes grandes eventos desportivos foi muita e particularmente significativa. Em todos estes palcos têm sido utilizadas, com imenso sucesso, soluções tecnológicas de intercomunicação da RIEDEL que têm garantido uma qualidade, operacionalidade, segurança e fiabilidade que só a empresa alemã parece capaz de assegurar e que fazem dela a incontestada referência mundial nesta área.

Não admira, pois, que com a experiência ganha nestes grandes acontecimentos à escala mundial, as soluções RIEDEL sejam também as escolhidas quando se trata de eventos regionais ou locais. A experiência e qualidade RIEDEL asseguram uma solução da mais alta qualidade, qualquer que seja a escala da sua aplicação.

Desde há já algum tempo que a solução oficial de intercomunicação dos árbitros da poderosa Bundesliga é assegurada pela RIEDEL. Depois foi a Liga Suíça que confiou à RIEDEL a solução para todas as suas necessidades de intercomunicação. No caso da Bundesliga, a solução escolhida baseia-se no Bolero S, o sistema desenvolvido pela Liga Alemã de Futebol em parceria com a RIEDEL (leia mais aqui e aqui), destinado a proporcionar uma exigente qualidade de comunicação em rede, que oferece a mais alta qualidade da comunicação entre os árbitros e o VAR. Esta mesma solução, amplamente testada, cuja qualidade e fiabilidade estão totalmente comprovadas, mereceu também o favor da Liga Suíça. O sistema em funcionamento Bolero S, baseia-se numa infraestrutura ARTIST que alimenta unidades sem fios, individuais e activados por voz, que comunicam, por seu turno, remotamente, de cada estádio com o centro técnico de operações, em Hegnau, Suíça.  Leia tudo sobre esta solução aqui.

Agora é a vez da Liga Belga optar por uma solução RIEDEL, em parceria local com a EMG desenvolveu uma solução que vai permitir comunicações claras e fiáveis ​​entre os árbitros da Jupiler Pro League da Bélgica, entre as equipas de arbitragem no campo e, remotamente, o VAR Replay Center no Proximus Basecamp, sede do Associação Real Belga de Futebol (RBFA). Juntos, o sistema de intercomunicação sem fios Bolero e os sistemas de intercomunicação de matriz digital Artist, que apoiam as equipas de arbitragem da RBFA em todos os estádios da Jupiler Pro League e no VAR Replay Center, para garantir comunicações perfeitas. A solução RIEDEL liga o VAR Replay Center no Proximus Basecamp, localizado 25 km a sul de Bruxelas, na pequena cidade de Tubize, com todos os estádios da Jupiler Pro League por toda a Bélgica. Os sinais que se movem entre diferentes estádios e o VAR Replay Center viajam pela rede Proximus MPLS, projectada para desportos e eventos premium, não apenas para o VAR, mas também para produção remota de competições da Jupiler Pro League.

A solução RIEDEL compreende todos os kits de estádio, cada um equipado com sistemas de intercomunicação sem fios independentes Bolero-S, incluindo antenas, unidades de cinto e auscultadores para os árbitros que actuam em campo. No VAR Replay Center, cinco mesas/estações VAR, mais uma sobressalente e uma mesa de supervisor estão equipadas com o sistema de intercomunicação Artist 1024 da Riedel com 1216 painéis de intercomunicação que suportam partidas sobrepostas (em paralelo) por dia. Nos últimos dois dias de jogos da competição regular da liga, o sistema é expandido com sistemas adicionais, para suportar até nove partidas simultâneas.

O Proximus Basecamp é a casa das selecções e dos árbitros na Bélgica, e o VAR Replay Center fica no coração do departamento técnico desportivo da Federação Belga e das suas delegações regionais, a ACFF e o Voetbal Vlaanderen. Os sistemas de intercomunicação da RIEDEL tornaram-se assim parte integrante das operações, nos dias de jogo no VAR Replay Center e nos estádios espalhados por toda a Bélgica.

As soluções Bolero, não se limitam ao desporto, naturalmente. Estes sistemas equipam grandes e pequenos teatros do mundo, estúdios de tv e outros, salas de concerto, em edifícios históricos ou acabados de construir, grandes e pequenos eventos, parlamentos, e quaisquer outras locais ou actividades que requeiram uma intercomunicação perfeita, poderosíssimo, fácil de operar, flexível, sempre com uma qualidade de sinal sem qualquer compromisso. Pode consultar, aqui no Feedforward, muitos exemplos de aplicação dos sistema Bolero.

Saiba mais sobre a solução RIEDEL fornecida para o campeonato belga aqui. Conheça as soluções de intercomunicação RIEDEL aqui. Venha falar connosco para mais esclarecimentos sobre estas e outras soluções RIEDEL. A AVANTOOLS é a especialista em soluções de intercomunicação em Portugal.


Desporto e intercomunicação

A intercomunicação é um factor vital no desporto, sobretudo no desporto de alta competição. A RIEDEL proporciona soluções que podem ser concebidas à medida, para todas as modalidades desportivas, onde a intercomunicação é um factor decisivo. A eficácia dos sistemas fornecidos pela marca alemã está comprovada em inúmeras competições, a decorrer um pouco por todas as partes do mundo, desde o grande evento de impacte universal, até às mais modestas competições locais. Essa eficácia comprova-se em todos os ramos do desporto e em todos os escalões. É o caso, no desporto universitário, da equipa dos University of Georgia (UGA) Bulldogs, nos Estados Unidos. Uma solução Bolero assegura agora a qualidade da intercomunicação desta equipa de sucesso. Um novo sistema Artist, completa a solução RIEDEL.

A Universidade de Georgia é a sede dos Georgia Bulldogs, a equipa de sucesso do futebol americano universitário. Uma solução fornecido pela MV SportsCom, um revendedor, parceiro da RIEDEL, o sistema de intercomunicação sem fio Bolero, altamente portátil que pode ser implantada facilmente, assegura todas as necessidades de intercomunição dos Bulldogs, mesmo em locais distantes, e funciona de forma fiável que garante comunicações claras entre o banco da equipa e os treinadores de campo.

A intercomunicação é vital para o jogo, para as comunicações do técnico e do campo para o banco, como do técnico para os jogadores. Obrigados a viajar de um estádio para outro, é necessário um sistema de intercomunicação em campo, que será configurado facilmente e que funcione de forma simples. A qualidade dos equipamentos de intercomunicação RIEDEL é um dos factores do sucesso do desempenho dos Bulldogs nos últimos campeonatos americanos. Mudar para um sistema RIEDEL foi um dos factores que mais ajudou a assegurar o sucesso da equipa. Como o sistema de intercomunicação sem fios Bolero suporta, no modo autónomo, até 10 unidades de cinto por antena e até 100 antenas num único sistema, as equipas de operação da UGA não precisam de gerir várias estações base. Uma pequena equipa de suporte pode lidar com a implantação rapidamente e até mesmo os membros não técnicos da equipa de operações do equipamento podem ajudar na configuração com eficiência. É graças a essa facilidade de uso, que os Bulldogs confiam no Bolero durante os treinos e jogos.

A intercomunicação é vital para o jogo, para as comunicações do técnico e do campo para o banco, como do técnico para os jogadores. Obrigados a viajar de um estádio para outro, é necessário um sistema de intercomunicação em campo, que será configurado facilmente e que funcione de forma simples. A qualidade dos equipamentos de intercomunicação RIEDEL é um dos factores do sucesso do desempenho dos Bulldogs nos últimos campeonatos americanos. Mudar para um sistema RIEDEL foi um dos factores que mais ajudou a assegurar o sucesso da equipa. Como o sistema de intercomunicação sem fios Bolero suporta, no modo autónomo, até 10 unidades de cinto por antena e até 100 antenas num único sistema, as equipas de operação da UGA não precisam de gerir várias estações base. Uma pequena equipa de suporte pode lidar com a implantação rapidamente e até mesmo os membros não técnicos da equipa de operações do equipamento podem ajudar na configuração com eficiência. É graças a essa facilidade de uso, que os Bulldogs confiam no Bolero durante os treinos e jogos.

A mudança para uma solução RIEDEL foi a maneira de garantir a fiabilidade, a qualidade das comunicações e o apoio de que a equipa necessitava.

Adicionalmente foi instado um novo mainframe Artist 128, no núcleo central que serve o Sanford Stadium e o Stegeman Coliseum e está ligado via fibra aos quadros nas instalações de baseball Foley Field, no Jack Turner Stadium, no Turner Soccer Complex, no Gabrielsen Natatorium e no William Porter Payne e Porter Otis Payne Indoor Athletic Facility. Este sistema que completa o sistema anteriormente existente, integra totalmente vários locais desportivos em todo o campus, para simplificar transmissões em diferido e transmissão ao vivo de eventos desportivos, apresentações de vídeo e promoções para fãs no local. Leia aqui sobre esta solução Artist.

Veja mais sobre estas soluções aqui. Saiba mais sobre o Bolero, o Artist e restantes sistemas de intercomunicação da RIEDEL aqui. Para mais informações sobre estes e outros produtos deste nosso parceiro venha falar com a AVANTOOLS, os peritos em intercomunicação em Portugal.