Madison, mais que um conversor AD-DA

A SPL oferece ferramentas únicas para o profissional do som. Assentes numa tecnologia única, distinguem-se pela sua precisão e pela extrema robustez. Não há estúdio nem profissional de som de referência que não disponham de um modelo da SPL no seu arsenal. O Madison é um destes modelos do fabricante alemão, que exibe características únicas, que nenhum outro fabricante disponibiliza. Razões que justificam ficar a conhecer melhor esta ferramenta, imprescindível no mundo do áudio profissional.

O modelo Madison é um conversor AD/DA de 16+16 canais e interface MADI. Este modelo oferece o que quase nenhum outro fabricante, neste segmento de preço, tem para oferecer: 16 conversores AD/DA. Se lhe juntar o SmartMADI e o Madicon, o conjunto torna-se uma interface de estúdio multicanal, expansível, de primeira ordem.

Quando adquire um Madison passa a dispor de um interface que lhe proporciona:

Distância de transmissão MADI até 2 km
Latência MADI I/O: 1 sample
Porta óptica MADI, tipo SC
Modos Hi/Lo de 56 e 64 canais
Varispeed até +/- 12,5%
Sincronização para MADI, Wordclock ou Interna
ID do dispositivo para encadeamento
Conversores 16 AD e 16 DA
24 bits / até 192 kHz
LED de nível por canal em blocos de quatro facilmente legíveis
O dBfs: 15, 18, 22 ou 24 dBu
Unidade de fonte de alimentação redundante opcional

Sem ventoinha o Madison é particularmente adequado a ambientes sensíveis ao ruído.

Se lhe juntar o Madicom ficará a dispor de um interface MADI mais fácil de operar, simples e moderno.
Ao ligar o Madicon e o Madison ficará a dispor de um dispositivo de áudio sobre IP, mais fácil de configurar e mais fiável.
Não necessita de um roteador MADI adicional para mais de dois dispositivos MADI. A sample rate é transmitida via fluxo MADI que, de forma muito prática, o Madison segue automaticamente.

Veja aqui as características detalhadas destes produtos. Confira também os esquemas que lhe descrevem as configurações possíveis, videos e algumas análises da imprensa especializada. Contacte-nos para mais informações sobre estes e outros produtos da SPL.


Monitorizar em rede

A RTW é a marca de referência absoluta quando falamos de monitorização de sinal áudio. A empresa começou a construir este seu estatuto há mais de 50 anos, presente desde então em todas as revoluções pelas quais tem passado o áudio profissional. O salto para o digital foi acompanhado pela criação de uma série de produtos novos que visaram adaptar a área da monitorização de sinal de alta resolução às mudanças tecnológicas profundas que o acompanharam. O desafio hoje é o de integrar a tecnologia digital com a tecnologia de base IP. A RTW oferece-lhe agora uma nova linha de produtos, que estão em sintonia com o que de mais avançado o mercado hoje exige. Combine então o mais avançado com a fiabilidade tradicional e segura da RTW.

Desde há 50 anos que a RTW vem acompanhando o constante progresso tecnológico na indústria de áudio profissional, com instrumentos e tecnologias inovadores para monitorização de áudio na área do broadcast, produção, pós-produção e controlo de qualidade. Quer se trate de medição de sinal áudio, medição de intensidade ou monitorização de sinal, os sistemas de última geração do RTW são o resultado de uma abordagem estratégica orientada para o futuro, que se traduz num desenvolvimento contínuo e na máxima atenção dada à fiabilidade e à proteção dos investimentos dos seus clientes. Depois da revolução digital o desafio que se colocou à empresa foi o de conceber produtos que permitissem integrar a tecnologia digital com a tecnologia que está na base da nova revolução que se opera no domínio do áudio profissional: a tecnologia de base IP. Pelo caminho, a RTW não suspendeu a introdução de melhorias significativas no modo de funcionamento e no interface com o utilizador dos seus produtos. Bem-vindo ao mundo do áudio digital com base na tecnologia IP.

Áudio sobre IP e ecrãs sensíveis ao tacto, eis o segredo. A linha TouchMonitor marca realmente uma mudança de paradigma de monitorização e medição de volume de sinal de áudio. Os modelos TM7 e TM9 são o reflexo de muitos anos de experiência. Os dois modelos combinam a máxima flexibilidade e modularidade, com uma superfície activada por toque intuitiva e análise de sinal multicanal. O novo conceito ergonómico TouchMonitor é baseado num ecrã sensível ao toque e oferece liberdade sem precedentes na organização e dimensionamento dos controles do interface do utilizador. Hoje, praticamente todos os principais fornecedores de mesas de mistura implementam versões OEM do TM7 ou TM9 nos seus produtos. E o TM3 abre novos mercados para RTW: este produto de nível básico, com um preço muito atraente, baseia-se num ecrã sensível de 4,3″, com volume pró-grau, pico real e funções de medição PPM. O TM3 permite aplicar o conceito do TouchMonitor numa solução de medição mais compacta, ideal para cabines de jornalistas, de edição e pequenas salas de controlo. Qualquer que seja o standard do seu equipamento os novos produtos da série TouchMonitor “falam” todas as linguagens: Dante, Ravenna, AES67, ou SMPTE ST2110.

Ao escolher RTW , está a optar por até 32 canais a 96 kHz, visualização instantânea do estado da rede, suporte de rede redundante, fácil roteamento, latência e sincronização praticamente zero.

Ao escolher RTW, para além de dispôr do equipamento mais preciso e fiável do mercado, um verdadeiro standard, está a apostar numa marca de futuro, com presença no mercado há mais de 50 anos.

Saiba mais sobre os novos produtos da linha TouchMonitor aqui. Venha falar connosco e fique a saber qual o modelo mais adequado às suas necessidades.


Os mestres da masterização

No domínio da produção áudio, a masterização é, sem dúvida, um processo rodeado de uma aura muito especial. Esta etapa final encerra um percurso que se inicia na cabeça do compositor e lhe permite, finalmente, disponibilizar o produto da sua criatividade ao seu público alvo, seja onde for, em qualquer dos suportes hoje em dia disponíveis. É um processo crucial, capaz de ditar o sucesso ou insucesso de um projecto e determinar até uma carreira. Das ferramentas necessárias ao processo de masterização, só se lhes pode exigir uma coisa: qualidade de topo. Veja aqui quais as ferramentas que lhe disponibilizamos para executar o seu trabalho, de acordo com os mais altos padrões que dele se exigem.

Masterização é uma expressão que tem tido diferentes interpretações ao longo da história do som gravado, de acordo com os diferentes estágios a que a tecnologia se encontra. Até aos anos 40 do século passado, masterizar significava criar um master, um molde original a partir do qual as cópias de uma gravação eram reproduzidas para distribuição. O processo era inteiramente mecânico. A partir daí, com o aparecimento da fita magnética, com base na qual um primeiro original era cria, foi introduzido um processo intermédio, que visava preparar esse original, em fita magnética, para ser transferido para um novo molde, semelhante ao descrito anteriormente, embora feito em novos materiais e susceptível de ser utilizado um processo de duplicação mais sofisticado. O processo era de natureza electromencânica e, de certa forma, ainda se mantém, em certos tipos de produção. A partir dos anos 80 e 90, com a chegada da tecnologia digital ao domínio do áudio, o processo de preparação de um master assenta em tecnologia de origem exclusivamente electrónica.

A masterização é a etapa final da pós-produção de áudio. O seu objetivo é, em traços gerais, equilibrar os elementos sonoros de uma mistura estéreo e optimizar a reprodução em todos os sistemas e formatos de suportes. Tradicionalmente, a masterização é feita usando ferramentas como equalização, compressão, limitação e correcção da imagem estereofónica. A masterização pode ser assim vista como a cola ou o envernizamento que optimiza a qualidade de reprodução em todos os dispositivos – desde minúsculos alto-falantes do iPhone até aos enormes sistemas de som de uma discoteca. A masterização preenche a lacuna entre o artista e o consumidor. O próprio termo vem da ideia de uma cópia mestra. Todas as cópias ou duplicações do áudio vêm dessa cópia mestra. Essas cópias podem ser distribuídas em vários formatos, como vinil, CD, fita, e outros, ou em serviços de streaming como o Spotify, Bandcamp, iTunes e SoundCloud. Além disso, a masterização permite a reparação de determinados artefactos, cliques ou pequenos erros originados na mistura final. A masterização também garante uniformidade e consistência de som entre várias faixas de um álbum. Em última análise, o que a masterização faz é criar uma sensação limpa e coesa em todo o áudio. Tudo isto resulta de uma operação complexa que envolve a utilização de ferramentas áudio muito sofisticadas e precisas.

As ferramentas essenciais da operação de masterização começam no estúdio. Envolvem monitores de alta precisão, o equipamento de transferência e suporte do sinal (DAW), e toda a cadeia de processamento, especial para este tipo de operações. Que, como se disse, incide fundamentalmente sobre a equalização, a compressão e a correcção da panorâmica.

A Avantools disponibiliza-lhe o equipamento de referência para toda as tarefas incluídas no processo de masterização. No que respeita aos monitores, chamamos-lhe, em especial, a atenção para a linha de monitores PMC, a referência absoluta para as operações de mistura e masterização. Descubra aqui a ampla linha de monitores da marca inglesa. No que respeita ao equipamento de processamento, propomos-lhe a SPL, igualmente a referência nesta área específica. Pode consultar toda a linha da marca alemã para masterização aqui.

Consulte-nos para mais informações sobre estes e outros equipamentos que lhe propomos para o seu estúdio.


Humboldt Forum, no coração de Berlim e da sua cultura

O Humboldt Forum é uma importante e imponente instituição cultural alemã. Situa-se no coração do centro histórico de Berlim, a cidade que se afirma como um dos principais centros culturais da Europa. O Humboldt Forum é a sede de uma instituição onde as artes e a ciência se misturam numa associação pioneira. Por detrás da sua arquitectura, que lembra o passado, está a tecnologia do futuro que sustenta o seu funcionamento. A LAWO tem aqui um papel de enorme destaque, assegurando o funcionamento dos seus múltiplos auditórios e estúdios.

É uma enorme multiplicidade de vozes que se reflecte no programa do Humboldt Forum. Estão aí representadas as parcerias pioneiras que balizam o seu programa, provenientes das áreas da cultura e da academia. Situado no coração histórico de Berlim, o Humboldt Forum é um lugar único de investigação e de encontros. Um lugar com um passado marcante. Um ponto de cruzamento de artes e ciências, de intercâmbio, de diversidade e de multiplicidade de vozes. Um lugar onde as diferenças se unem. Um lugar, quatro parceiros: o Stiftung Preußischer Kulturbesitz, o Ethnologisches Museum, o Museum für Asiatische Kunst der Staatlichen Museen zu Berlin e o Stadtmuseum Berlin, trabalham juntos com o Kulturprojekte Berlin, a Humboldt-Universität zu Berlin e o Stiftung Humboldt Forum para ajudar a desenvolver este projecto absolutamente pioneiro.

O Humboldt Forum, com seus museus, locais de eventos, espaços para exposições e instalações destinadas à sua actividade pedagógica, fica no famoso Palácio de Berlim, situado na Ilha Spree, no centro histórico de Berlim. Embora as suas fachadas sejam modeladas do original (reconstruído a partir da construção do século XVIII, entretanto demolida) o interior do complexo é equipado com tecnologia de ponta, adaptada às suas modernas necessidades.

O Humboldt Forum inclui, entre muitas outras instalações, duas salas principais, o átrio central e uma quantidade de salas de conferências. Para além disso, inclui ainda a Oficina de Som, mantida pelos Museus Nacionais de Berlim, a quem compete fazer a manutenção e gestão do Arquivo de Som, uma colecção de gravações sonoras históricas. Este importante arquivo, que é uma das primeiras instituições desse tipo na Europa, contém uma coleção de cerca de 7500 registos de goma-laca, cilindros de cera e fitas de áudio com gravações históricas, algumas das quais com mais de 120 anos.

A LAWO tem aqui um papel central. Todo este complexo de instalações é servido por uma infraestrutura de áudio assente em tecnologia IP, de última geração, ligada em rede por meio de um roteador central LAWO Nova73 HD. Projetada para garantir flexibilidade e escalabilidade, a instalação do LAWO dispõe ainda de três mesas de mistura mc²56 de última geração e onze sistemas DALLIS I/O. Todas as áreas para eventos, projetos de arte sonora e salas de conferências estão ligadas por stageboxes, cada uma equipada para garantir as necessidades de respectivas instalações. A transferência de sinal em todo o edifício passa pelo roteador central. A oficina de som opera um estúdio de gravação que funciona em torno de uma terceira mesa mc²56 de 48 vias, que proporciona até 600 canais DSP e uma capacidade de roteamento de 5120×5120 canais mono. A sala de controlo e as ligações de áudio permitem que todo o espaço seja integrado e utilizável para projetos históricos e artísticos.

Este é um sistema imponente, assegurado pela tecnologia LAWO, um sistema que assegura a produção de conferências ou instalações de som, apresentações de teatro ou concertos de câmara, exibições de cinema ou dias temáticos nas diversas salas. Uma solução que conta ainda com a RIEDEL, que assegura o sistema de comunicações.

Saiba mais sobre este projecto aqui e aqui. Saiba mais sobre outros produtos da LAWO aqui. Venha falar connosco para estudarmos em conjunto a melhor solução LAWO para si.


Frontliner da SPL, na linha da frente

O Frontliner é uma das últimas novidades da linha de ferramentas de estúdio de excelência da SPL. Perfeito para gravar vozes e instrumentos com a mais alta qualidade. Colocado mesmo acima do já lendário Channel One, o Frontliner combina pré-amplificador, de-esser, EQ e compressão, saturação, e pode ser usado individualmente ou em conjunto com outros equipamentos.

Frontliner da SPL

O Frontliner da SPL é um pré-amplificador híbrido, que contém um estágio semicondutor, discreto, e um estágio de válvula. A construção híbrida do pré-amplificador combina as vantagens dos semicondutores (alta dinâmica, com baixa distorção e baixo ruído) com as qualidades musicais do som da válvula (agradável espectro de tons altos / harmónicos, rigorosa tridimensionalidade.)

O pré-amplificador de microfone é construído de forma totalmente discreta a partir de transistores exclusivos. Possui alimentação phantom de 48 V, inversão de polaridade, padding e um filtro LF. A entrada de linha possui um estágio de balanceamento, de precisão, para ligar equipamentos adicionais de estúdio. A entrada de instrumento, também discreta e de baixo ruído, é facilmente acessível do painel frontal. Adicionalmente, o Frontliner contém um DeEssser, um compressor/limitador, um Equalizador/Tube Saturation e um VU grande.

Cada módulo do Frontliner tem as suas próprias entradas e saídas balanceadas. Graças a uma lógica de circuito sofisticada, a unidade pode ser integrada como dispositivo único de um ambiente de estúdio clássico. No entanto, estes diferentes módulos também podem agrupados, conforme necessário ou podem ser definidos pontos de inserção em cada interface.

Frontliner I/O

Se pensarmos nos módulos do Frontliner como plug-ins analógicos, o seu valor acrescentado torna-se perfeitamente claro. Isto faz dele uma estação de processamento analógica muito versátil, além de constituir um canal de gravação clássico. Os estúdios assentes em DAW, em especial, são enriquecidos com uma unidade de gravação clássica de topo, que é mais do que um instrumento de gravação. Através da sua sofisticada estrutura de I/O, é possível aceder a processadores analógicos, para o processamento de sinal, durante a fase de mistura.

Saiba mais sobre o Frontliner da SPL e fique a conhecer também as outras unidades que com ele podem ser combinadas, como o Channel One ou o Track One. Fique a conhecer as características de todos estes equipamentos de excelência da SPL e decida qual o que mais se adequa às suas necessidades. Contacte-nos para informações adicionais.


Novo CEDAR STUDIO 9

Líder absoluta mundial no campo da recuperação, limpeza e pós-processameno áudio, a CEDAR AUDIO, acaba de lançar o novo CEDAR STUDIO 9. Mais do que um canivete suíço do áudio, mais do que um simples novo bundle de plugins, o CEDAR STUDIO 9 é uma revolução no capítulo da recuperação, limpeza e pós-processamento áudio. Ninguém que trabalhe seriamente com áudio pode prescindir destas novas ferramentas.

Faz já algum tempo que lhe falámos aqui nas páginas das Notícias AVANTOOLS das ferramentas áudio da nossa representaDA CEDAR AUDIO. Sé um utilizador habitual dos produtos de hardware ou software da marca saberá já o que ela representa como expressão de eficiência, flexibilidade, excelência de operação e inovação. A qualidade e prestígio dos conceitos postos em prática pela CEDAR AUDIO não merecem qualquer contestação.

Estas suites de aplicações lançados pela CEDAR AUDIO têm sido uma constante que marca a forma como eles são disponibilizados. Acaba agora de ser lançada a versão 9 do clássico CEDAR SUITE STUDIO.

Trata-se de um produto para o processo e restauro de sinal áudio, disponível nos formatos AAX Native, VST2, VST3 e AU, compatível com todos os Macs Intel-based. É um produto que coleciona já, desde a sua criação, uma invejável colecção dos mais prestigiados galardões internacionais. Dificilmente se encontra, na indústria do áudio, um produto que mereça o reconhecimento público que os produtos da CEDAR AUDIO granjeiam.

O novo CEDAR SUITE STUDIO 9 está disponível em várias configurações, que lhe permitem escolher a que melhor se adapta às suas exigências.

CEDAR Studio 9 DNS

Esta configuração inclui o DNS One™ e o DNS Two™, e é perfeita para todos os seus trabalhos de redução de ruído para voz, perfeito para pós produção e outras aplicações.

CEDAR Studio 9 Restore

Juntando nada menos que 8 algoritmos avançados – Declick, Decrackle, Auto Dehiss, Declip 2, Debuzz, Adaptive Limiter, para além do Manual Declick e Dethump – esta é a configuração ideal para todas as suas necessidades de restauro de áudio.

CEDAR Studio 9 Retouch

O produto que mudou o paradigma da indústria áudio, ao introduzir a edição espectral com o Retouch™, que continua a ser o método mais eficaz de lidara com problemas de qualidade áudio, de outra forma impossíveis de tratar.

CEDAR Studio 9 Complete

A configuração que contém todos os 11 processos das três configurações básicas. Não existe uma ferramenta para redução de ruído e restauro áudio, tão completa, com esta.

Para saber mais sobre este produto, veja aqui. Saiba mais sobre outros produtos, incluindo as versões em hardware autónomas destes algoritmos, aqui.

Se quiser saber mais ainda ou assistir a uma demonstração, venha falar connosco.


Eis o novo Pro Tools | Carbon

Destinado a músicos, bandas e produtores, o Pro Tools | Carbon da AVID é um novo conceito de interface áudio, concebido para captar todo o brilho do seu som. Trata-se de um sistema híbrido, que exibe uma enorme qualidade de som e combina o poder do CPU do seu computador com a aceleração proporcionada pelos DSP HDX internos. Poderá assim levar o seu computador ao limite, quando gravar e misturar através dos plugins AAX DSP, e disporá de monitorização com latência quase zero. Ao toque de um botão. Tudo no Pro Tools.

Com integração inteligente do Protools (desactive os plugins AAX com o simples premir de um botão), 8 processadores DSP HDX (grave através dos plugins em tempo real), Super Som (conversão 32 bit/192 kHz, clock duplamente preciso, prés de microfone transparentes), 25 Ins/34 outs (grave com 8 prés cristalinos e 4 saídas de auscultadores), plugins e instrumentos digitais de topo (oportunidade para usar as ferramentas digitais mais criativas), o novo PROTOOLS | CARBON da AVID é a solução para todos os seus problemas de produção musical e de som, criado com base numa plataforma tecnológica totalmente inovadora e cheia de potencial.

A lendária qualidade AVID, o standard da indústria Protools, a fiabilidade e a flexibilidade da melhor e mais estável ferramenta digital do mercado, combinam-se para dar vida a um novo produto que promete revolucionar novamente o modo de lidar com a produção áudio. Agora com integração total do hardware e software, com uma arquitectura baseada no Hybrid Engine, e uma performance sem precedentes. Uma combinação que lhe permite ir além do imaginável. Com o novo PRO | TOOLS CARBON pode esperar um desempenho sem paralelo, graças a esta nova ferramenta concebida para dar uma nova dimensão ao seu som e para remover obstáculos.

O novo PRO TOOLS | CARBON representa um passo revolucionário na produção para som e música digital, com uma qualidade, integração de recursos e capacidades sem paralelo.

Deixe fluir a sua criatividade sem limites. Na música e no design sonoro, o PRO TOOLS | CARBON é a ferramenta ideal. Sincronize também, com toda a precisão, a sua produção vídeo. Ao standard reinventado, juntam-se agora conversores de alta precisão, 8 prés de microfone transparentes e cristalinos, inserção de todos os plugins e instrumentos clássicos digitais do mercado de modo integrado e optimizado com o hardware e extraordinárias possibilidades de I/O e routing.

Saiba mais sobre o novo PROTOOLS | CARBON aqui. Conheça algumas análises sobre este novo e sensacional produto aqui, aqui e aqui. Veja aqui ou aqui videos com uma análises detalhadas sobre o novo produto.

Saiba ainda mais sobre o novo PRO TOOLS | CARBON, visite-nos!


PMC, um monitor de áudio de classe à parte

A PMC é o prestigiado fabricante daqueles que são, indiscutivelmente, os melhores monitores áudio do mundo. A empresa foi galardoada, ao longo dos anos, com os mais importantes prémios da indústria. A PMC é distribuída em Portugal pela Avantools. Se não conhece a ampla linha de soluções oferecida por esta importante marca, é tempo de a ficar a conhecer. E é tempo também de aproveitar para saber qual a melhor solução para a escuta do seu estúdio.

Uma ampla gama de soluções para todas as situações onde a robustez, a fiabilidade e a maior qualidade são os factores mais importantes. Eis o que pode esperar da PMC. Do estúdio caseiro, ao carro de exteriores, passando pelo plateau de cinema, pela sala de controlo dos maiores estúdios de gravação e masterização ou de rádio, as soluções PMC destinam-se a proporcionar a mais alta qualidade e fiabilidade, lá onde elas são mais necessárias: no coração do áudio profissional.

twotwo

A PMC permite-lhe obter o emparelhamento definitivo entre altifalantes e amplificadores com a sua tecnologia patenteada Advanced Transmission Line ™. O que os profissionais, que trabalham nos diversos domínios do áudio, encontram na linha de monitores da PMC é precisão tonal, alta resolução, definição sem paralelo e uma banda dinâmica incomparável. O que os profissionais do áudio encontram nos monitores activos, com crossovers passivos e amplificadores integrados de alta potência da PMC é a ferramenta que lhes dá o som de referência mais fiável. É a escolha, em todo o mundo, de centenas de estúdios e outros espaços, onde a exigência de áudio da melhor qualidade, fiabilidade e robustez é máxima.

BB6-A

Desde sistemas para montagem em parede a sistemas instaláveis em suportes e com capacidade para surround, a PMC oferece-lhe uma linha completa de monitores de referência. Da linha nearfield (que inclui o result6 e os modelos twotwo), aos monitores midfield, culminando nos sistemas de monitores principais como o QB1 XBD-A. Dispõe ainda de uma linha completa de monitores passivos.

QB1 XBD-A

Vai encontrar os produtos PMC nos mais prestigiados estúdios em Portugal e no estrangeiro. Consulte uma lista extensa de análises destes produtos aqui. Consulte as soluções profissionais da PMC aqui. Venha falar connosco para ficar a saber mais sobre a PMC ou para uma demonstração.


SPL – Ferramentas para profissionais

Aqueles de nós que não prescindem do seu equipamento analógico periférico, para processamento de sinal, sabem que as ligações são um dos problemas que afecta e limita a sua utilização. A ligação e re-ligação destes equipamentos, sobretudo num quadro de utilização sob pressão e em contexto criativo, pode ser uma tarefa complicada ou mesmo impossível. Que bom seria se um sistema expedito de ligações, como aquele que as soluções digitais proporcionam, estive à nossa disposição. Mas está! É o HERMES da SPL. Uma ferramenta vital para qualquer estúdio profissional moderno.

O debate entre o analógico e digital parece nunca ter fim. No final, parece um assunto que depende mais de opções pessoais, que não merece discussão. Há, porém, um ponto deste debate que merece reflexão séria. O digital proporciona uma facilidade e uma precisão de operação que não parece oferecer contestação. O equipamento analógico parece cair fora deste território de possibilidades, sem alguma adaptações complexas, caras e morosas. Mas há uma solução. Tão fácil como mudar a ordem dos plugins numa qualquer DAW, o modelo HERMES da SPL proporciona a resposta a todos os que não prescindem das qualidades sonoras do seu equipamento analógico. Com o HERMES, têm a flexibilidade de utilização que a solução digital trouxe, sem comprometer as exigências de qualidade sonora.

O HERMES é uma matriz de ligação que revolucionou o trabalho estúdio. É possível com esta ferramenta processar o sinal áudio através de até 8 processadores estéreo, seja qual for a sua ordem, na cadeia de processamento, através do simples premir de um botão. E pode comparar até 4 cadeias complexas de processamento, para testar resultados. Uma pequena revolução que une o melhor de dois mundos.

O HERMES aceleera fluxos de trabalho de uma forma real, sem precedentes. A reprogramação de um patchbay e o tempo que leva, tornou a comparação, só por si, extremamente difícil ou mesmo quase impossível. Com o HERMES pode mudar, guardar e comparar cadeias de processamento diferentes em segundos e sem qualquer software adicional.

Saiba mais sobre esta ferramenta imprescindível aqui. Veja este video que descreve em detalhe o modo de funcionamento do HEREMS e assista a esta análise sobre esta ferramenta, imprescindível no seu estúdio. Venha falar connosco para mais informações sobre esta e outras ferramentas fundamentais da SPL.


SPL alarga a série ONE

Muito compactos, sólidos, multifuncionais, facilidade de operação, qualidade de som imaculada, estas são algumas das características da linha ONE que a SPL acaba de lançar. Depois do modelo Phonitor One e OneD (de que lhe falámos aqui há pouco tempo), a SPL acrescenta agora os modelos Marc e Control. Leve e eleve o nível de monitorização do seu estúdio a um patamar profissional com estas soluções propostas pela SPL com a sua série ONE. Os modelos incluídos nesta série constituem ferramentas indispensáveis num estúdio moderno.

Marc ONE

Falámos-lhe aqui há pouco do novo modelo Phonitor da SPL. Trata-se de uma solução profissional, muito flexível e de alta qualidade para monitorização através de auscultadores. Os novos Control e Marc One alargam o conceito para as colunas. Trata-se de unidades de controlo de monitorização capazes de controlar até dois sistemas de colunas, incluindo um subwoofer, para além de continuarem a permitir a monitorização através de auscultadores, incorporando a mesma tecnologia do Phonitor.

O Control One proporciona-lhe entradas e saídas analógicas, através das quais poderá ligar o seu equipamento analógico e dirigi-lo ao seus sistemas de monitorização, colunas ou auscultadores. Dispõe ainda de 2 saídas de linha. No caso do Marc One, para além das funções semelhantes ao Control One disporá ainda de uma entrada digital e duas saídas digitais adicionais, via USB, que acedem um conversor AD/DA de 32bit, com capacidade de processar frequências de amostragem de até 768kHz PCM. O que lhe proporciona, por sua vez, a mais alta capacidade de conversão DA e transforma o Marc One num poderoso conversor AD de alta resolução, utilizável com a sua DAW.

Control ONE

A série ONE da SPL oferece-lhe uma solução de monitorização para o seu estúdio, da mais alta qualidade, à medida das suas necessidades e facilmente adaptável às suas condicionantes de funcionamento.

Saiba tudo sobre a nova Série ONE aqui. Veja um video com as características gerais dos novos modelos aqui. Veja aqui uma análise bastante ampla das capacidades do Marc One. Fale connosco para mais informações sobre estes equipamentos.