Intercomunicação na era digital

Intercomunicação é a palavra-chave deste século. É-o, quer estejamos a falar de broadcast (televisão ou rádio), de vivo (teatro ou concerto) ou de outras situações com necessidades de intercomunicação específicas. Mas IP é a palavra-chave quando falamos de intercomunicação. O Audio over IP (AoIP) veio abrir uma nova era à intercomunicação. Enorme flexibilidade de operação, sistemas mais compactos e eficientes, maior qualidade de sinal. A STUDIO TECHNOLOGIES oferece-lhe sistemas com estas características. Totalmente configuráveis por forma a responder a necessidades de intercomunicação específicas e com um custo extremamente vantajoso. O Modelo 5421 juntamente com o Modelo 371A, é uma destas possibilidades, que lhe proporciona uma base extremamente potente, de qualidade máxima, que constitui um investimento à prova de futuro.

Modelo 5421 STUDIO TECHNOLOGIES

Quando junta o Dante Intercom Audio Engine, Modelo 5421 com os Intercom Beltpack Modelo 371A, passa a dispor de um sistema de intercomunicação extremamente potente e eficaz, que obedece às mais recentes normas do AoIP, aplicável em todas a situações de broadcast, teatro, vivo e intercomunicação em geral, preparado para o futuro, que constitui um investimento sólido e muito atractivo.

O Modelo 5421 proporciona um mecanismo de áudio de 16 canais, que pode ser configurado para fornecer de um a quatro circuitos de intercomunicação “virtuais”. A expressão “mecanismo de áudio” foi escolhida para descrever um conjunto de recursos de entrada, processamento, ligação e saída de áudio que pode ser configurado para garantir os mais apertados requisitos de intercomunicação. Ao contrário de dispositivos de matriz digital Dante de utilização geral, o Modelo 5421 é otimizado para permitir suporte directo para teatro, pequenas transmissões e aplicações gerais de intercomunicação. Os 16 canais oferecidos pelo Modelo 5421 são configurados em grupos. Tecnicamente, cada grupo oferece suporte à operação party-line, criando uma série de saídas exclusivas “mix-minus”, uma para cada canal do grupo. Essas saídas especializadas permitem que cada utilizador atribuído a um grupo específico (uma linha partilhada) ouça todos os membros desse grupo, excepto a si próprio. Usando o aplicativo de software STcontroller, pode criar uma configuração que lhe permite segmentar os 16 canais que o Modelo 5421 lhe proporciona. Isso proporciona-lhe o uso eficiente dos canais Dante para atender às necessidades decorrentes de cada aplicação específica. Como todos os beltpacks de intercomunicação Dante são essencialmente dispositivos de 4 fios (tendo canais independentes de recepção (entrada) e transmissão (saída)), a funcionalidade de linha partilhada “virtual” (simulada) é criada dentro dos recursos de processamento digital do Modelo 5421. Definido o número máximo de utilizadores em qualquer linha partilhada, em cada caso específico, e usando o aplicativo Dante Controller, cada grupo pode receber um nome exclusivo. Esses nomes normalmente refletem como cada grupo específico será utilizado. Nomes como Produção, Iluminação, Contra-regra, seriam as que, por exemplo, uma aplicação em intercomunicação para teatro poderia requerer.

Modelo 371A

O modelo 5421 é compatível com muitos dispositivos que obedecem à norma Dante, incluindo a ampla gama de beltpacks da STUDIO TECHNOLOGIES. Incluem-se o Modelo 372A e o Modelo 373A de canal único/escuta dupla, o Modelo 370A, o Modelo 371A de 2 canais e o Modelo 374A de 4 canais. O Modelo 5421 também funciona directamente com outros dispositivos Dante, como a Unidade de Intercomunicação Modelo 348 e a Unidade de Alerta Dante Modelo 391. Além disso, o Modelo 5421 pode funcionar com sistemas de intercomunicação de matriz, mesas de mistura de áudio e estações base de intercomunicação sem fios.

Os dados de áudio associados ao Modelo 5421 são enviados e recebidos usando a tecnologia de rede de áudio sobre Ethernet Dante, SR 48 kHz/16, 24 e 32 bit . Até 16 receptores Dante (entrada) e 16 canais transmissores (saída) estão disponíveis para implementar circuitos de intercomunicação virtual party-line (PL).

Usando o já referido aplicativo de software Dante Controller, a interface Dante do Modelo 5421 pode ser configurada para suportar, ou não, sinais de áudio digital AES67. A unidade também é compatível com o aplicativo de software Dante Domain Manager (DDM). O DDM oferece um conjunto optimizado de recursos de controlo e monitorização de rede, tornando-o ideal em situações com requisitos especiais de segurança e permite que os canais de áudio do Modelo 5421 sejam compatíveis com ST 2110-30.

O circuito de áudio do Modelo 5421 foi projectado para atender às exigências do áudio profissional, garantindo uma qualidade superior. O processamento de áudio é realizado no domínio digital usando um circuito integrado FPGA (field-programmable gate array) de alta velocidade. A função Auto Mix do Modelo 5421 utiliza um algoritmo sofisticado baseado no FPGA para fornecer inteligibilidade de áudio optimizada.

O Modelo 5421 liga-se a uma rede local (LAN) usando um sinal Ethernet (1000 Mb/s) standard. A energia operacional do Modelo 5421 é fornecida por um sinal Ethernet compatível com Power-over-Ethernet (PoE).

Importante factor a ter em conta: o Modelo 5421 foi projetado para que seu desempenho e recursos possam ser melhorados no futuro. Uma porta USB tipo A, acessível no painel traseiro da unidade, permite que o firmware principal seja atualizado usando uma unidade flash USB standard.

O sistema funciona, como foi referido, com os beltpacks da linha STUDIO TECHNOLOGIES. O modelo 371A, por exemplo, é baseado em tecnologia de áudio sobre Ethernet Dante e oferece-lhe dois canais independentes talk/listen, função de chamada integrada, possibilidade de utilização de microfones dinâmicos ou eletreto, ligação de auscultador, com XLR macho de 4 pinos, uma qualidade de áudio superior (para manter a compatibilidade e a familiaridade do utilizado, os auscultadores com XLR fêmea de 4 pinos são diretamente compatíveis). O modelo 371A é configurável através do já mencionados STcontroller, é compatível com AES67 e Dante Domain Manager ™
e é alimentado também através do Power-over-Ethernet (PoE).

A Fundação Gulbenkian fez a sua opção de entrada na era da intercomunicação digital com base Dante, ao acabar de instalar estes sistemas para o seu complexo de salas.

Se quiser saber mais sobre estes produtos da STUDIO TECHNOLOGIES veja aqui e aqui. Saiba mais sobre o software de configuração STcontroller aqui. Já aqui lhe falámos sobre outros produtos da baseados no protocolo Dante. Pode lê-los aqui, aqui, aqui, aqui ou aqui. Para saber mais ainda, consulte-nos. Estudaremos juntos a solução mais adequada às suas necessidades.


V__pro8 da LAWO, o processador completo

A metáfora possível para o V__pro8 da LAWO é esta: um construtor de pontes. Um processador de vídeo compacto, totalmente digital, de 8 canais, que inclui todos os recursos geralmente envolvidos nos fluxos de trabalho normais de produção, na área vídeo de broadcast. Combinar o processamento de vídeo e áudio num único dispositivo garante a máxima eficiência e maior segurança operacional, com as necessidades de espaço, de cablagem e os custos significativamente reduzidos. Em resumo, o V__pro8 da LAWO é isto. Mas há muito mais.

V__pro8 da LAWO

Construir uma ponte entre o áudio e o vídeo. Eis um dos grandes predicados do V__pro8. Mas há mais. O V__pro8 é a ferramenta perfeita para ligar diferentes formatos de vídeo e também para ligar áudio e vídeo. Conversão de formato de alta qualidade, correção de cor, bem como incorporação ou extracção de áudio tornam o V__pro8 um processador compacto e poderoso que constrói pontes entre mundos e formatos diferentes.

Duas portas de áudio MADI de alta densidade fornecem uma ponte eficiente de vídeo para áudio dentro da infraestrutura do estúdio. O V__pro 8 funciona como um sistema de matriz flexível. Usando a matriz de vídeo 8 x 8 e matriz de áudio 384 x 384, é possível comutar qualquer sinal para outro.

Uma interface gráfica moderna, baseada em HTML5, é tudo quanto é necessário para lidar de forma fácil com o trabalho diário. Funciona assim: oito de-embedders SDI 3G, de alta qualidade, e um número correspondente de embedders podem ser inseridos aplicados a oito sinais de vídeo, de acordo com as suas necessidades. Isto permite que os sinais de áudio (em qualquer número) possam ser extraídos do vídeo e novos sinais de áudio sejam incorporados ao sinal de vídeo. Uma solução simples, fiável e eficiente.

Em súmula rápida, o V__pro 8 da LAWO proporciona-lhe sincronização de frames, mais delays variável de áudio e vídeo, e também correção de cor RGB e Proc Amp por cada canal. Tem dois conversores de surround para estéreo por embedder, modos frame phaser e line phaser, embedder e de-embedder, incluindo SRC por canal, conversão Up/Down/Cross e AR por cada dois canais e uma matriz, 8×8 vídeo e 384×384 áudio, interna. Mas, como dissemos, há mais ainda!

Para saber mais sobre o V__pro8 da LAWO veja aqui. Veja aqui, aqui e aqui vídeos que lhe descrevem algumas das capacidades deste equipamento. Leia aqui e aqui análises ao produto. Se quiser saber mais ainda ou pretender uma demonstração, contacte-nos, por favor.


Madison, mais que um conversor AD-DA

A SPL oferece ferramentas únicas para o profissional do som. Assentes numa tecnologia única, distinguem-se pela sua precisão e pela extrema robustez. Não há estúdio nem profissional de som de referência que não disponham de um modelo da SPL no seu arsenal. O Madison é um destes modelos do fabricante alemão, que exibe características únicas, que nenhum outro fabricante disponibiliza. Razões que justificam ficar a conhecer melhor esta ferramenta, imprescindível no mundo do áudio profissional.

O modelo Madison é um conversor AD/DA de 16+16 canais e interface MADI. Este modelo oferece o que quase nenhum outro fabricante, neste segmento de preço, tem para oferecer: 16 conversores AD/DA. Se lhe juntar o SmartMADI e o Madicon, o conjunto torna-se uma interface de estúdio multicanal, expansível, de primeira ordem.

Quando adquire um Madison passa a dispor de um interface que lhe proporciona:

Distância de transmissão MADI até 2 km
Latência MADI I/O: 1 sample
Porta óptica MADI, tipo SC
Modos Hi/Lo de 56 e 64 canais
Varispeed até +/- 12,5%
Sincronização para MADI, Wordclock ou Interna
ID do dispositivo para encadeamento
Conversores 16 AD e 16 DA
24 bits / até 192 kHz
LED de nível por canal em blocos de quatro facilmente legíveis
O dBfs: 15, 18, 22 ou 24 dBu
Unidade de fonte de alimentação redundante opcional

Sem ventoinha o Madison é particularmente adequado a ambientes sensíveis ao ruído.

Se lhe juntar o Madicom ficará a dispor de um interface MADI mais fácil de operar, simples e moderno.
Ao ligar o Madicon e o Madison ficará a dispor de um dispositivo de áudio sobre IP, mais fácil de configurar e mais fiável.
Não necessita de um roteador MADI adicional para mais de dois dispositivos MADI. A sample rate é transmitida via fluxo MADI que, de forma muito prática, o Madison segue automaticamente.

Veja aqui as características detalhadas destes produtos. Confira também os esquemas que lhe descrevem as configurações possíveis, videos e algumas análises da imprensa especializada. Contacte-nos para mais informações sobre estes e outros produtos da SPL.


A LAWO a oriente, com a Jiangsu TV

Uma das empresas de broadcasting mais influentes da China, a Jiangsu TV, acaba de distinguir a LAWO para o fornecimento do seu novo carro de exteriores 4K. A LAWO foi uma escolha fácil, pois três dos seus carros de exteriores usam já mesas da marca. Esta é a primeira fase para uma transformação total em direcção a uma solução totalmente assente em tecnologia IP.

A familiaridade com esses equipamentos, uma vez que três outros carros de exteriores da utilizam já mesas LAWO, tornou a decisão óbvia. O desempenho, a fiabilidade e a operação intuitiva deste equipamento LAWO superaram, segundo os responsáveis técnicos da Jiangsu TV, todas as outras opções, o que veio tornar a decisão ainda mais óbvia. A Jiangsu TV compreende um conjunto de 11 canais incluindo notícias, cultura, filmes, desporto, internacional, etc.. É o terceiro broadcaster do país e tem sede em Nanjing.

as novas mc²56 e ruby

O novo carro de exteriores contém uma mesa modelo mc²56 de 48 vias como a mesa principal. O seu processamento avançado e o núcleo de roteamento oferecem 256 canais DSP, uma capacidade de 5120 × 5120 canais mono, 12 portas RAVENNA, 8 portas MADI e 32 entradas AES e saídas com ligações D-Sub e BNC. Compacta, flexível e versátil, a mc²56 é otimizada para o ambiente de produção de vídeo IP nos dias de hoje. A solução foi projectada, desde o início, para se integrar numa rede de infraestruturas para produções complexas. Pensada de raíz para fluxos de áudio SMPTE 2110, AES67 / RAVENNA, DANTE e MADI, a nova solução incorpora a tecnologia LiveView ™ de LAWO que permite mostrar visualizações em miniatura dos fluxos de vídeo nos faders, aumentando a precisão de operação em situações de produção em ritmo acelerado.

Adicionalmente, é também usada uma mesa de broadcast modelo ruby ​​de 12 vias. Esta segunda mesa é utilizada como backup para todo o sistema de áudio. O sistema compreende ainda duas stageboxes integradas. Uma A__stage 64 com 32 Mic / Line-in e 16 Line out, mais 8 AES in / out e GPI in / out, e MADI I / O, são usadas com uma stagebox A__stage 48, idêntica à A__stage 64, mas com 16 Mic / Line-ins. Essa combinação permite grande flexibilidade na integração dos fluxos de sinal. A mesa ruby ​​tornou-se uma das favoritas dos broadcasters de todo o mundo, graças ao seu design elegante e bem organizado e à sua capacidade de se adaptar facilmente a fluxos de trabalho muito dinâmicos.

Construir um sistema com base IP, verdadeiro e elegante, evitando cabos e mais unidades de rack, é um grande benefício para os cliente LAWO. Economiza espaço no carro de exteriores, mas, mais importante, funde o sistema de vídeo e o sistema de áudio de forma totalmente integrada. É este conceito que a Jiangsu TV pretende alargar, para além do sistemas usados nos carros de exteriores, a todo o sistema de produção.

Saiba mais sobre esta escolha da Jiangsu TV. Saiba mais sobre a LAWO e saiba mais ainda sobre estes e outros produtos consultando-nos.


Monitorizar em rede

A RTW é a marca de referência absoluta quando falamos de monitorização de sinal áudio. A empresa começou a construir este seu estatuto há mais de 50 anos, presente desde então em todas as revoluções pelas quais tem passado o áudio profissional. O salto para o digital foi acompanhado pela criação de uma série de produtos novos que visaram adaptar a área da monitorização de sinal de alta resolução às mudanças tecnológicas profundas que o acompanharam. O desafio hoje é o de integrar a tecnologia digital com a tecnologia de base IP. A RTW oferece-lhe agora uma nova linha de produtos, que estão em sintonia com o que de mais avançado o mercado hoje exige. Combine então o mais avançado com a fiabilidade tradicional e segura da RTW.

Desde há 50 anos que a RTW vem acompanhando o constante progresso tecnológico na indústria de áudio profissional, com instrumentos e tecnologias inovadores para monitorização de áudio na área do broadcast, produção, pós-produção e controlo de qualidade. Quer se trate de medição de sinal áudio, medição de intensidade ou monitorização de sinal, os sistemas de última geração do RTW são o resultado de uma abordagem estratégica orientada para o futuro, que se traduz num desenvolvimento contínuo e na máxima atenção dada à fiabilidade e à proteção dos investimentos dos seus clientes. Depois da revolução digital o desafio que se colocou à empresa foi o de conceber produtos que permitissem integrar a tecnologia digital com a tecnologia que está na base da nova revolução que se opera no domínio do áudio profissional: a tecnologia de base IP. Pelo caminho, a RTW não suspendeu a introdução de melhorias significativas no modo de funcionamento e no interface com o utilizador dos seus produtos. Bem-vindo ao mundo do áudio digital com base na tecnologia IP.

Áudio sobre IP e ecrãs sensíveis ao tacto, eis o segredo. A linha TouchMonitor marca realmente uma mudança de paradigma de monitorização e medição de volume de sinal de áudio. Os modelos TM7 e TM9 são o reflexo de muitos anos de experiência. Os dois modelos combinam a máxima flexibilidade e modularidade, com uma superfície activada por toque intuitiva e análise de sinal multicanal. O novo conceito ergonómico TouchMonitor é baseado num ecrã sensível ao toque e oferece liberdade sem precedentes na organização e dimensionamento dos controles do interface do utilizador. Hoje, praticamente todos os principais fornecedores de mesas de mistura implementam versões OEM do TM7 ou TM9 nos seus produtos. E o TM3 abre novos mercados para RTW: este produto de nível básico, com um preço muito atraente, baseia-se num ecrã sensível de 4,3″, com volume pró-grau, pico real e funções de medição PPM. O TM3 permite aplicar o conceito do TouchMonitor numa solução de medição mais compacta, ideal para cabines de jornalistas, de edição e pequenas salas de controlo. Qualquer que seja o standard do seu equipamento os novos produtos da série TouchMonitor “falam” todas as linguagens: Dante, Ravenna, AES67, ou SMPTE ST2110.

Ao escolher RTW , está a optar por até 32 canais a 96 kHz, visualização instantânea do estado da rede, suporte de rede redundante, fácil roteamento, latência e sincronização praticamente zero.

Ao escolher RTW, para além de dispôr do equipamento mais preciso e fiável do mercado, um verdadeiro standard, está a apostar numa marca de futuro, com presença no mercado há mais de 50 anos.

Saiba mais sobre os novos produtos da linha TouchMonitor aqui. Venha falar connosco e fique a saber qual o modelo mais adequado às suas necessidades.