Voando no mar com a RIEDEL

A America’s Cup é o mais velho troféu desportivo, iniciado em 1851, 45 anos antes dos primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna. É a prova rainha de yachting. Diferentes cenários, diferentes formatos ao longo das suas 35 edições, o mesmo objectivo: o exercício da excelência, uma prova de resistência e perícia, que envolve sempre as equipas mais capazes, usando as embarcações e os meios mais sofisticados. Um laboratório também, exemplo de utilização das tecnologias mais avançadas para este tipo de provas. Para esta 36ª edição do troféu, foi criado um novo conceito de cobertura do evento, descrito como 360º. Só possível com a tecnologia de ponta da RIEDEL.

A America’s Cup é uma prova emblemática, que consubstancia um casamento feliz entre espírito desportivo, cooperação e inovação tecnológica, revelando, ao mesmo tempo, algumas das mais empolgantes cenas que o desporto a este nível nos proporciona. Raros são os eventos desportivos que conseguem atingir este pleno. Os que o atingem constituem um exemplo que há que destacar. Para que tudo isto seja possível, o evento conta o contributo muito diversificado que vai de uma equipa de qualidade de topo a estruturas especiais que ajudam a elevar o nível de ambição da prova, manifesto desde a primeira hora, nos anos idos do século XIX. Nesta sua 36ª edição, a America’s Cup conta com o contributo de uma empresa, que, pode-se dizer, está num patamar absolutamente equivalente em ambição, capacidade de congregação de esforços, desejo de inovar e exigência de manutenção dos mais elevados padrões: a RIEDEL. O objectivo é o de atingir uma cobertura de 360º do evento.

Para o efeito, foram desenvolvidas soluções de câmara inovadoras, novas tecnologias de áudio e tecnologia de sensor incorporada numa infraestrutura técnica abrangente. Tudo apoiado numa equipe local de 30 membros, que asseguram a gestão de todos os sistemas de áudio, vídeo, comunicação, rastreamento e transmissão de dados, incluindo os sinais das câmaras de bordo, dos barcos de perseguição e dos helicópteros. Uma vez que todos os sistemas de câmara, microfone e transmissão devem suportar condições marítimas extremas, a RIEDEL forneceu equipamentos à medida para cada embarcação em competição.

Para conseguir isso, a empresa alemã aproveitou a potência combinada da família RIEDEL de fornecedores de soluções, que vão desde antenas e sistemas de radar de Pidso, assentes tecnologias de rastreamento GPS de Igtimi, até know-how náutico altamente especializado do centro de P&D da RIEDEL no Porto Confiada para apoiar o conceito de tecnologia abrangente usado na cobertura da Copa América. A RIEDEL também integrou serviços e tecnologias de outros parceiros tecnológicos na extensa infraestrutura de produção, incluindo fabricantes respeitados como iXblue, Sennheiser e da nossa representada LAWO.

Além de ter feito deslocar engenheiros ao local, a RIEDEL também fornece amplo suporte remoto de seu galardoado Centro de Operações Remotas (ROC) em Wuppertal, Alemanha. O ROC serve como um hub de monitorização e engenharia, por meio do qual os operadores podem aceder remotamente a toda a configuração do sistema em Auckland, incluindo vídeo, áudio e sinais de intercomunicação. Isso permite que a equipe ROC monitorize e controle parâmetros essenciais do equipamento a bordo dos iates de corrida, incluindo controlo de câmaras, configuração de áudio, transmissão de dados GPS e gestão de baterias, para além de suporte à equipe local na otimização do desempenho do sistema.

Saiba mais sobre este evento e sobre o papel da RIEDEL aqui. Veja reportagens sobre o que fica aqui sumarizado aqui, aqui e aqui. Saiba mais sobre a RIEDEL e as suas soluções aqui.

Venha falar connosco para saber ainda mais sobre a RIEDEL e como estas soluções o poderão ajudar.