V__pro8 da LAWO, o processador completo

A metáfora possível para o V__pro8 da LAWO é esta: um construtor de pontes. Um processador de vídeo compacto, totalmente digital, de 8 canais, que inclui todos os recursos geralmente envolvidos nos fluxos de trabalho normais de produção, na área vídeo de broadcast. Combinar o processamento de vídeo e áudio num único dispositivo garante a máxima eficiência e maior segurança operacional, com as necessidades de espaço, de cablagem e os custos significativamente reduzidos. Em resumo, o V__pro8 da LAWO é isto. Mas há muito mais.

V__pro8 da LAWO

Construir uma ponte entre o áudio e o vídeo. Eis um dos grandes predicados do V__pro8. Mas há mais. O V__pro8 é a ferramenta perfeita para ligar diferentes formatos de vídeo e também para ligar áudio e vídeo. Conversão de formato de alta qualidade, correção de cor, bem como incorporação ou extracção de áudio tornam o V__pro8 um processador compacto e poderoso que constrói pontes entre mundos e formatos diferentes.

Duas portas de áudio MADI de alta densidade fornecem uma ponte eficiente de vídeo para áudio dentro da infraestrutura do estúdio. O V__pro 8 funciona como um sistema de matriz flexível. Usando a matriz de vídeo 8 x 8 e matriz de áudio 384 x 384, é possível comutar qualquer sinal para outro.

Uma interface gráfica moderna, baseada em HTML5, é tudo quanto é necessário para lidar de forma fácil com o trabalho diário. Funciona assim: oito de-embedders SDI 3G, de alta qualidade, e um número correspondente de embedders podem ser inseridos aplicados a oito sinais de vídeo, de acordo com as suas necessidades. Isto permite que os sinais de áudio (em qualquer número) possam ser extraídos do vídeo e novos sinais de áudio sejam incorporados ao sinal de vídeo. Uma solução simples, fiável e eficiente.

Em súmula rápida, o V__pro 8 da LAWO proporciona-lhe sincronização de frames, mais delays variável de áudio e vídeo, e também correção de cor RGB e Proc Amp por cada canal. Tem dois conversores de surround para estéreo por embedder, modos frame phaser e line phaser, embedder e de-embedder, incluindo SRC por canal, conversão Up/Down/Cross e AR por cada dois canais e uma matriz, 8×8 vídeo e 384×384 áudio, interna. Mas, como dissemos, há mais ainda!

Para saber mais sobre o V__pro8 da LAWO veja aqui. Veja aqui, aqui e aqui vídeos que lhe descrevem algumas das capacidades deste equipamento. Leia aqui e aqui análises ao produto. Se quiser saber mais ainda ou pretender uma demonstração, contacte-nos, por favor.


A LAWO a oriente, com a Jiangsu TV

Uma das empresas de broadcasting mais influentes da China, a Jiangsu TV, acaba de distinguir a LAWO para o fornecimento do seu novo carro de exteriores 4K. A LAWO foi uma escolha fácil, pois três dos seus carros de exteriores usam já mesas da marca. Esta é a primeira fase para uma transformação total em direcção a uma solução totalmente assente em tecnologia IP.

A familiaridade com esses equipamentos, uma vez que três outros carros de exteriores da utilizam já mesas LAWO, tornou a decisão óbvia. O desempenho, a fiabilidade e a operação intuitiva deste equipamento LAWO superaram, segundo os responsáveis técnicos da Jiangsu TV, todas as outras opções, o que veio tornar a decisão ainda mais óbvia. A Jiangsu TV compreende um conjunto de 11 canais incluindo notícias, cultura, filmes, desporto, internacional, etc.. É o terceiro broadcaster do país e tem sede em Nanjing.

as novas mc²56 e ruby

O novo carro de exteriores contém uma mesa modelo mc²56 de 48 vias como a mesa principal. O seu processamento avançado e o núcleo de roteamento oferecem 256 canais DSP, uma capacidade de 5120 × 5120 canais mono, 12 portas RAVENNA, 8 portas MADI e 32 entradas AES e saídas com ligações D-Sub e BNC. Compacta, flexível e versátil, a mc²56 é otimizada para o ambiente de produção de vídeo IP nos dias de hoje. A solução foi projectada, desde o início, para se integrar numa rede de infraestruturas para produções complexas. Pensada de raíz para fluxos de áudio SMPTE 2110, AES67 / RAVENNA, DANTE e MADI, a nova solução incorpora a tecnologia LiveView ™ de LAWO que permite mostrar visualizações em miniatura dos fluxos de vídeo nos faders, aumentando a precisão de operação em situações de produção em ritmo acelerado.

Adicionalmente, é também usada uma mesa de broadcast modelo ruby ​​de 12 vias. Esta segunda mesa é utilizada como backup para todo o sistema de áudio. O sistema compreende ainda duas stageboxes integradas. Uma A__stage 64 com 32 Mic / Line-in e 16 Line out, mais 8 AES in / out e GPI in / out, e MADI I / O, são usadas com uma stagebox A__stage 48, idêntica à A__stage 64, mas com 16 Mic / Line-ins. Essa combinação permite grande flexibilidade na integração dos fluxos de sinal. A mesa ruby ​​tornou-se uma das favoritas dos broadcasters de todo o mundo, graças ao seu design elegante e bem organizado e à sua capacidade de se adaptar facilmente a fluxos de trabalho muito dinâmicos.

Construir um sistema com base IP, verdadeiro e elegante, evitando cabos e mais unidades de rack, é um grande benefício para os cliente LAWO. Economiza espaço no carro de exteriores, mas, mais importante, funde o sistema de vídeo e o sistema de áudio de forma totalmente integrada. É este conceito que a Jiangsu TV pretende alargar, para além do sistemas usados nos carros de exteriores, a todo o sistema de produção.

Saiba mais sobre esta escolha da Jiangsu TV. Saiba mais sobre a LAWO e saiba mais ainda sobre estes e outros produtos consultando-nos.


Humboldt Forum, no coração de Berlim e da sua cultura

O Humboldt Forum é uma importante e imponente instituição cultural alemã. Situa-se no coração do centro histórico de Berlim, a cidade que se afirma como um dos principais centros culturais da Europa. O Humboldt Forum é a sede de uma instituição onde as artes e a ciência se misturam numa associação pioneira. Por detrás da sua arquitectura, que lembra o passado, está a tecnologia do futuro que sustenta o seu funcionamento. A LAWO tem aqui um papel de enorme destaque, assegurando o funcionamento dos seus múltiplos auditórios e estúdios.

É uma enorme multiplicidade de vozes que se reflecte no programa do Humboldt Forum. Estão aí representadas as parcerias pioneiras que balizam o seu programa, provenientes das áreas da cultura e da academia. Situado no coração histórico de Berlim, o Humboldt Forum é um lugar único de investigação e de encontros. Um lugar com um passado marcante. Um ponto de cruzamento de artes e ciências, de intercâmbio, de diversidade e de multiplicidade de vozes. Um lugar onde as diferenças se unem. Um lugar, quatro parceiros: o Stiftung Preußischer Kulturbesitz, o Ethnologisches Museum, o Museum für Asiatische Kunst der Staatlichen Museen zu Berlin e o Stadtmuseum Berlin, trabalham juntos com o Kulturprojekte Berlin, a Humboldt-Universität zu Berlin e o Stiftung Humboldt Forum para ajudar a desenvolver este projecto absolutamente pioneiro.

O Humboldt Forum, com seus museus, locais de eventos, espaços para exposições e instalações destinadas à sua actividade pedagógica, fica no famoso Palácio de Berlim, situado na Ilha Spree, no centro histórico de Berlim. Embora as suas fachadas sejam modeladas do original (reconstruído a partir da construção do século XVIII, entretanto demolida) o interior do complexo é equipado com tecnologia de ponta, adaptada às suas modernas necessidades.

O Humboldt Forum inclui, entre muitas outras instalações, duas salas principais, o átrio central e uma quantidade de salas de conferências. Para além disso, inclui ainda a Oficina de Som, mantida pelos Museus Nacionais de Berlim, a quem compete fazer a manutenção e gestão do Arquivo de Som, uma colecção de gravações sonoras históricas. Este importante arquivo, que é uma das primeiras instituições desse tipo na Europa, contém uma coleção de cerca de 7500 registos de goma-laca, cilindros de cera e fitas de áudio com gravações históricas, algumas das quais com mais de 120 anos.

A LAWO tem aqui um papel central. Todo este complexo de instalações é servido por uma infraestrutura de áudio assente em tecnologia IP, de última geração, ligada em rede por meio de um roteador central LAWO Nova73 HD. Projetada para garantir flexibilidade e escalabilidade, a instalação do LAWO dispõe ainda de três mesas de mistura mc²56 de última geração e onze sistemas DALLIS I/O. Todas as áreas para eventos, projetos de arte sonora e salas de conferências estão ligadas por stageboxes, cada uma equipada para garantir as necessidades de respectivas instalações. A transferência de sinal em todo o edifício passa pelo roteador central. A oficina de som opera um estúdio de gravação que funciona em torno de uma terceira mesa mc²56 de 48 vias, que proporciona até 600 canais DSP e uma capacidade de roteamento de 5120×5120 canais mono. A sala de controlo e as ligações de áudio permitem que todo o espaço seja integrado e utilizável para projetos históricos e artísticos.

Este é um sistema imponente, assegurado pela tecnologia LAWO, um sistema que assegura a produção de conferências ou instalações de som, apresentações de teatro ou concertos de câmara, exibições de cinema ou dias temáticos nas diversas salas. Uma solução que conta ainda com a RIEDEL, que assegura o sistema de comunicações.

Saiba mais sobre este projecto aqui e aqui. Saiba mais sobre outros produtos da LAWO aqui. Venha falar connosco para estudarmos em conjunto a melhor solução LAWO para si.


VSM, a solução LAWO para a Asharq News

A Asharq News é um novo canal noticioso, com cobertura mundial, mas especialmente apontado à chamada região MENA (Médio Oriente e Norte de África.) O novo canal começou a operar em Novembro do ano passado e tem uma associação à Bloomberg. Na concepção dos novos estúdios foi tida em conta uma solução da LAWO, o VSM, que funciona como sistema de controlo de todos os sinais vídeo e áudio sobre IP. Um projecto muito ambicioso, para o qual a solução proposta pela LAWO dá um contributo decisivo.

A Asharq News é um serviço de notícias multi-plataforma a funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Tem cobertura mundial, focando-se na chamada região MENA, Médio Oriente e Norte de África. Esta cobertura é assegurada por um canal de televisão dedicado, para além várias plataformas digitais e o conteúdo conta com um acordo de conteúdo exclusivo com a Bloomberg. O novo serviço é já líder na área das notícias, centrando a sua actividade nos assuntos económicos e políticos. O novo canal foi lançado em novembro do ano passado.

A Asharq News tem metas ambiciosas para todos os aspectos do desenvolvimento de seu centro de produção. Para a sua criação a Asharq contou com uma equipe de especialistas composta por uma empresa internacional de arquitectura, empresas de construção locais e o integrador Qvest Media, para a ajudar em todas as questões ligadas à tecnologia, desde o próprio conceito de design, ao planeamento do espaço do edifício. De mãos dadas, foi desenvolvida uma simbiose perfeita e moderna de design de espaço de interiores e de trabalho, bem como um conceito arquitectónico funcional, que junta o trabalho editorial, criativo e técnico ao design do cenário e do estúdio.

O Virtual Studio Manager (VSM) da LAWO, foi escolhido como o nível de controlo superior para a produção sobre IP. Controla a infraestrutura de vídeo e gere os fluxos de IP de áudio. 34 painéis de hardware e várias GUIs de software que constituem a interface do sistema para um fluxo de trabalho uniforme e padronizado. O VSM integra-se perfeitamente com o equipamento de transmissão, incluindo roteadores e switchers de vídeo, roteadores de áudio, consolas de áudio, multiviewers, intercomunicadores, equipamento modular e muitos dispositivos especiais da mais diversa natureza. Comunicando através de protocolos nativos sempre que possível, os equipamentos de diferentes fabricantes funcionam perfeitamente, de forma síncrona, oferecendo possibilidades incomparáveis ​​de recall e controlo lógico ao longo de todo o sistema. Com uma infraestrutura TCP/IP moderna, o VSM utiliza equipamento TI standard, aumentando-lhe a fiabilidade e a redundância através de software sofisticado de redundância.

Leia mais sobre esta solução para a Asharq News aqui. Saiba sobre o VSM da LAWO aqui e aqui. Se desejar saber mais ainda, fale connosco. Tentaremos estudar consigo o modo de satisfazer totalmente as necessidades do seu serviço broadcast.


RƎLAY Virtual Patch Bay, a rádio da nova era

O AoIP (Audio over IP) é o destino para o qual toda a área do broadcast, incluindo a rádio, caminha. As possibilidades que a nova tecnologia oferece tornam o seu uso incontestável. As suas vantagens, quer sob o ponto de vista técnico quer financeiro, tornam a sua escolha inevitável. Fazer assentar toda a sua produção numa infraestrutra concebida à volta de uma solução de base AoIP é, pois, um caminho tão inevitável, como é inevitável a noite suceder ao dia. Resta saber como e quando tomar essa decisão. As ferramentas para que essa transição se faça de maneira suave existem. A LAWO é pioneira em soluções para a rádio assentes na tecnologia AoIP. Um novo produto, o RƎLAY Virtual Patch Bay, é uma solução de software que transforma a sua estação numa poderosa infraestrutura de comunicação. Assente em tecnologia que, muito provavelmente, já possui. A pensar em si, no seu investimento passado, mas, sobretudo, projectando a sua capacidade de produção para o futuro. Sempre dentro dos mais elevados padrões de qualidade broadcast. É tão simples como clicar, ligar e emitir.

O processamento de áudio de um PC é muito limitado. Permitir a ligação entre aplicações de áudio, placas de som e hardware de transmissão era quase impossível. Até ao aparecimento deste RƎLAY Virtual Patch Bay da LAWO, o software que constitui o elo que faltava à sua estação.

Com o novo produto é agora possível fazer circular, como toda a simplicidade, o sinal áudio entre aplicações de áudio do seu PC e entre os dispositivos externos de áudio em hardware. É também possível ligar fluxos AoIP de maneira nativa. O RƎLAY VPB exibe-os numa matriz intuitiva, que permite modificar ou corrigir origens e destinos através de um simples clique. É possível misturar e combinar várias fontes. É também possível criar mapas de roteamento personalizados. O RƎLAY Virtual Patch Bay inclui o Processing Suite, um conjunto de plug-ins em formato VST, baseados nas mesmas ferramentas usadas nas mesas de mistura da série mc², como esta, por exemplo. Mas o novo RƎLAY VPB permite criar também loops de processamento com plug-ins VST desenvolvidos por terceiros.

O RƎLAY VPB em conjunto com o seu software de playout equivale a um servidor de playout. Pode ser ligado à sua consola de mistura ou ao patchbay usando o protocolo AES67 / RAVENNA. É possível correr outros tipos de aplicações, como software de gravação ou edição, ao mesmo tempo, ligando as suas saídas através do RƎLAY VPB para distribuir os sinais através da sua rede AoIP. É possível instalar uma placa de som de hardware no seu servidor PC e correr em paralelo o VPB para monitorização local ou para saídas duplas redundantes. Pode usar o RƎLAY VPB num servidor para ligar várias instâncias do codificador de fluxo de software. Os sinais de entrada de áudio podem ser processados ​​por plug-ins do Audio Processing Suite da LAWO (ou seu VST favorito) antes da distribuição para vários codificadores. Os extensos recursos de medição do RƎLAY VPB podem mostrar os níveis de pico e volume para todos os sinais de uma vez. Quer gravar verificações de ar de streams codificados? Fácil: basta encaminhar o áudio para as aplicações de codificação e gravação simultaneamente. É possível correr o RƎLAY VPB no PC de playout do seu estúdio. É possível adicionar outras aplicações de operação como codecs remotos, clientes VoIP ou de processamento de áudio. Um estúdio inteiro virtual. Os poderosos PCs COTS de hoje podem podem correr várias aplicações simultaneamente. Isto permite economizar os custos associados ao hardware de estúdio e aproveitar totalmente o poder do seu PC playout. Usando os recursos de comando Ember+ do RƎLAY VPB, essas aplicações de áudio podem ser iniciadas automaticamente sempre que for necessário, e as suas saídas dirigidas para qualquer terminal da sua rede AES67 / RAVENNA.

O RƎLAY VPB pode ser ligado a praticamente todos os tipos de hardware e software de áudio disponíveis, tanto a ferramentas profissionais dedicadas como a soluções de consumo.
A compatibilidade com a norma RAVENNA / AES67 é nativa, permitindo o uso de fluxos RAVENNA AoIP por meio de placas de interface de rede prontas a ser usadas. O RƎLAY VPB pode processar sinais de áudio usando os aplicativos da Processing Suite de alta qualidade ou plug-ins VST2 de outros fabricantes. As amplas capacidades de medição incluem pico, volume EBU R128 e ATSC A/85 e medição de correlação. A operação é feita como num patchbay, de forma muito intuitiva. As configurações completas – incluindo todos os parâmetros de processamento – podem ser guardadas e recuperadas com o clique do rato. O RƎLAY VPB pode executar scripts para controlar outros aplicativos de software usando o protocolo de código-fonte aberto Ember + e pode ser controlado remotamente via Ember +.
A integração de hardware de áudio é total, com drivers WDM, WASAPI e MME. Os clientes RƎLAY VPB ASIO e WDM estão disponíveis para outras aplicações, em paralelo e sem restrições. O RƎLAY VPB ASIO suporta até 8 dispositivos de hardware ASIO, que podem ser usados ​​ao mesmo tempo.
Suporta ainda até 64 canais de áudio RAVENNA / AES67.A Audio Processing Suite incluída compreende equalizador paramétrico, equalizador gráfico, compressor com e sem filtro, limitador, expansor, Image X e hyperpanning.
O RƎLAY VPB suporta plug-ins de áudio VST fabricados por terceiros.

Se não ficou impressionado com as capacidades do novo RƎLAY VPB da LAWO, leia aqui mais sobre este produto, obtenha a brochura sobre o conceito RƎLAY de Virtual Radio Software e fique a conhecer os outros produtos da linha RƎLAY, como o VRX Virtual Radio Mixer, o VSC Virtual Sound Card ou o AoIP Stream Monitor. Poderá ainda obter uma cópia de avaliação do RƎLAY. Aproveite para ficar a conhecer também as mesas de mistura concebidas para a rádio da LAWO.

Se preferir, fale connosco, para saber mais informações ainda sobre estes produtos e para avaliarmos juntos as suas vantagens face às suas necessidades específicas de produção.


Nova mc²36 da LAWO: o melhor tornou-se ainda melhor

A LAWO é a marca de referência na área das mesas de som. As mesas LAWO tornaram-se o símbolo da qualidade e o padrão em relação ao qual este equipamento é medido. A série mc² possui todas as características que se exigem de uma mesa de produção áudio em tempos modernos. Seja na área do broadcast, do live, em estúdio ou nos locais mais inóspitos onde se espera qualidade de topo e fiabilidade total, as mesas das série mc² são a única resposta segura. O modelo mc²36 é, desde o seu surgimento, aquele que se tem destacado pelo seu carácter compacto, as características únicas, robustez e qualidade sem par. Na sua categoria, a mc²36 é a melhor. Pois a melhor tornou-se ainda melhor. Baseado no novo A__UHD Core, a nova mc²36 MkII acompanha as exigências do presente e promete acompanhar o futuro. LAWO, não há melhor escolha.

mc²36 MkII

Aqueles que conhecem a LAWO e os desenvolvimentos introduzidos pela marca alemã no domínio das mesas de produção áudio, estarão familiarizados com as recentes melhorias introduzidas nas mesas das séries mc²96 e mc²56 MkII. Estas melhorias chegam agora à compacta mc²36. A inovação neste modelo consiste em proporcionar aos utilizadores que necessitam de uma pequena mesa compacta, capacidades nunca antes disponíveis: Uma mesa IP-native, com um poder impressionante de processamento e conectividade sem precedentes. Mais: a nova mesa não só proporciona a melhor conectividade via IP, mas também as entradas de microfone e saídas da classe LAWO, para além de ligação AES3 e uma porta MADI para ligação a equipamento SDI.

A__UHD Core

A nova mc²36 MkII está agora associada ao A__UHD Core, o que significa que todos os futuros desenvolvimentos se processarão numa plataforma única e que continuará a haver compatibilidade entre as diversas mesas da série mc². A plataforma significa que está aberta uma porta para futuros desenvolvimentos e para novas capacidades de desempenho.

As capacidades da nova mc²36 MkII são absolutamente notáveis. Ora veja aqui algumas:

  • O poder DSP mais que duplica. São 256 canais de processamento, a 48 e a 96 kHz.
  • Vasta cpacidade de I/O. São 864 channels, com ligações locais, que incluem 3 interfaces de rede IP redundantes, 16 entradas mic/linha Lawo-grade, 16 saídas de linha, 8 entradas e saídas AES3, 8 ligações GPIO, e uma porta SFP MADI.
  • IP nativo. A mc²36, alimentada pelo A__UHD Core, é compatível em modo nativo com os standards ST2110, AES67, RAVENNA, and Ember+.
  • Chassis super compacto. O novo chassis é o mais pequeno, e leve jamais construído para a série mc²! Perfeito para uso móvel ou qualquer outra situação em que haja um espaço limitado. há uma versão de 32 vias.
  • Pequena em tamanho, grande em poder. Não se iluda com o tamanho. A nova mc²36 pertence à categoria das mesas mc², com todas as características expectáveis nesta série..
  • Medição de loudness incluída. Controlo de loudness de acordo com a norma ITU 1770 (EBU/R128 or ATSC/A85).
  • Integração total com o seu sistema de desktop. Ligação aos sistemas de gravação, motores de efeitos e computadores externos sem quaisquer problemas.
  • Integração com sistema de Plugins Waves®A mc²36 oferece a melhor integração con o sistema, sem necessidade de juntar ecrãs ou sistemas de controlo extra.

Estas são algumas das características da nova mc²36 MkII da LAWO. Para saber mais veja aqui. Para saber mais ainda sobre o novo modelo, e como satisfazer as suas necessidades específicas, contacte-nos.


Uma história de luta e de desafios

O maior produtor de eventos pay-per-view do mundo, a UFC, transmite a sua programação para mais de 160 países do mundo, alcançando mais de mil milhões de espectadores. As necessidades de produção de uma organização desta natureza são, como é fácil de calcular, de uma dimensão que desafia a imaginação. Respeitar estas necessidades tornou-se um desafio ainda maior com o advento da pandemia. De uma dimensão desafiante é também o novo espaço de produção, o UFC APEX, inaugurado no verão, construído com base numa solução assente na tecnologia IP. A LAWO responde aos desafios, satisfazendo as necessidades de produção deste gigantesco complexo, no domínio do áudio.

Uma das mesas LAWO MC2-56MKIII instaladas no UFC Apex

A UFC foi criada em 1993 como uma organização profissional de artes marciais mistas (MMA), revolucionando a indústria da luta e destacando-se hoje como uma marca global, mas também como uma empresa de produção de conteúdos e o maior  provedor de eventos Pay-Per-View (PPV) do mundo.

O UFC segue uma história e uma tradição ricas de MMA competitivo. Há cerca de 80 anos, uma forma brasileira de MMA conhecida como Vale-Tudo despertou o interesse local por este desporto. A UFC introduziu então o MMA organizado e aprovado nos EUA.

UFC Apex

O objetivo era encontrar o “campeão supremo de luta” (Ultimate Fighting Champion) organizando um torneio de uma noite com os melhores atletas das diversas modalidades de artes marciais, Incluindo karate, jiu-jítsu, boxe, kickboxing, grappling, wrestling, sumô e outros desportos de combate. O vencedor do torneio seria coroado o campeão.

Depois do seu longo percurso, em Agosto de 2016, a UFC foi comprada pela Endeavor, líder mundial na produção de eventos desportivos, de entretenimento e de moda, naquilo que se tornou a maior aquisição financeira da história de uma propriedade desportiva.

Ainda antes do aparecimento da pandemia a UFC tinha perante si um desafio monumental: lançar um novo complexo de produção, de grandes dimensões, baseado na tecnologia IP. Um centro dotado da tecnologia mais avançada para apoiar o novo centro de operações, entretanto construído, o UFC Apex . Um centro capaz de garantir o funcionamento num futuro alargado. Apesar da pandemia, o novo centro está a funcionar garantindo a produção de todos os eventos da UFC Apex BOC. A tarefa foi, pois, conceber e construir um complexo baseado na tecnologia IP, dotado de capacidade 4K, assente na norma SMPTE ST 2110, para servir toda a rede técnica do centro Apex. A pandemia veio trazer uma dimensão extra ao desafio, ao adicionar a necessidade de assegurar produção remota ao caderno de encargos.

LAWO MC2-56MKIII

Os dois centros de produção áudio do UFC Apex, que aqui nos interessa focar, estão equipados com uma mesa LAWO MC2-56MKIII de 64 vias (dotados de capacidade RAVENNA e Dante para I/O no formato AES67). O segundo estúdio está equipado com uma mesa LAWO MC2-36 MKIII de 24 vias. As mesas LAWO foram consideradas as únicas capazes de servir o complexo conceito por detrás da construção do UFC Apex.

Mais detalhes sobre toda esta operação pode ser consultada aqui e aqui. Leia mais sobre as mesas LAWO referidas aqui e aqui. Pode ficar a saber mais ainda sobre as soluções LAWO consultando-nos.


Na vanguarda da arte e da técnica

A vanguarda é um lugar especial. Estar na vanguarda, estar “muito à frente”, é um processo que garante, aos que atingem essa posição, privilégios, é certo. Mas também garante aos outros a segurança de serem servidos pelos melhores. A Academia de Música de Basileia é um lugar de privilégio, onde são formados os melhores em todos os domínios, directa ou indirectamente relacionados com a prática musical. Para os melhores só serve o melhor: a LAWO fornece as mesas de mistura que equipam os seus estúdios. Em Portugal, a AVANTOOLS distribui o equipamento LAWO aos melhores.

Uma das mc²36 instaladas no Estúdio de Electrónica da Academia

A Academia de Música de Basileia é uma escola de renome mundial, com 150 anos de actividade. Por lá passaram e passam os nomes mais sonantes da cena musical mundial. A lista de alunos e professores da escola não deixa margem para dúvidas. Só por lá passam os melhores. A Academia, parte da Universidade de Ciências e Artes Aplicadas, do Noroeste da Suíça, oferece cursos e confere títulos em todos os graus do ensino universitário, em áreas tão diversas como Música Antiga, Clássica, Contemporânea, Electrónica e Jazz. Os seus mais de 600 alunos são servidos por um corpo docente de mais de 200 professores. As suas três escolas incluem o departamento Clássico, de Jazz e a célebre Schola Cantorum Basiliensis. Nestes departamentos, para além da prática musical tradicional, é mantida uma actividade de investigação em pedagogia musical, música nova e contemporânea, execução historicamente informada e em design sonoro. A Academia conta ainda com um departamento de formação musical continuada.

O Estúdio de Electrónica de Basel, é parte integrante da Academia de Música de Basileia. O estúdio é o centro do curso de som que treina engenheiros e é também usado na gravação das composições dos alunos, para formações de câmara e orquestra, dentro e fora da escola ou em reforço sonoro de concertos ao vivo. É este estúdio que está a ser actualizado com tecnologia LAWO, nomeadamente as mesas mc²36 audio e os módulos de I/O. As mesas instaladas têm 24 vias e permitem ligação via MADI, RAVENNA ou AES/EBU, para além de operação analógica. As stageboxes DALLIS dispõem de 32 entradas mic/line, 32 saídas de linha, 8 entradas digitais AES3, 8 saídas digitais AES3, 8 GPIO, uma porta RAVENNA, e uma porta MADI Tie-Line (SFP). A instalação deste equipamento corresponde à preocupação da escola em dispor da mais avançada tecnologia e dê aos seus alunos o seu contacto com ela, que permita uma grande flexibilidade de uso e seja escalável, tendo em vista o desenvolvimento futuro.

Um dos edifícios da Academia de Basileia

Fique a saber mais sobre este projecto da Academia de Música de Basileia. Saiba mais sobre estas mesas e restante equipamento LAWO. Para saber mais ainda sobre estes produtos, a sua adequabilidade ao seu projecto em particular e sobre as respectivas condições de fornecimento e instalação, não hesite, contacte-nos.


Dar vida ao som

Uma boa parte do directo em televisão concentra-se hoje no desporto. Este facto foi, ou está a ser, até potenciado pela situação particular que estamos a viver neste momento devido à pandemia. Mesmo sem público, as provas desportivas continuam a realizar-se, dentro dos condicionalismos possíveis, e as suas transmissões são agora a única forma de as presenciar. O áudio assume aqui um papel vital e proporciona uma experiência intensa e insubstituível. A experiência da LAWO na área do broadcast desportivo vem de há décadas. As soluções da empresa alemã são a referência e continuam a ser usadas nos maiores acontecimentos desportivos do mundo.

Foi em 2004 que o router Nova73 fez a sua aparição nos Jogos Olímpicos de Atenas. Reconhecida pela sua fiabilidade, a LAWO continuou a marcar o ritmo e a aumentar a sua reputação internacional, primeiro com a mc²56 nos JO de Pequim, depois, em 2012, em Londres, com o contributo para as primeiras emissões em 22.2. Antes mesmo de começar, em 2014, a utilizar as tecnologias sobre IP no Campeonato do Mundo de Futebol do Brazil, e logo após a experiência das Taça das Confederações do ano anterior.

Por todo o mundo as mesas da série mc² estão instaladas em centenas de estúdios e carros de exteriores que, por todo o mundo, fazem a cobertura de diversos eventos desportivos. Os carros da Euromedia, da Mediapro ou a beIN Sports, para citar alguns poucos exemplos mais ligados ao desporto, estão equipadas com soluções LAWO. No Japão estas mesas foram utilizadas no Campeonato do Mundo de Rugby. A solução de mistura automática Kick 2.0 constitui a ferramenta adoptada na Bundesliga. As unidades de comentário LCU foram utilizadas no Japão (2019), nos Jogos Olímpicos (2008, 2012, 2016,) no Campeonato do Mundo e da Europa de futebol (2014, 2016, 2018,) a par de outras soluções do construtor alemão. E nos Jogos Olímpicos do Japão de 2021 a LAWO estará presente com as mc²56 e as unidades DSP A__UHD Core, os modelos A__stage, e os mosaicos gerados pelo software vm_dmv (UHD) serão utilizados em todas as provas do Estádio Olímpico. Nas cerimónias de abertura e fecho serão utilizadas mesas mc²56, equipadas com 16 a 144 vias, e as plataformas V__matrix.

Em todas estas circunstâncias, as soluções LAWO oferecem uma fiabilidade, facilidade de operação, robustez, design, grau de inovação e, muito importante, garantia de futuro, que não tem verdadeiramente rival.

Uma experiência decisiva e profundamente significativa, de que aqui apenas lhe podemos dar uma pálida ideia. Saiba mais lendo este artigo, visitando o site da LAWO ou contactando-nos para mais informações

A LAWO na Volksoper de Viena

A LAWO produz mesas de mistura que se tornaram no verdadeiro padrão pelo qual se rege a indústria. Para além da sua função central, as mesas da LAWO constituem um núcleo de controlo de todas as operações de um centro de produção áudio, qualquer que seja a sua função. Para além da sua qualidade, fiabilidade e facilidade de operação, as mesas de mistura da LAWO oferecem esta capacidade de poderem ser o ponto nevrálgico de controlo de todas as operações, incluindo a sua integração completa com o vídeo. Seja num estúdio, num teatro, numa sala de concertos ou de congressos, ao vivo, com processamento on the fly ou em registo para posterior processamento. E mais! Graças às novas facilidades, entretanto introduzidas, as mesas LAWO podem ser configuradas e operadas directamente, aproveitando capacidades do software e as suas excepcionais qualidades ergonómicas ou remotamente. Ou seja, literalmente, a quilómetros de distância. Assim se passa, por exemplo, na Volksoper de Viena.

A Volksoper de Viena

O Volksoper de Viena (Áustria) é um dos teatros mais importantes do mundo. Conhecido, sobretudo, pela oferta do que de mais sofisticado pode ser apreciado em matéria de entretenimento musical, é líder no popular género musical da opereta, e pelo seu palco correm também as maiores produções de ópera, dança e musicais da Europa. As instalações da Volksoper Viena são usadas para registar transmissões de televisão ou concertos e para a realização de todo o áudio usado nas suas suas produções. Óperas compostas entre o século XVIII e o século XXI são aí regularmente apresentadas, que juntamente com uma enorme diversidade de espectáculos de opereta (o ponto forte do Volksoper), bailado e musicais, perfaz as mais de 30 produções diferentes que habitualmente compõem o programa anual da sala. E, em cada temporada, perto de 400 000 espectadores assistem às cerca de 300 récitas anuais que passam pelo palco desta grande sala, construída em finais do século XIX e com mais de 1300 lugares.

Volksoper Viena (estúdio 1)

No único espaço multifuncional de Viena, a produção completa de ópera, opereta, musicais e bailado implica um enorme grau de exigência e necessidade de flexibilidade, sem descurar a qualidade de toda a operação. Mais de 150 cantores, 95 músicos e 100 bailarinos que compõem o quadro da Volksoper Viena, impõem exigências excepcionais na qualidade da tecnologia áudio utilizada, tanto nos espectáculos, como nos estúdios.

A resposta para tamanho desafio foi uma nova mesa modelo mc² 56 da LAWO, capaz de responder a todos os requisitos exigidos. A nova mesa de 32 vias, tem 98 canais de DSP e uma matriz de routing de 8192 x 8192 pontos. Configurada para SMPTE 2110, AES67/Ravenna e Dante, está optimizada para produção vídeo com base IP. Entre tantas outras características, a nova mesa dispõe ainda da tecnologia LiveView que permite gerar visualizações dos streams de video em cada um dos monitores das vias da mesa.

Apanhada pela crise pandémica, a instalação da nova mc² 56 foi conduzida e concluída com sucesso, à distância, a partir do quartel-general da LAWO. A prática, ditada pelas circunstâncias, virou rotina e qualquer alteração é feita agora remotamente, sem problemas. Devido à pandemia, a programação do Volksoper Viena também sofreu alterações, mas não parou. E a nova temporada irá iniciar-se em Setembro, como programado, com a opereta de Johann Strauss “Die Fledermaus”, a que se seguirá o conhecido “Kiss Me, Kate” de Cole Porter e logo depois “Sweet Charity,” a adaptação do filme de Frederico Fellini “Le Notti di Cabiria.” Em todas estas produções o controlo de todas as operações áudio e a comunicação entre equipamentos de todas as salas e palcos estará assegurada pela mc² 56.

Saiba mais sobre esta operação de instalação da mc² 56 e fique a conhecer melhor todas as suas características aqui. Mesas LAWO foram utilizadas na recente transmissão do concerto comemorativo do feriado de 14 Julho em França, com transmissão para 10 milhões de espectadores. Veja tudo aqui.

Se quiser ficar a saber mais sobre a LAWO e os seus equipamentos, saber da experiência de outros utilizadores portugueses ou como a LAWO poderá ser a solução para as suas necessidades de produção áudio, contacte-nos.